Matanza Inc.: estreia EP “Ao Vivo em São Paulo” em todas as plataformas digitais

Como prometido pelo Matanza Inc, neste mês de setembro foi liberado em todas as plataformas digitais o EP Ao Vivo em São Paulo. O registro conta com 05 faixas, sendo 04 retiradas do disco Crônicas do Post Mortem: Um Guia Para Demônios e Espíritos Obsessores e 01 faixa retirada da época em que ainda se chamavam apenas de Matanza. O show em questão foi captado de forma profissional e ao vivo, em evento organizado pelo programa Kiss Club da Rádio Kiss FM no Manifesto Bar em São Paulo.

Agora você usuário das plataformas digitais pode conferir o EP Ao Vivo Em São Paulo do Matanza Inc no Spotify (link abaixo), Deezer, Apple Music, Tidal, Amazon Music, Google Play, Napster e vários outros.

Tracklist:

01 – Guia Para Demônios & Espíritos Obsessores

02 – Seja o que Satan Quiser

03 – Lodo no Fundo do Copo

04 – Pode ser que eu Me Atrase

05 – O Chamado do Bar

Matanza Inc: Vital Cavalcante – Vocal; Marco Donida – Guitarra; Dony Escobar – Baixo; Jonas Cáffaro – Bateria

Mais Informações:

Facebook

Instagram

YouTube


 

Mad Sneaks – Single Limbo ganha um videoclipe de peso e reflexão

Após o single “Limbo” ter sido elogiado pelo escritor da biografia de Kurt Cobain, o jornalista Charles Cross de Seattle, além de ter chamado atenção e conseguido uma produção e participação especial do Page Hamilton, líder da banda americana Helmet para o single “Dead Killer”, o trio Mad Sneaks mostra que Limbo ainda tem muito a oferecer, lançando um videoclipe denso e de profunda reflexão. A banda anunciou em suas redes sociais que tentariam colaborar de alguma forma com a arte das pessoas que tem pouco espaço e visibilidades e abriram espaço  para participação de Pessoas Alternativas, que de alguma forma sofrem ou já sofreram preconceitos por serem fora dos padrões que a sociedade julga ser o correto e foram selecionados três participantes, dentre várias pessoas interessadas que entraram em contato.

O clipe, dirigido e produzido por Agno Dissan, chama atenção pelo alto nível, tanto visual do vídeo em resolução 4k, quanto pela mensagem que passa, onde três pessoas são amarradas a uma cadeira de barbeiro e encaram de forma tortuosa um processo de Lobotomia, feitas por um médico misterioso. As pessoas são: uma Mulher Trans Negra, uma Mulher Acima do Peso e um Rapaz com Modificações Corporais. As três pessoas representam uma grande parte dos problemas e injustiças sociais que envolvem preconceitos por cor, sexualidade, padrões estéticos e sexismo. O processo da Lobotomia clandestina e à contra vontade, representa a visão dos agressores que acreditam que estas diferenças físicas e sociais, são algum tipo de enfermidade e tentam de maneira forçada, buscar uma cura para o que jamais foi uma doença.

O videoclipe de “Limbo” nos convida a uma profunda reflexão do mundo em que vivemos e o que podemos fazer para contribuir no desenvolvimento de um mundo de paz, com respeito às diferenças e valorização da vida em harmonia, onde mulheres de corpo ou de alma, negros, pessoas de diferentes sexualidades e diferentes estilos visuais, tenham os mesmos direitos de serem felizes e realizados como são.


BELTANE: Versão física de The Tales Of Pantheon está pronta e disponível, saiba como adquirir!

Depois de muita espera, um dos trabalhos mais aguardados do Heavy Metal sul-americano, o The Tales Of Pantheon dos paranaenses do BELTANE, está disponível em seu formato físico. Já lançado nas principais plataformas de streaming e download do mundo, o atual álbum da banda chegou com tudo, em um luxuoso digipack, e já pode ser adquirido por apenas R$ 30,00 (+ frete) escrevendo para o e-mail ou pelo Facebook. Confira mais detalhes deste lindo material. Adquira materiais físicos, apoie o Metal nacional independente.

