Journey lança single e anuncia primeiro álbum em mais de uma década

Com mais de 100 milhões de álbuns vendidos, clássicos imortais e presença no Hall da Fama do Rock’n’Roll, o Journey prepara mais uma página para uma carreira lendária. No próximo dia 08/07, a banda lançará Freedom, seu primeiro álbum de inéditas em mais de uma década. Antecipando a novidade, eles revelam “You Got The Best Of Me”, seu novo single. Este é um lançamento BMG. Ouça “You Got The Best of Me”. Garanta Freedom na pré-venda.

“Eu queria uma versão meio punk de ‘Any Way You Want It’”, diz o guitarrista, compositor, produtor musical e membro fundador do grupo Neal Schon sobre o single. “Eu não costumo dizer ‘vou procurar algo assim’, mas simplesmente veio, como foi com ‘Wheel in the Sky’ anos atrás”. Pensado para palcos de arenas e estádios, Freedom será o primeiro álbum com canções inéditas do Journey desde “Eclipse”, de 2011, e além do tecladista e compositor Jonathan Cain e do vocalista Arnel Pineda, mais um membro foi recrutado para o próximo álbum – o baixista Randy Jackson, que havia tocado no álbum Raised on Radio (1986). O novo álbum da banda já está disponível para pré-save e venda.

Siga Journey


THE MISSION de volta a São Paulo!

A banda britânica de Gothic Rock/Post-Punk, THE MISSION, formada em 1986 por Wayne Hussey (vocal) e Craig Adams (baixo) logo após deixarem por divergências musicais o também lendário The Sisters Of Mercy, volta a capital paulista no dia 22 de outubro após 8 anos como parte de uma série de seis shows já confirmados.

22/10 – Carioca Club, São Paulo/SP
23/10 – Sacadura 154, Rio de Janeiro/RJ
25/10 – CWB Hall, Curitiba/PR
27/10 – Arena Sabiazinho, Uberlândia/MG
28/10 – Centro de Evento Quinta Linda, Ribeirão Preto/SP
29/10 – Bolshoi Pub, Goiânia/GO

Nos anos 80, o The Mission fez parte do movimento gótico britânico ao lado de bandas como o próprio The Sisters of Mercy, Joy Division, Siouxsie And The Banshees, The Cure dentre outros, e ficou mundialmente conhecida por conta de músicas como “Wasteland”, “Severina” e “Butterfly On A Wheel”, grandes clássicos atemporais do estilo mais ‘dark’. Nessa atual turnê pela américa latina, batizada como Deja Vu Tour 2022, que iniciará no México e Chile nos dias 19 e 21 de outubro respectivamente, a banda apresentará seus maiores clássicos numa espécie de “Greatest Hits’’ que, com certeza, tornará a noite paulistana mais que memorável para todos os fãs afortunados que garantirem seu ingresso. Completam a formação do The Mission os músicos Simon Hinkler (guitarra/teclado) e Mike Kelly (bateria).

Para a abertura desse grande evento teremos a presença das bandas brasileiras Wolfhearts And The Heavens e Das Projekt.

SERVIÇO:

Evento: The Mission em São Paulo
Data: 22 de outubro de 2022
Local: Carioca Club Pinheiros
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo/SP (próximo ao metrô Faria Lima)
Abertura da casa: 17h
Início do show: 19h30 (previsão)
Imprensa: JZ Press 
Evento do Facebook
Classificação etária: 16 anos (14 e 15 anos: entrada permitida com responsável legal, mediante apresentação de documento)
Estacionamento: nas imediações (sem convênio)
Estrutura: ar condicionado, acesso para deficientes e área para fumantes

INGRESSOS DISPONÍVEIS EM 2º LOTE:

Pista – Inteira R$ 240,00
Pista – Promocional (doe 1 Kg de alimento não perecível) R$ 120,00 *
Pista – Meia-entrada R$ 120,00

* O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

PONTOS DE VENDA:

Carioca Club Pinheiros
Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo/SP
– Segunda à Sexta-Feira das 12h às 18h
– Sem taxa de conveniência
– Pagamento em dinheiro sem taxas
– Pagamento com cartão de crédito ou débito sujeito a cobrança de taxa de serviço
– Este ponto faz venda somente para eventos que acontecem no próprio Carioca Club Pinheiros

