Por Davi Pascale

É meus amiguinhos… O tempo passa!! Lá se vão quase 30 anos desde que assisti esse vídeo pela primeira vez. Ainda no formato do velho VHS. Pré blu-ray, pré DVD, pré streaming. E o mais bacana de tudo, reassistindo ao material, agora em DVD, a magia continua intacta. Um dos acústicos que mais gosto, sem nenhuma dúvida.

Uma das razões dessa magia era o período em que a banda e em que o rock estavam atravessando. 1990, 1991, era um período em que o rock n roll estava em alta. Grandes bandas, grandes discos, excursões enormes, etc etc etc. E uma das novas bandas que estava dando o que falar era o Tesla, que fazia um hard rock um pouco mais pesado do que outras bandas vinham fazendo. A outra razão que torna isso tão especial é que tudo ocorreu de uma maneira absolutamente despretensiosa.

Sempre que um artista lança um álbum ou anuncia uma turnê, a gravadora coloca o artista em questão para trabalhar a divulgação daquilo que está lançando. Naquele período, concede entrevistas e mais entrevistas, faz aparições em rádio e televisão… E foi assim que tudo começou. Os músicos caíram na estrada para promover seu segundo LP, (o ótimo) The Great Radio Controversy, e começaram a fazer algumas aparições em rádio. Em algumas dessas aparições, rolavam algumas performances nos estúdios e, algumas vezes, no formato acústico.

 

 

Nessa época, a banda estava excursionado ao lado do Motley Crue. O grupo de Vince Neil atravessava uma ótima fase, divulgando o LP Dr. Feelgood. Trabalho de enorme sucesso comercial. Haviam fechado um contrato de 5 semanas. Só que, nesse meio tempo, a rapaziada do Motley resolveu tirar uma semana de folga. Para não deixar os músicos sem fazer nada e não pagar passagens para voltarem para casa e depois para retornarem para a estrada, o empresário do grupo, Peter Mensch, agendou uma série de shows acústicos em pequenos clubes. A ideia era simplesmente mantê-los ocupados.

A banda criou o espetáculo meio na correria e resolveu registrar o show da Filadelfia como uma espécie de recordação. Só que nesse meio tempo, começou a rolar nas rádios uma versão acústica deles tocando “Signs” em uma daquelas aparições nos estúdios. E muitos ouvintes começaram a pedir e procurar pela música. Por conta disso, a gravadora os pressionou a criar um álbum acústico com a tal canção. A decisão dos meninos foi pegar a gravação que tinham realizado para eles e colocar no mercado.

Lançado inicialmente em CD, VHS e LP, o show recebeu o nome de Five Man Acoustic Jam para o lançamento em áudio e Five Man Video Band para o registro em vídeo. O nome era uma homenagem ao grupo que criou a música “Signs”, a Five Man Electrical Band. Por serem uma banda ainda iniciante, com dois discos apenas nas costas, decidiram incluir mais alguns covers no setlist: “We Can Work It Out” (Beatles), “Mother´s Little Helper” (Rolling Stones), “Lodi” (Creedence Clearwater Revival), além de uma citação de “Truckin´” (Grateful Dead).

 

 

Gravado em 2 de Julho de 1990, o grupo estava em seu auge. Frank Hannon e Tommy Skeoch chamam a atenção no trabalho realizado nos violões, mas o grande destaque mesmo é o endiabrado Jeff Keith. O cantor não para quieto no banco e ataca a voz para cima todo o tempo. E o mais impressionante de tudo, não houve correção em estúdio. A banda se recusou a fazer alegando que ‘ao vivo é ao vivo’.

Justamente por não ter sido criado com a intenção de lançamento, o ar de descontração é total. Os músicos brincam com a plateia. Brincam entre eles. O repertório trazia canções de seus dois álbuns. Dos clássicos, apenas “Lazy Days, Crazy Nights” e “Hang Tough” ficaram de fora. O resto está tudo aqui. “Gettin´ Better”, “Modern Day Cowboy”, “Comin´ Atcha Alive”, “The Way It Is”, “Before My Eyes”… Performance simplesmente perfeita!

Infelizmente, o DVD (que chegou ao mercado em 2002) não traz nenhum material adicional. A produção é tão simples quanto a do show em questão, mas vale muito a pena. Se você não conhece, aproveita para dar uma checada. E não deixe de conferir também os três primeiros discos do grupo: Mechanical ResonanceThe Great Radio Controversy e Psychotic Supper. Bandaça!

Faixas:

      01)   Comin´ Atcha Alive / Truckin´

      02)   Heaven´s Trail (No Way Out)

      03)   The Way It Is

      04)   We Can Work It Out

      05)   Signs

      06)   Getton Better

      07)   Before My Eyes

      08)   Paradise

      09)   Lodi

      10)   Mother´s Little Helper

      11)   Modern Day Cowboy

      12)   Frank Hannon Jam

      13)   Love Song

      14)   Tommy´s Down House

      15)   Little Suzi

      16)   Down Fo´ Boogie

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.