Encontre The Tales Of Pantheon no seu serviço de streaming mais utilizado:

Spotify 
Deezer
iTunes
Napster
Amazon Music
Tidal

Confira também o videoclipe de “The King Of The Seas”, um dos destaques deste álbum.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
Facebook
Youtube
Instagram
Site Oficial
Sangue Frio Produções


Em disco instrumental, Fluhe convida para uma viagem musical

Guitarras abrem as portas para um novo plano espiritual. A cada passo, o acompanhamento firme do baixo e bateria. Não é preciso voz, as notas cantam, dançam, convidam. Com 11 faixas que vão do rock alternativo ao trip hop, a Fluhe lança o álbum de estreia Sobre Nós, via Alcalina Records. O disco fala sobre união sem precisar usar discurso verbal, tudo está nas entrelinhas e há muito o que perceber na produção, mixagem e masterização feita por Chico Leibholz. O trabalho de nome fácil traz em si a carga política exigida em tempos como os nossos. Em Sobre Nós, a Fluhe acredita que evoca fases passadas, o que foi vivido, o que continua amarrado e o que foi perdido. Chico Leibholz explica sobre o conceito do álbum.

“Ouvi o termo ‘’nós por nós’’ em uma live da Anielle Franco. Da sua fala e ao meu entender, isso representa que nós pretos temos de fazer por nós, nos fortalecer, não podemos esperar que brancos nos digam o que fazer dentro do contexto sócio-político no qual vivemos. Talvez isso tudo seja só para desatar nós. Nó por nó, todos nós, não apenas eu.”, avalia Chico Leibholz.

A temática urbana e instrumental da Fluhe é possível de observar em cada faixa. Ao envolver elementos do rock e da soul music, em “sobre nós” a sonoridade se intensifica pro rock, sem perder o groove característico da banda. O processo de criação que culminou no disco teve início há cerca de seis anos, após o fim das bandas que Chico participava: Soulstripper, Os Augustos e Boom Project. Mas os primeiros passos não foram tão óbvios: o então multi-instrumentista desistiu de tocar. “Coloquei todos os meus instrumentos à venda, e por sorte não vendi quase nada (risos). Estava cansado de passar perrengue com pessoas que não se preocupavam tanto quanto eu para um projeto musical. Enfim tirei uma pressão de me preocupar com outras pessoas, e passei a estudar formas de se compor sozinho, mas sem nenhuma pretensão.” relembra.

Em meados de 2017, Chico recebeu dois convites para tocar bateria em projetos musicais. O primeiro foi de Rafael Bulleto (BIKE, Antiprisma), que começava a planejar o Neptunea, seu projeto solo; O segundo convite foi de Eduardo Arrj, que iniciava a banda Andaluz. Com dois sinais na mesma semana, Chico não teve opção e voltou a tocar. A partir deste momento o músico voltou a dedicar-se a música, retornou a atenção para as demos que tinha abandonado e começou a construir a Fluhe, um projeto que é parte de um movimento cíclico muito intenso, tanto pessoal quanto profissional. O álbum Sobre Nós trouxe o lançamento de dois clipes, “Apenas Sonhos” e “Sábado, Janeiro e Agosto”, além dos singles “O elo que falta” e “Vermelho Púrpura”. A Fluhe foi fundada há dois anos pelo multi-instrumentista Chico Leibholz (Boom Project, Soulstripper, Os Augustos) e já alcançou festivais conhecidos na cena independente brasileira como Bananada (GO) e CoMA (DF).

Além de músico, Chico também é conhecido na cena por seu trabalho como engenheiro de som, tendo trabalhado no estúdio na Casa do Mancha. Atualmente, é o responsável pelo estúdio Baixo Augusta, em São Paulo (SP). A capa do disco é de autoria de Chico Leibholz, que também foi responsável pela criação, gravação, mixagem e masterização de todas as faixas. As fotos de divulgação são creditadas a Agê. Ouça o álbum Sobre Nós 


THE CROSS: agregado novo baixista ao grupo

A THE CROSS confirmou a adesão de Héracles Cardoso como novo baixista do grupo. Com influências que transitam do Blues ao Metal extremo, o novo agregado iniciou sua caminhada no underground brasileiro tocando covers diversos do Heavy Metal e com referências de grandes bandas como Death, Morbid Angel, HeadHunter D.C., Exodus, Iron Maiden, Black Sabbath, Candlemass. Em 2016 assumiu o posto de baixista no Graveren (Black Metal), abrindo shows para bandas como HeadHunter D.C., Escarnium e Ocultan, além de participações no festival baiano Palco do Rock nos anos de 2017 e 2018.