Galeria do Rock (Loja 255)
Avenida São João, 439, Centro – São Paulo/SP
– Segunda à Sexta-Feira das 10h30 às 19h
– Sábado 10h30 às 17h
– Sem taxa de conveniência
– Pagamento em dinheiro sem taxas
– Pagamento com cartão de crédito ou débito sujeito a cobrança de taxa de serviço

Tattoo Company (Metrô Consolação)
Alameda Itu, 1124, Jardim Paulista – São Paulo/SP
– Segunda à Sexta-Feira das 11h às 20h
– Sábado das 9h30 às 18h
– Pagamento em dinheiro sem taxas
– Pagamento com cartão de crédito ou débito sujeito a cobrança de taxa de serviço

School Of Rock Anália Franco
Rua Eleonora Cintra, 82, Vila Regente Feijó/Tatuapé – São Paulo/SP
– Segunda à Sexta-Feira das 10h às 21h
– Sábado das 10h às 13h
– Pagamento em dinheiro sem taxas
– Pagamento com cartão de crédito ou débito sujeito a cobrança de taxa de serviço

Metal Music
Rua Álvares de Azevedo, 159, Centro – Santo André/SP
– Segunda à Sexta-Feira das 10h às 19h
– Sábado das 10h às 18h
– Pagamento em dinheiro sem taxas
– Pagamento com cartão de crédito ou débito sujeito a cobrança de taxa de serviço

VENDA ONLINE:

Clube do Ingresso
– Com taxa de conveniência
– Pagamento em cartão de crédito ou boleto

Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semiprofissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de áudio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcoólicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.

*Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei;

** A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.

Links relacionados:
Site oficial
Facebook
Twitter
Instagram


“Blessings and Miracles”, mais recente álbum de Santana, chega em CD

Membro do Rock’n’Roll Hall of Fame, multipremiado e consolidado como sinônimo de qualidade e bom gosto em rock, pop, psicodelia e música latina, Santana quer continuar se desafiando e surpreendendo o público com seu álbum Blessings and Miracles, disponível agora em formato CD via BMG. O lendário artista lança também “Yo Estaré”, versão em espanhol de “Break”, com participação de Ally Brooke (Fifth Harmony), já disponível nas principais plataformas de música. Compre o CD Blessings and Miracles. Ouça “Yo Estaré”.

“Eu me sinto muito abençoado por poder sentir arrepios quando toco, e o que eu amo neste álbum é o quão puro e inocente ele parece. Há algo de novo. Eu não estou tentando recriar o clima do Abraxas ou Supernatural“, conta ele, citando marcos em sua carreira. Santana passou grande parte dos últimos dois anos gravando o álbum, feito quase totalmente à distância durante a pandemia. Quanto à seleção de artistas que colaboraram, ele admite que às vezes fica surpreso com a forma como eles entram magicamente em sua vida. “Eu não escolho pessoas – é como se eu fosse escolhido”, diz ele. “Estou honrado em trabalhar com artistas tão incríveis. Sinto-me como um surfista surfando nas ondas que se transformam em canções destes diferentes criadores. Tenho muita sorte de ter a oportunidade de fazer isso e valorizo bastante”.

O álbum traz uma estelar lista de convidados como Chick Corea, Chris Stapleton, G-Eazy, Diane Warren, Steve Winwood, Rick Rubin, Corey Glover, Kirk Hammett, American Authors e a retomada da parceria com Rob Thomas depois do hit “Smooth”. Assista ao clipe “Move” com Rob Thomas e American Authors. Assista a “She’s Fire” com Diane Warren e G-Eazy.

“O título vem da minha convicção de que todos nós nascemos com poderes celestiais que nos permitem criar bênçãos e milagres”, conclui Santana. “O mundo pode nos convencer que não somos dignos desses dons, mas temos que utilizar luz, espírito e alma – eles são indestrutíveis e imutáveis. E esses são os três elementos principais deste álbum”.

Siga Santana


Venom Inc. anuncia novo álbum “There’s Only Black”

Os pioneiros do metal extremo VENOM INC. estão orgulhosos de anunciar seu próximo álbum de estúdio There’s Only Black que será lançado no dia 23 de Setembro pela NUCLEAR BLAST RECORDS. Com 40 anos de formação e revitalizados entre os anos 1989 – 1992, o guitarrista Jeff “Mantas” Dunn, o vocalista/baixista Tony “Demolition Man” Dolan e o baterista Jeramie “Warmachine” Kling retornam com um álbum matador que precede o álbum de estreia “Avé” sem mostrar nenhum tipo de sinal de desaceleração. ASSISTA AO LYRIC VIDEO PARA “HOW MANY CAN DIE“. OUÇA “HOW MANY CAN DIE”. PRÉ-VENDA E PRÉ-SALVE THERE’S ONLY BLACK.

