Por Mairon Machado

Poucas são as coleções que mostramos aqui no Na Caverna que são focadas em um único artista. Apesar de diversos convidados já terem apresentado coleções bastante específicas, tais como Kiss, Iron Maiden e Black Sabbath, todas elas sempre haviam artistas a mais nas prateleiras. Esse não é o caso de Marcelo Polez, nosso entrevistado de hoje. Apesar de curtir diversos gêneros musicais, sua paixão pelo Metallica é dominante no seu acervo. E que acervo, repleto de raridades e versões cobiçadas, como a da imagem acima. Se você é fã de Metallica, consulte seu cardiologista, e prepare-se para uma coleção inacreditável!!


Olá Marcelo, obrigado por participar do Na Caverna da Consultoria. Bem-vindo à nossa página. Por favor, apresente-se aos nossos leitores.
Olá Amigos! Primeiramente eu quero muito agradecer por estar participando desta entrevista. Estou achando incrível. Eu me chamo Marcelo Rodrigues Polez, tenho 34 anos, moro em Colatina/ES e a mais ou menos uns 18 anos coleciono itens do Metallica; por sinal uma Banda que Amo de Paixão. O Legal de focar em uma banda é poder saber mais de sua história nesses quase 40 anos de existência.

O que primeiro lhe surge de lembrança quanto a suas afeições por música?
O ano era 1994, tinha 10 anos, meu irmão estava com uma cópia do Metallica “The Black Album” em uma fita cassete; quando ouvi “Sad But True” levada pela bateria de Lars. Uou! Maravilha. Quando escuto a quarta faixa “The Unforgiven”… Digo: _ Meu Deus! Acho que escutei ela umas 20 vezes naquele dia e assim passei a pesquisar mais sobre a banda.

Qual o momento e por que você decidiu tornar-se um colecionador de discos?
Claro que quando se é adolescente é praticamente impossível fazer isso. Quando comecei a ter meu dinheiro ficou mais fácil e comecei a focar somente em materiais do METALLICA, apesar de também ouvir outras grandes bandas. Cidade era pequena, uma única loja; internet nessa época era pra poucos. Tinha uns 16 anos.

Com quantos anos você comprou e qual foi seu primeiro disco? O que o levou a comprá-lo? Você ainda o tem?
No mesmo ano, em 1994, aos 10 anos, um amigo tinha o CD Metallica (The Black Album), primeira prensagem nacional, lembro que paguei 10 reais na época; eu o tenho até hoje.

Como a sua família lida com relação a sua coleção e aos seus discos?
Meus pais e irmãos às vezes criticam, perguntam qual a importância, mas minha esposa apesar de não curtir o gênero sempre me apoiou e acha bacana as histórias que as conto a ela, sobre a minha dedicação e satisfação de tudo isso.

Quais os números da sua coleção, como você a organiza e que tipo de mídias são as mais comuns em suas prateleiras?
Um número exato difícil dizer, sempre está chegando alguma coisa … rsss. Mas acredito que hoje, incluindo Cd’s, Lp’s, fitas cassetes, DVD’s, VHS e qualquer outro item que envolve METALLICA devem está por volta de 700. Procuro organizar por ordem de lançamentos. O que tenho mais são Cd’s, por volta de uns 400.

Por que Metallica? O que o levou a virar um colecionador da banda?
Como disse anteriormente o single “The Unforgiven” foi um divisor de águas na minha vida, foi surreal e ajudou muito, mas confesso que vendo nas redes sociais atualmente tantas coleções incríveis, páginas de fã clube e o fato de pesquisar tudo que lançaram e lançam no site oficial deles me dá muita energia para sempre continuar com essa aventura.

Quem o acompanha no instagram, todo dia depara-se com imagens fortes (para não dizer um babador por dia). Como é sua rotina para manter sua coleção em dia, seja na audição, classificação, garimpo, entre outros.
Quando se tem filho pequeno isso fica um pouco mais difícil de fazer, mas álbuns são mais fáceis de encontrar, já que sua fabricação é contínua. Foco em versões diferentes de singles, sempre procurando algo que esteja bem conservado. O discogs.com me ajuda muito nessas classificações contribuindo com algo que não tinha e passo correr atrás, ou seja, a internet ajuda muito hoje em dia. Sempre tem alguém desfazendo de alguma coisa, e atualmente espero o momento certo para comprar quando acho o preço justo pelo item. Tenho usado meus finais de semana para fotografar itens que serão publicadas diariamente nos dias seguintes usando a ordem do site oficial da banda.