Em 2019 fez parte do Keter (Death/Thrash Metal) e, ao deixar a banda em 2020, resolveu retomar seu antigo projeto, Asphyxiated, juntando-se também à Unsaved. No corrente ano foi convidado para ingressar na THE CROSS, dando continuidade aos trabalhos da banda junto ao quarteto Eduardo Slayer, Paulo Monteiro, Daniel Fauaze e Luís Fernando.

Instagram


O novo single da banda brasiliense Suíte Super Luxo é uma mensagem de esperança para o futuro.

A Suite Super Luxo é uma banda criada em 2002 na cidade de Brasília, que mistura influencias de punk, garage rock, psicodelia e guitar bands dos anos 80/90. Depois de dois álbuns e um EP, o quarteto formado por Lucq (vocal e guitarra), Tharsis (guitarra), Tiago (baixo) e Áli (bateria) retorna com o lançamento do lyric vídeo de “Todo Império Um Dia Cai” (Ouça no seu streaming favorito), primeiro single do terceiro álbum, que está em fase de conclusão. O single reflete sobre mudanças, ilusões de poder que transitam e se sucedem na história do planeta e das pessoas em geral. “De certa forma, reflete também sobre o estado atual de mazelas no país promovido pelo projeto secular do ora dito grande acordo nacional”, completa Lucq.

O vídeo, produzido por Gustavo da Rosa, mistura memes, imagens históricas de protesto e impérios que caíram ao longo da história, toda em edites que acompanham a sonoridade instigada e rápida, passando um pouco da vibe do novo trabalho da banda. Assista o Lyric vídeo no link. Ou ouça o single no seu streaming favorito AQUI!


Atmospheric Metal – SERPENT RISE

A banda SERPENT RISE iniciou suas atividades musicais nos primeiros meses de 1993, a partir do desejo de Julio Wojciechowski e Agnaldo Gomes de criar músicas em que as variações de texturas, misturadas com a atmosfera produzida pelas cordas, sintetizadores, violões densos e um conteúdo lírico que visa a elevação do ser, guiando o público, à um mundo de sentimentos pesados e mais próximo da realidade vivida por cada alma aprisionada nessa carne. Ao longo desses anos, as dificuldades em manter uma formação estável impediram o progresso contínuo do trabalho da banda, no entanto, muitos shows foram realizados em todo o país e podem ser destacados aqui no: BHRIF (Festival Independente de Rock de Belo Horizonte), em 1994, juntos com Anathema (UK) e Dorsal Atlântica; Festival de Halloween, em 1996, na cidade de São Paulo / SP, juntamente com Sextrash; RIVER ROCK FESTIVAL, 2019, juntamente com Ratos de Porão, Anthares, Arandu Arakuaa, Sinaya, Legion of the Damned (Holanda) e outros. Eles também se apresentaram juntamente com Amen Corner, Flesh Grinder, Hangar em vários outros festivais.

Atualmente, SERPENT RISE tem uma formação sólida e equilibrada, que vem trabalhando em novas músicas para o próximo álbum, o que certamente trará uma evolução musical positiva para a história da banda, mais madura para mostrar seu clima atmosférico / gótico / doom metal para outros países. e continentes.

Follow the band at these links:

Facebook
Instagram
Twitter
Youtube
Streaming


Weedevil traz stoner doom arrastado em Follow the Smoke

O quarteto stoner/doom paulista Weedevil acaba de lançar via Abraxas Records a arrastada “Follow the Smoke”. A música que sucede o EP homônimo (1º semestre de 2020) pode ser conferida aqui. “Follow the Smoke” é um híbrido de rock soturno a la Black Sabbath e referências contemporâneas do doom e do stoner. A personalidade do Weedevil está na execução dinâmica e peso em destaque, além do diferencial do vocal feminino de Fabrina Valverde.