Tony “Demolition Man” Dolan comentou: “Após o Wacken de 2019, nossa temporada de shows havia terminado nos dando tempo para que eu pudesse fazer uma cirurgia de quadril. A banda usou este tempo livre para trabalhar em um álbum novo… Poucos sabiam que seríamos atingidos por uma pandemia que colocaria todo o Mundo em pausa. Começamos nosso trabalho de criação nos dando tempo, já que estávamos em lockdown e sem perspectiva de shows. Tivemos a rara oportunidade de criar o álbum com mais calma sem a pressão de estarmos sempre á caminho de um país para um show.

Começamos a gravar nossas músicas e após produzir elas duas vezes mais que o necessário, as editamos e demos os toques finais. Apenas demos como concluído quando NÓS achamos que aquilo era o álbum correto. Finalmente vamos poder apresentar o resultado para vocês: uma bola de poder furiosa que nos deixa orgulhosos e empolgados ao mesmo tempo. ESTE álbum será seu em breve!!! Enquanto o Mundo passa por sua evolução de cores lembre-se: quando o sol se apagar… SÓ HAVERÁ ESCURIDÃO!!! AVE!”

VENOM INC. – There’s Only Black

01 How Many Can Die (03:21)
02 Infinitum (03:47)
03 Come To Me (03:46)
04 There’s Only Black (04:49)
05 Tyrant (05:25)
06 Don’t Feed Me Your Lies (05:51)
07 Man As God (03:23)
08 Burn Liar Burn (05:32)
09 Nine (03:34)
10 Rampant (04:06)
11 The Dance (04:54)
12 Inferno (05:19)

SOBRE VENOM INC.
Em 2015 houve um grande revival de bandas tradicionais de heavy metal. Houve o pedido para que Tony Dolan (baixista e vocalista) trouxesse de volta a formação do VENOM que gravou o clássico Prime Evil e uma sólida sequência de álbuns que manteve a banda unida durante o matador evento do estilo Grunge e Brit pop que arrasou as bandas mais pesadas durante os anos 90. Heavy Metal sofreu muito nas mãos da nova moda, mas o VENOM (com esta formação) recusou morrer e continuou com o legado que havia dado inicio com Jeff Dunn (Mantas) que formou a banda originalmente em 1979 e trouxe ao Mundo álbuns clássicos do Metal extremo em forma de álbuns como Welcome To Hell e Black Metal.

Os álbuns compostos basicamente por Dunn, expuseram ao Mundo uma forma de levar a música ao extremo e também escuridão e um odor controverso que levantou as cabeças das sepulturas como se elas sempre estavam ali deitadas esperando para trazer o caos para a indústria da música. Com o vocalista Clive ‘Jesus Christ’ Archer e depois com Cronos e The Demoliton Man a banda ainda era uma força da natureza. Enquanto outros tentavam tomar o crédito para aquilo que o VENOM criou, a verdade não é um mistério oculto, mas mais algo escrito em pedra como nos dez mandamentos – mas diferente da religião, da qual você precisa de fé e ideias, ao decidir seguir o VENOM você só precisa dos ouvidos para ouvir.

‘Somewhere In Time, We Were Born..’ eles cantam e isto tornou-se um mantra. Hoje a cena tem muitos exemplos do que foi retirado desta clássica banda. Imagens, e temas e até um gênero totalmente voltado ao seminal álbum Black Metal. Os personagens eram e são muito maiores que a vida para os fãs, mas é a música que carrega a chama da imortalidade. A verdadeira inspiração para todas as vibrações negras e pesadas que possuam aquele estilo do Black n Roll.