 

Para muitos, ter apenas uma versão de um determinado álbum já é o suficiente. Você vai na contra mão disso, tendo diversas versões do mesmo álbum. O que o leva a ter essas diferentes versões?
Dando como exemplo o último álbum lançado em 2016 Hardwired…To Self-Destruct, o mesmo foi lançado um Box versão Americana e Francesa, Lps da cor padrão, verde, vermelho e mais tarde rosa. Aí eu digo: _Por que não? Adoro ouvir as palavras “Edição Limitada” e nos Cd’s gosto de ter 1 de cada parte do mundo, americanos, argentinos, alemães, australianos, japoneses e claro nossos nacionais. Às vezes compro duas do mesmo país somente pra ter um lacrado por resto da vida… coisas de colecionador. Essa semana eu achei o álbum Garage Inc. de 1998 nacional lacrado de fábrica até hoje sendo sim de fato primeira prensagem. Muito bacana comprar um CD assim depois de 20 anos.

Ao mesmo tempo, outros itens que destacam-se na sua coleção são os singles. Quais as principais vantagens que você vê nesse tipo de lançamento?
Legal você ter em uma mídia física uma canção que quase não tocam nos shows ou ainda a versão DEMO dela e de outras mais vistas e ouvidas, e também outros riffs e documentários; e perceber que aquele single foi lançado de vários formatos em diversas partes do mundo isso é maravilhoso pra quem gosta de vê-los todos juntos nas prateleiras do quarto.

Versões especiais e edições limitadas também são constantes em suas imagens. Comente sobre aquelas edições que você mais curte, e também as que indica apenas para os fãs.
Amo as versões do álbum Death Magnetic, álbum que também ajudou alavancar mais minha coleção. O Box em formato de caixão contendo um pouco de tudo deste belo álbum é animador e o Box do Show “Français Pour Une Nuit” é muito legal … Esse show é emocionante do inicio ao fim. Recomendo.

E quanto aos boxes novos que o Metallica vem lançando, conte-nos um pouco sobre cada um deles, e como é viver sem um rim, hehehe.
Confesso que eu queria ter uns 10 rins rs… Kill e Ride foram lançados no mesmo dia, me sacrifiquei um pouco para conseguir essas belezinhas, eu as abri há pouco tempo e ainda não deu para ouvir tudo, acredita? Mas do pouco que vi… como Cliff era um gigante. Master of Puppets veio com mais carga, lançado ano passado em novembro comprei direto no site oficial. Cara! Que massa sentir o peso dessa caixa nas mãos e abrir em cima da mesa vendo uma cópia fiel de cada letra das músicas do próprio punho de James. O próximo, … And Justice For All, deve está chegando em breve, não vejo a hora de adquiri-lo. Será que o som do baixo vem?

 

Quantos shows da banda você já foi? Quais os mais marcantes?
O fato de ser jovem e de morar distante de onde sempre fizeram os shows anos atrás se tornava um pouco complicado. Fui uma única vez no Rock in Rio de 2015. Foi algo incrível que vou carregar o resto de minha vida. Deixar para trás minha filha de 7 meses não foi fácil, foi uma mistura de saudade com euforia… Mais deu tudo certo. Fiz até um registro pra ela ver quando crescer…

Você já teve a oportunidade de trocar uma ideia com algum membro do Metallica?
Nunca tive, infelizmente. Mas sonho com isso e acredito que um dia isso será possível.

Qual a maior loucura que você já fez para assistir a banda, ou então comprar um disco deles?
Justamente ir no RIR de 2015, viajar mais 800 quilômetros deixando minha família para trás contando cada segundo para o Show.

Quais os álbuns mais raros que você tem?
Não sei exatamente se posso dizer que são raros, mas o LP do single “Whiplash”, o CD Mini 3” do single “ONE” e o CD promocional “No Leaf Clover/Nothing Else Matters” mexicano, talvez.