A banda, montada por Flávio Cavichiolli (baterista do Pin Ups, ex-Forgotten Boys), está na ativa e junto à Abraxas desde 2019. Caio Caraski (guitarra) e Dani Plothow (baixo) completam o Weedevil. Para 2021, a banda planeja lançar o primeiro full, que deve sair tanto no streaming como em CD e vinil.


Queridinho no Brasil, Aline Happ ensina a fazer Bolo Mármore

Um dos quitutes mais populares do Brasil, o Bolo Mármore, que é originário da Alemanha e se espalhou por diversos países, ganha interpretação de Aline Happ, vocalista do Lyria, em novo vídeo. Na segunda parte da série “Cooking with Aline Happ” (cozinhando com Aline Happ, em tradução livre), a artista convida os fãs para mais uma aventura em sua cozinha. Visto frequentemente em lanches da tarde, a receita agora é acompanhada de uma espécie de ganache de chocolate. A ideia do Bolo Mármore surgiu como muitas outras ideias surgem: do desejo. “Na verdade eu estava querendo comer algo doce (risos). Então resolvi fazer o bolo. Algumas pessoas também tinham me pedido uma receita de doce, então, resolvi juntar o útil ao agradável. Um bolo sempre alegra e une as pessoas. O bolo tem um poder (risos)”, revela Aline Happ.

O primeiro vídeo da série foi uma Torta de Vegetais e agora é a sobremesa. Mas a cantora explica que os fãs podem esperar conteúdo novo em quase todas as sextas-feiras em seu canal do YouTube: “A alternância dos vídeos no canal serão de culinária, música e qualquer coisa que me der na telha” (risos). O vídeo é mais uma vez feito totalmente por Aline Happ, da idealização até a finalização. A artista cria o roteiro, grava e edita os vídeos postados no canal. Conhecidos mundialmente, o Lyria é uma banda carioca fundada em 2012 por Aline Happ. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, Catharsis (2014) e Immersion (2018) e tocou em diversas cidades brasileiras como Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, entre outras.

Assista a receita de Bolo Mármore

Assista a receita de Torta de Vegetais


Riders Machines: versão remasterizada da demo “Are You Ready For Love?” é lançada

Após um período de reestruturação, a banda de Heavy Metal/Hard Rock Riders Machines (Campos dos Goytacazes/RJ) prepara aqueles que serão os primeiros passos dessa nova jornada mas não sem antes finalizar um ciclo, remasterizando 2 canções de seu primórdio. Segundo o vocalista Ig Red: “as músicas “Are You Ready For Love?” (2016) e “Poison In Your Heart” (2017) foram as primeiras composições da Riders Machines. Mesmo sendo faixas demos e sem uma grande produção por trás, desde os momentos iniciais de suas composições, eu já sabia que o público ia gostar e se identificar com elas. Foi o nosso ponto de partida e ao mesmo tempo impulso no cenário autoral”.

Gravadas no estúdio Hammer, também situado em Campos dos Goytacazes, as músicas foram remasterizadas por Magnus Leal, um dos atuais guitarristas da banda, e contam com projeto gráfico feito por Eduardo Alves. Ig Red informa ainda que um EP de nome Pandemic Sin está sendo preparado e com um som ainda mais pesado do que já é praticado pela banda, mas sem perder suas principais características. Porém antes deste lançamento quis voltar ao início, antes de reiniciar a carreira da banda. A Riders Machines surgiu no ano de 2016 e neste tempo já se apresentou ao lado de nomes como Krisiun, Ratos de Porão dentre outros e obteve excelente repercussão com o seu álbum “History”, sendo inclusive citados pelos sites Metal Na Lata e Roadie Crew como um dos melhores lançamentos do ano de 2019. “Are You Ready For Love?” pode ser conferida no link. A faixa “Poison In Your Heart” será lançada no dia 28/01.

Riders Machines é: Ig Red – Vocal; Magnus Leal – Guitarra; Clecius Carvalho– Guitarra/Teclado; Lukk Machine Gun – Baixo; Filipe Miranda – Bateria

Fotos e projetos gráficos por: Eduardo Alves
Ouça Riders Machines nas plataformas digitais:

Spotify
Deezer
Apple Music

Contato

Facebook 
Instagram
Youtube

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.