VENOM INC. começou novamente em 2015 por acidente quase e o nome não foi uma escolha, mas foi dado pelos fãs, agentes e promotores etc. Refletindo, é apenas um fato de que esta banda é verdadeira, real e carrega o verdadeiro espírito que começou em 1979 e vai terminar seus dias sendo exatamente este mesmo espírito que se perdeu em algum lugar ao passar dos anos. Talvez seja inevitável para a banda mudar ou se afastar da intenção original, mas cada soldado das legiões do VENOM sabe – a banda nunca deixará seu verdadeiro propósito de lado e continuará compondo música que honram o legado do passado com todo coração e alma, mantendo em mente que novos fãs poderão entender que existe uma banda que ainda toca com tudo o que tem e ainda são muito importantes para esta Era em que ás vezes precisou-se separar o Mundo digital da realidade.

VENOM INC. tem feito turnês ao redor do Mundo sem parar desde que apareceram pela primeira vez no KEEP IT TRUE na Alemanha em 2015 e continuou levando seu selo de energia e performance pelo Mundo todo passando pela Ásia, Estados Unidos, América do Sul e Central, marcando presença em festivais como Hellfest, Alcatrazz e Wacken citando apenas alguns dos diversos festivais em que fizeram parte. A banda também foi convidada para uma turnê com Glenn Danzig numa aprição surpresa em um show emque a formação original do Misfits se apresentou no ‘All State Arena’ em Chicago, sem contar que foram convidados especiais no The Metal Allegiance em Nova Iorque para listar apenas alguns exemplos. Para a banda estar no palco é estar vivo e agora não só veremos a banda ao vivo como também veremos o surgimento de um novo álbum que certamente abraçará o Mundo com sua alma negra e pesada.

VENOM INC. LIVE 2022

01 May – Chateauroux, FR – Firemaster Convention
04-06 Aug – Villena, ES – Leyendas Del Rock Festival
02 Oct – Würzburg, DE – Keep It True Rising II Festival

… mais datas serão anunciadas em breve.

Mais informações:
Facebook
Twitter
Instagram
Site oficial



Massacration volta aos palcos com show especial em Curitiba

Os deuses do Metal estão de volta a Curitiba. A maior banda do universo, o Massacration, retorna à cidade para única apresentação no palco do CWB Hall, dia 22 de julho (sexta-feira), trazendo um show repleto de grandes sucessos de uma carreira com mais de duas décadas. Os ingressos estão disponíveis nos pontos físicos de venda e online pela plataforma Bilheto, por valores a partir de R$ 70 (pista/meia). No repertório, a bem-humorada banda criada pelo grupo Hermes e Renato apresentará músicas dos álbuns Gates of Metal Fried Chicken of Death (2005) e Good Blood Headbangers (2009), além dos mais recentes singles que obtiveram grande sucesso junto ao público, como os impagáveis “Metal Milf”, “Motormetal” e “Metal Galera”.

O Massacration surgiu de um quadro do programa humorístico Hermes e Renato, na MTV, no começo dos anos 2000. Com o sucesso, a anedota virou banda – bem na linha do gruo fictício Spinal Tap – lançou discos e se tornou a mais respeitada horda metálica de todos os tempos. Assista “Metal Galera”.

SERVIÇO

Local: CWB Hall
Endereço: R. Dr. Claudino dos Santos, 72 – Largo da Ordem

Quando: 22 de julho de 2022 (sexta-feira)

Classificação etária: 16 anos – acompanhado do responsável legal

Horários:

20h — abertura da casa

21h30 — Massacration

Ingressos

PISTA

1º lote – promocional

Solidário R$ 75*

Meia R$ 70**

Inteira R$ 140

2º lote – promocional

Solidário R$ 85*

Meia R$ 80**

Inteira R$ 160

3º lote

Solidário R$ 95*

Meia R$ 90**

Inteira R$ 180

* Solidário — limitados e válidos somente com a entrega de 1kg de alimento não perecível na entrada do show.

** Meia-entrada — para estudantes são válidas somente as seguintes carteiras de identificação estudantil: ANPG, UNE, UBE’s, DCE’s e demais especificadas na LEI FEDERAL Nº 12.933. Não será aceita NENHUMA outra forma de identificação que não as oficializadas na lei.