Há algum disco que você busca há tempos, mas ainda não achou por um preço justo?
Sim, em especial são 4. Procuro a Versão em CD promocional “Whiplash” e LP Picture, o LP Promocional de “ Fade to Black” e a cassete do single “The Unforgiven II” do álbum Reload.

Além do Metallica, que outros artistas estão na sua coleção?
Tenho pouquíssimas coisas de Black Sabbath, Nirvana, Guns n’ Roses e Scorpions.

18 – Qual é o disco “Anesthesia (Pulling theTeeths)”, ou seja, que você faz questão de apresentar aos amigos, e qual o “Invisible Kid”, ou seja, aquele que você até gosta, mas sabe que a galera vai pegar geral em cima de você?
Adoro Death Magnetic, as canções “The Day That Never Comes”, “Cyanide” e “The Unforgiven III” são obras primas, e o St. Anger tem letras incríveis, “ The Unnamed Feeling” bem legal, mas sei que muita gente odeia.

Dê uma opinião honesta, sincera e direta sobre St. Anger.
A bateria do Lars, ou melhor dizendo, os latões prejudicaram bastante ao meu ver cada música.

Que principais lojas e sites você recomenda para os garimpadores ampliarem suas coleções.
No próprio ML, ebay e discogs.

Como você faz para atualizar-se sobre música nos dias de hoje?
Os artistas e bandas tem usado muito o Youtube para lanças suas canções e isso ajuda muito a conhecer mais a banda.

Que bandas ou artistas da atualidade você indica para nossos leitores darem uma ouvida e conhecer?
Amigos! Tenho ouvido muito Ghost. Eu recomendo. Eles arrebentam. Esse mistério todo da Banda ainda contribui muito pra isso.

Quais os Dez melhores discos da década de 60?
01 – The Beatles – The Beatles
02 – Bob Dylan – Blonde on Blonde
03 – The Rolling Stones – Let It Bleed
04 – The Beatles – Revolver
05 – Jimi Hendrix – Are You Experiended
06 – The Who – Tommy
07 – Pink Floyd – The Piper at the Gates of Dawn
08 – Santana – Santana
09 – Big Brother & The Holding Company – Cheap Thrills
10 – Creedence Clearwater Revival – Creedence Clearwater Revival

Quais os Dez melhores discos da década de 70?
01 – KISS – Destroyer
02 – Black Sabbath – Sabotage
03 – Black Sabbath – Paranoid
04 – Van Halen – Van Halen
05 – Black Sabbath – Black Sabbath
06 – AC/DC – Highway to Hell
07 – KISS – Alive!
08 – Queen – News of the World
09 – Scorpions – Lovedrive 
10 – Judas Priest – Stained Class

Quais os Dez melhores discos da década de 80?
01 – Metallica – Ride the Lightning
02 – Metallica – Master of Puppets
03 – Metallica – … And Justice For all
04 – Metallica – Kill ‘Em All
05 – Black Sabbath – Heaven and Hell
06 – AC/DC – For Those About to Rock (We Salute You)
07 – Dio – The Last in Line
08 – Iron Maiden – Piece of Mind
09 – Iron Maiden – Powerslave
11 – Ozzy Osbourne – Blizzard of Ozz

Quais os Dez melhores discos da década de 90?
01 – Metallica – Metallica (The Black Album)
02 – Sepultura – Roots
03 – Iron Maiden – Fear of the Dark
04 – Metallica – Reload
05 – Nirvana – Nevermind
06 – Pearl Jam – Ten
07 – Kiss – Psycho Circus
08 – Aerosmith – Get a Grip
09 – Aerosmith – Nine Lives
10 – Green Day – Dookie

Quais os Dez melhores discos da década de 2000 até 2010?
01 – Metallica – Death Magnetic
02 – Ghost – Opus Eponymous 
03 – Red Hot Chili Peppers – By the Way 
04 – AC/DC – Black Ice 
05 – Metallica – St. Anger 
06 – Green Day – American Idiot 
07 – Slash – Slash
08 – Green Day – Warning 
09 – Scorpions – Moment of Glory 
10 – Megadeth – Endgame 

Quais os Dez melhores discos da década de 2011 até 2018?
01 – Metallica – Hardwired…To Self-Destruct 
02 – Anthrax – For all Kings
03 – Iron Maiden – The Book of Souls 
04 – Black Sabbath – 13 
05 – Megadeth – Dystopia
06 – Ghosth – Prequelle
07 – AC/DC – Rock or Bust
08 – Anthrax – Worship Music
09 – Foo Fighters – Concrete and Gold
10 – Sepultura – Machine Messiah