Pontos de venda

Online (com taxa de conveniência em até 12x no cartão)

PONTOS DE VENDA SEM TAXA:

LETS ROCK

(Dinheiro, Débito e Crédito à vista)

(Galeria Pinheiro) Praça Tiradentes, 106 Ljs 03 e 04 – Centro – Curitiba/ PR

Seg. a Sex. 09h00 às 19h00 / Sáb. 09h00 às 15h00

PONTOS DE VENDA COM TAXA:

ESPAÇO CARMELA

(Dinheiro, Débito e Crédito à vista)

Rua Dr. Claudino dos Santos, 72 – São Francisco – Curitiba/ PR

Dom. a Qui. 07h00 às 23h00 / Sex. e Sab. 17h00 às 02h00

HAND MADE

(Dinheiro, Débito e Crédito à vista)

Rua Desembargador Westphalen, 1186 Rebouças – Curitiba/ PR

Seg. a Sex. 09h00 às 18h00 / Sáb. 10h00 às 14h00

* A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora dos anunciados

** Será proibida a entrada de câmeras fotográficas/filmadoras profissionais e semiprofissionais.

Histórico

O Massacration é uma banda brasileira de heavy metal criada por integrantes do grupo de humor Hermes e Renato. O quadro no qual apareciam tomou enormes proporções e criou uma legião de admiradores, o que levou o conjunto aos palcos de verdade. Lançaram em 2005 o primeiro CD, produzido pelo ex-VJ João Gordo (Ratos de Porão), chamado Gates of Metal Fried Chicken of Death, pela Deckdisc, que vendeu mais de 50 mil cópias e recebeu disco de ouro, o consagrando como um dos títulos de heavy metal mais vendidos no Brasil em todos os tempos.

O segundo álbum veio em 2009: Good Blood Headbangers, produzido por Roy Z (Bruce Dickinson, Judas Priest, Helloween, Sepultura), cujos destaques são os singles e videoclipes “The Bull” (com participação dos atores pornôs Kid Bengala e Fabiane Thompson) e “The Mummy” (ao lado do cantor cearense Falcão). Em 2016 se reúnem para uma ação publicitária com o McDonalds, ganhando prêmio de melhor campanha de lançamento de produto ou serviço em parceria com a agência DM9DDB, pelo lançamento do Grand Pedido do McDonald’s Brasil.

Com o retorno aos palcos devidamente anunciado, registram o DVD ao vivo Live Metal Espancation, gravado em um Tropical Butantã lotado, em São Paulo. O Massacration é formado pelos personagens Detonator (vocal), Metal Avenger (guitarra), Headmaster (guitarra), Redhead Hammet (baixo e guitarra) e Jimmy The Hammer (bateria).]


Jukebox From Hell: banda apresenta mais um fragmento da capa de novo single

Após o lançamento e repercussão de seu ótimo terceiro álbum de estúdio, A Saga do Terceiro Irmão, em 2021, a Jukebox From Hell anunciou o início de um novo ciclo criativo, que vai preparar o caminho para o seu próximo álbum de estúdio. O início se dará com o lançamento de seu mais novo single, intitulado “O Pregador e a Prostituta”, que terá sua letra baseada em uma experiência vivida pelo baixista e fundador da banda, Pê Ribeiro. Programado inicialmente para ser lançado no mês de maior, “O Pregador e a Prostituta” se encontra em processo de produção e em breve, terá sua data de lançamento anunciada aos fãs. Enquanto isso não ocorre, a banda resolveu apresentar aos fãs a capa do novo single, mas em um formato diferente. A cada semana, um painel com uma das partes das mesmas será disponibilizado, para no final, formar a imagem definitiva que irá adornar o lançamento da nova música. A capa é uma obra do artista plástico mineiro Daniel Tavares.

Lançado no ano passado, o terceiro álbum da Jukebox From Hell, A Saga do Terceiro Irmão, foi considerado um dos melhores lançamentos nacionais de 2021 e pode ser ouvido no Spotify através do link. Para saber de todas as novidades da Jukebox From Hell, acompanhe a banda em suas redes sociais.

Jukebox From Hell: Pê Ribeiro – Baixo e Voz; Rodrigo Beckman – Guitarra e Voz; Oscar Jaime – Bateria; Lucas Cezilio – Guitarra; João Chacon – Voz

Mais informações:

Facebook

YouTube

Instagram


Carpatus: Banda fará sua primeira apresentação no Rio de Janeiro

A banda de black metal paulistana Carpatus fará sua primeira apresentação no estado do Rio de Janeiro no próximo dia 26 de Março. A horda é um dos destaques do Ritual Diabolico Fest, evento que acontecera na cidade de Nova Iguaçu, que conta com grandes nomes como: Disgrace and Terror (PA), Mørk VisdoM (SP), Gollum (SP), Obscure Relics (RJ) e Hemorrhage (RJ).