 

Cite dez discos que você levaria para uma ilha deserta, e o que precisaria ter por lá para desfrutar do momento?
01 – Metallica – Metallica (The Black Album)
02 – Metallica – Ride the Lightning
03 – Metallica – Master of Puppets
04 – Metallica – Death Magnetic
05 – Ozzy Osbourne – The Ozzman Cometh
06 – Metallica – Kill ‘Em All
07 – Metallica – … And Justice For All
08 – Black Sabbath – Reunion
09 – Black Sabbath – The Eternal Idol
10 – Nirvana – MTV Unplugged in New York

Indique três discos que mudaram sua vida, e conte um pouco por que de cada um deles.
Metallica – Metallica (The Black Album). Todas as músicas são maravilhosas, álbum que se pode ouvir de trás pra frente e de frente pra trás sempre e nunca se cansar.
Metallica – Ride The Lightning. Álbum lançado no ano que nasci, 1984. Segundo a ouvir da Banda… “Creeping Death” te dá vontade de subir no palco e tocar junto com os caras.
Metallica Death Magnetic. Voltando às raízes. Álbum longo, mas não cansativo. Curto muito e escuto todo santo dia.

Conte-nos alguma história engraçada/curiosa envolvendo a compra de um álbum, uma visita a uma loja, um encontro com determinado artista, enfim, algo envolvendo a música.
Em 2014 fui a Galeria do Rock em Sampa, entrei em cada loja centenas de vezes, não queria sair de lá. Lembro que comprei muita coisa do Metallica e entre eles um Lp duplo … And Justice For All europeu, meu cartão de crédito foi para o espaço; mas o momento engraçado é que tinha que despachar no aeroporto… eu não queria de jeito nenhum fazer isso… fui entregando um pouco pra cada passageiro como bagagem de mão em diversas sacolinhas e me entregaram dentro do avião, todas ficaram grudadas em mim até meu retorno pra casa. Louco isso.

Qual será o futuro da sua coleção?
Essa pergunta é muito difícil de responder. Mas adianto que já disse para minha esposa não vender. Guarde pra se lembrar de mim.

Alguma coisa mais que gostaria de passar para nossos leitores?
A música parece te conectar em outro mundo. Você pode estar triste ou alegre, não importa; quando se escuta uma boa canção se esquece de tudo e simplesmente vive cada batida e cada palavra ouvida. Vida Longa ao Rock.

19 comentários

  1. Manoel

    Caramba, fiquei chocado com tantas versões de um mesmo álbum e claro que deslumbrado também. Nota 10. Nunca vi uma coleção tão abrangente de um mesmo artista. Marcelo, show de bola sua coleção.

    Responder
  2. Igor Maxwel

    Pelo que pude perceber, o cara é talvez um dos maiores fã do Metallica no Brasil, por possuir toda a discografia da banda em diferentes formatos. Eu, particularmente, gosto mais dos quatro primeiros discos deles (do Kill ‘em All ao Justice), e não tenho hoje paciência para ouvir o Black Album e seus sucessores. Sobre as outras bandas que o Marcelão citou em suas listas, gostei bastante das escolhas de Powerslave, Blizzard of Ozz, The Last in Line, Stained Class, Piece of Mind (minha mãe agradece), For Those About to Rock, Lovedrive (meu pai agradece também), Fear of the Dark (gosto do disco mas não gosto de sua faixa-título) e do debut do Van Halen. Só não gostei muito das citações para Highway to Hell (não sou fã de Bon Scott, mas respeito muito a memória dele), Get a Grip (com a capa quase copiada do Atom Heart Mother) e The Book of Souls (pra mim o Iron Maiden acabou depois de The Final Frontier, digo sempre isso).

    Responder
    • Todo dia o Igor Maxwell pedindo a mesma coisa de anos atrás num post diferente mesmo depois de ser avisado que não vai rolar

      Larga mão de ser mala, cacete. Ninguém se importa, suas razões são toscas e sua insistência em pentelhar idem.