Local: Studio B

Endereço: Rua Engenheiria Paulista N° 30 Posse – Nova Iguaçu.

Valor: R$ 20,00.

O Carpatus segui promovendo o seu novo álbum Tormenta, com uma série de shows pelo interior de São Paulo, Paraná e agora no Rio de Janeiro. O set list promete trazer faixas do último álbum, bem como dos álbuns anteriores da banda, cobrindo todo seu legado. CDs, LPs e camisetas estarão a venda a preços promocionais no local. Formada em 1999, a veterana banda de black metal CARPATUS iniciou suas atividades com apenas um integrante, como muitas outras bandas do gênero, até ter uma formação completa. Tormenta é o quarto álbum de estúdio do grupo, lançado em março de 2021 em meio a Pandemia do Covid-19 pela Aura Maligna Productions, e que conta com as seguintes faixas.

Tracklist:

01. Blood Lust Licantropia

02. Unholy Pagan Cult

03. Despertar Para Escuridão

04. Burning Circle of Sacrifice

05. Penumbra

06. A Night For A Murder

Mais informações:

Facebook

Instagram

Bandcamp

Spotify


De volta em espanhol, Terminal Guadalupe explora novos ritmos e usa ironia para afiar discurso

Lá se vão 15 anos do álbum A Marcha dos Invisíveis (Independente, 2007), aclamado pela crítica, que levou a banda Terminal Guadalupe aos principais festivais do país, às rádios e às paradas de videoclipes. A espera dos fãs por algo novo acaba agora, com a chegada do single carregado de ironia e crítica “¿Qué Pasa, Cabrón?” a todos os serviços de stream. Gravada em diferentes cidades, a canção foi produzida por Iuri Freiberger e Allan Yokohama.

A banda hoje em dia se divide entre diversas cidades: Curitiba, onde mora Dary Esteves Jr.; Vila do Bispo, em Portugal, lar de Allan, que também produz o álbum; Lisboa, onde vive o baixista Marcelo Caldas, ex- integrante da banda Cabaret e novo parceiro na seção rítmica do remanescente da formação clássica, o baterista Fabiano Ferronato, que hoje vive em Frankfurt, na Alemanha.

“A música chama as coisas pelo nome e com alguma ironia, no embalo de um ritmo alegre, para falar da nossa tragédia. Por isso, lançar o single justamente na data em que maus militares celebram um golpe contra a democracia é simbólico”, conta Dary Esteves Jr., vocalista do Terminal Guadalupe. A canção é a primeira amostra do álbum de inéditas “Agora e Sempre”, com previsão de lançamento para junho, produzido por Iuri Freiberger (Tom Bloch, Frank Jorge, Selvagens à Procura de Lei) e Allan Yokohama, também responsável por guitarra, violão, teclado e voz na banda.

Mesmo sem lançar disco há tanto tempo, o grupo manteve uma base fiel e prepara turnê durante europeia para conquistar novos públicos com canções politizadas e intensas em português, espanhol, inglês e italiano. OUÇA “¿Qué Pasa, Cabrón?” no seu stream preferido clicando aqui

Terminal Guadalupe é: Allan Yokohama – guitarra, violão, programação de teclado e voz; Dary Jr. – voz; Fabiano Ferronato – bateria; Marcelo Caldas – baixo

Ficha Técnica “¿Qué Pasa, Cabrón?”

Gravado nos estúdios 13Hybrid (bateria e vocais), em Lisboa, e Arnica (voz principal), em Curitiba, e nas casas dos músicos, entre 2021 e 2022.

Produzido por: Iuri Freiberger e Allan Yokohama.

Mixado e masterizado por: Iuri Freiberger.

Participações: Rodrigo Lemos (teclados) | Iuri Freiberger (percussão digital)

Arte da capa por: Pietro Domiciano

Acompanhe o Terminal Guadalupe no Instagram


UMBRAL lança novo single “7 Templos” e solidifica de vez suas características

Desde que surgiu, em 2019, a banda Araraquara de Thrashcore Umbral tem moldado sua sonoridade propondo uma mescla de Thrash Metal, Hardcore, Hip Hop e arranjos com influências de música brasileira. Três anos depois, a banda criou sua identidade e soa bem característica. Prova disso é seu novo single, “7 Templos”, que também ganhou um lyric video. Os riffs intrincados das guitarras de Flavio Zanucolli e Gabriel Fernando destilam bases sólidas, enquanto a cozinha formada por Lorenzo Castro (que deixou a banda após as gravações) e o baixo do recém-chegado Lucas Borba (Damage Corporation) dão sustentação e enfatizam o ‘groove’ do qual a banda sempre fez questão de contar.