      Responder
      • Igor Maxwel

        Eu só falei a verdade, cara! Minhas razões não são toscas e não sou nenhum pentelho, está bem?

  3. Anônimo

    Apenas mais do mesmo. Ter trocentas versões de um mesmo disco, com as mesmas canções, não serve para porra nenhuma. figurinha repetida não completa álbum, já diz o velho ditado.

    Responder
    • Todo dia o Igor Maxwell pedindo a mesma coisa de anos atrás num post diferente mesmo depois de ser avisado que não vai rolar

      Melhor do que ser anônimo e pobre

      Responder
      • Anônimo

        Tenho uma coleção de milhares de discos, então o pobre aqui é você. Aliás, se quiser, te empresto algum (com juros, lógico), tenho sobrando o que deve te faltar até para comer…

    • Todo dia o Igor Maxwell pedindo a mesma coisa de anos atrás num post diferente mesmo depois de ser avisado que não vai rolar

      Tem tantos que nem mostra. Falar até papagaio fala, agora vá lá votar no Amoedo ver se ele libera um BOLSA DISCOS pra você.

      Responder
      • Anônimo

        Deixo o exibicionismo barato para fracassados e recalcados como você.

        PS.: A propósito, não me chamo Ígor Maxwell, nem sei quem é. E muito menos votarei no Amoedo. Acho que você precisa de um psicólogo, e urgente, para aprender a aceitar opiniões contrárias à sua.

    • Todo dia o Igor Maxwell pedindo a mesma coisa de anos atrás num post diferente mesmo depois de ser avisado que não vai rolar

      Fala de recalque mas comenta na coleção alheia… inclusive não disse que és o Igor, quem precisa de terapia é você. #paz!

      Responder
  4. Fernando Bueno

    Minha coleção de Iron Maiden não tem metade da especialização que o Marcelo tem nessa do Metallica. Eu entendo suas motivações, mas tento não levar isso para minha vida como colecionador pois sei que ficaria maluco. É uma coleção fantástica. O que ficou faltando foi comentar sobre a k7 que ilustra logo a segunda foto. Contar um pouco sobre ela…
    Estava nesse show do Metallica que o Marcello foi e é demais. Até comprei o bootleg oficial do show que é vendido no site. Sobre esse bootlegs ao vivo que estão disponíveis no site. Quantos são ao todo?

    Responder
    • Marcel

      Fernando, vou atropelar o Marcelo, depois ele complementa se quiser 🙂

      A fita, se não me engano, é uma réplica da “No Life ‘Till Leather”, a primeira demo do Metallica, que foi relançada num Recordo Store Day alguns anos atrás (acho que 2015 mesmo, se não me falha a memória). Uma curiosidade, o Metallica pretendia lançar o “No Life…” em versão especial estendida logo depois (em CD, Vinil, etc), porém não entrou em acordo com o Dave Mustaine. Segundo o Dave, o Lars queria colocar crédito de composição pra si próprio em músicas que o Mustaine tinha composto sozinho, ele não liberou, e a ideia esfriou.

      Sobre esses bootlegs, o Metallica disponibiliza para venda em MP3 ou Flac o audio de todos os seus shows desde há muito tempo, são incontáveis bootlegs. Porém, desde 2014 (eu acho) eles começaram a disponibilizar os shows em CD também. Então são todos os shows desde 2014, muita coisa também. Eu não tenho certeza se essa tour do Hardwired também está virando CD, provavelmente sim. Aqui outra curiosidade, nesta 2a perna americana da Hardwired Tour, quem comprou ingresso ganhar o bootleg (digital) depois, só usar o código do ingresso no site de download.

      Responder
      • Marcelo

        Tudo isso que disse amigo está correto… e todo show deles vira CD duplo e sai a 19 dólares e mais o frete sai bem carinho

      • Fernando Bueno

        Eu tenho alguns desses bootlegs. Mas pego os que tenho aguma ligação. Algum show que fui, show em data de aniversario. Inclusive esse show ele ele foi eu tenho em bootleg. A fita eu achei que era a original. Por isso perguntei

  5. djalma

    meus parabens,pela sua coleçao,tenho apenas duas copias de cada disco,até o black album,e do iron,tenho quatro copias,até o fear of the dark,continue assim,e nao de bola,para o patrulhamento!!

    Responder

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.