As linhas de voz de Victor Marchezani, que deixou o baixo para assumir de vez os vocais, traz a agressividade necessária à composição com um gutural inteligível. A letra, a própria banda explica: “A música “7 Templos” é uma denúncia à falsa moral, às manobras de manipulação e à transformação da miséria em produto de riqueza a partir de ingressos de esperança para uma vida melhor. Em um mundo vazio – de valores humanos e comida no prato – aqueles que condenam o pecado fazem uso dele para armadilhas retóricas que sustentam suas instituições. O resultado, catervas sem rumo e punidas sem causa”. O single foi gravado no Smonkey Records ®, com produção do próprio guitarrista Flávio Zanucolli, enquanto o lyric video ficou por conta de Gabriel Fernando. A arte da capa é de Victor Marchezani.

Com o peso de sua música e a contestação de suas letras, a Umbral traz em sua proposta, letra e arranjo, a identidade que a banda, ao longo desse curto tempo de formação, tem construído – a verdade de uma expressão artística, ainda que possa, por vezes, soar agressiva. Ouça o novo single “7 Templos” e assista ao lyric video nas principais plataformas digitais e no Youtube.

Siga a Umbral nas redes sociais:

Facebook

Instagram


Eletrônica 2.0: PIC-NIC divulga single com Beto Bruno (Cachorro Grande) e celebra retorno em definitivo

A banda PIC-NIC divulga o single Eletrônica 2.0. A faixa, que tem participação especial de Beto Bruno (ex-Cachorro Grande), elucida a importância dos anseios e celebra o retorno definitivo do grupo que esteve em hiato nos últimos 14 anos. Ouça “Eletrônica 2.0” via Spotify. Hiato este que só foi interrompido em meados de 2021, quando a PIC-NIC divulgou o disco 2007, que transita por uma sonoridade doce e madura, com nuances do grunge e do rock alternativo. Eletrônica 2.0 também navega por esse contexto, no entanto, traz aspectos da música pop e flui por uma espécie de bossa nova em alguns momentos.

Arte da capa por Victor Stephan

O baixista da PIC-NIC, Chokkito, frisa que a canção é marcante devido ao elo vocal de Beto Bruno com a vocalista do grupo, Guidi Vieira. “Convidamos o Beto Bruno para fazer a voz porque sabíamos que seria um contraste muito interessante com a voz da Guidi, que é bem delicada. Ou seja, o exato oposto da voz rasgada e potente do Beto”. Guidi Vieira também destaca essa combinação à medida que aponta a origem da faixa. Segundo a cantora, Eletrônica 2.0 inicialmente chamava-se apenas “Eletrônica”, tendo sido composta há mais de 20 anos.

“Foi uma das primeiras canções compostas pela banda, lá pelos idos de 2001. Ao darmos uma nova cara para ela, incluindo mais uma voz contrastante, entendemos que não poderia ser apenas a “Eletrônica”, mas uma versão “2.0” da mesma. É quase outra canção, porque a energia é muito distinta da versão original”, frisou. Beto Bruno, por sua vez, aponta que a canção Eletrônica 2.0 é envolvente e certeira. “Essa música me pegou de primeira. Há muito tempo não ouvia algo tão doce e empolgante”.

Para chegar nessa sonoridade, os próprios guitarristas da PIC-NIC, Miguel e Paulinho Gehm ficaram responsáveis pela produção. A mixagem e a masterização, por outro lado, são de Davi Pacote. Além de Miguel, Paulinho, Chokkito e Guidi, a PIC-NIC conta com o baterista Robson Riva em sua formação. Hoje, o quinteto está a todo vapor, ensaiando para shows e preparando novos conteúdos autorais. Neste mês, por exemplo, a PIC-NIC tocará na Audio Rebel, no Rio de Janeiro (RJ). Na ocasião, o grupo divide o palco com a banda Badke.

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.