Brujeria é a atração principal do Kool Metal Fest 2019

No começo da década de 1990, o enigmático e ultrapesado Brujeria surgiu com suas letras em espanhol, provocativas, ácidas, carregadas de críticas sociais que permanecem pertinentes. A força descomunal da banda juntamente a seu peculiar carisma atravessou décadas e agora o Brujeria é uma peça vital no que se refere a música pesada. Não à toa é a primeira confirmada da nova edição do Kool Metal Fest, tradicional evento que em edições passadas já contou com nomes de peso como: Napalm Death, Suffocation, Violator, Krisiun, Ratos de Porão, entre outras. Em 2019, o evento acontece dia 10 de novembro, no Carioca Club (São Paulo).

O Brujeria será headliner no festival, no entanto, outros nomes de peso do metal nacional serão anunciadas em breve. A edição de 2019 tem uma missão: ser explosiva e pesada como a edição passada, em 2016, quando o palco foi literalmente partido ao meio! Naquele fest, a banda Possuído Pelo Cão quebrou o palco durante o set. A estrutura de alto padrão do Carioca Club, uma das principais casas de shows da capital paulista, possibilitará mais um Kool Metal Fest recheado de atrativos, além do espaço perfeito – e seguro – para incansáveis e insanos circle pits.

Sobre a atração principal do fest, o Brujeria completa 30 anos agora em 2019. Foi formado em 1989 por americanos com ascendência latina. À época, ocultar os nomes reais dos músicos, alimentar boatos sobre seus rostos e também quanto à temas polêmicos envolvendo ilícitos, ajudou a criar uma mística em torno da banda, que logo estava fazendo muitos shows, com clipes na MTV e contrato com a Roadrunner. Sempre capitaneada pelo vocalista Juan Brujo, o Brujeria já teve inúmeras formações, com músicos do alto escalão do heavy metal. Hoje, também tem Fantasma (vocal, baixo), Bruja Encabronada (vocais femininos), Aa Kuernito (guitarra), Hongo (guitarra), Pinche Peach (vocal e samplers), El Criminal (guitarra) e Hongo Jr (bateria).

SERVIÇO
Brujeria no Kool Metal Fest 2019
Evento
Data: 10 de novembro de 2019
Horário: 15 horas (portas); 16 (início do evento)
Local: Carioca Club
Endereço: rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros/São Paulo
Classificação etária: 16 anos
Ingresso:
Pista: R$ 100,00 (primeiro lote ingresso meia/promocional – mediante um quilo de alimento); R$ 200,00 inteira
Camarotes: R$ 150,00 (primeiro lote, meia/promocional – mediante um quilo de alimento); R$ 300,00 inteira
Ponto de venda sem taxa:
Loja 255 (galeria do rock), na Rua 24 de maio, 62, primeiro andar – sala 255. Telefone: (11) 33616951
Online
Produção: Agência Sobcontrole, Loja 255 e Cospe Fogo
Turnê da Xaninho Discos


Phil X, guitarrista do Bon Jovi, fará workshops em SP e RJ no mês de setembro

Phil X, o guitarrista do Bon Jovi, da banda The Drills e com brilhante passagem pelo Triumph, aproveitará sua passagem pelo Brasil para os shows no Rock in Rio e em São Paulo e fará workshops de guitarra para fãs e apaixonados pelo instrumento. Com um invejável currículo, o músico grec0-canadense realizará dois grandes masterclasses, dia 24/9 na capital paulista (Manifesto Bar) e dia 30/9 na Cidade Maravilhosa (Teatro Prudential).

A Onstage Agência e a Estreia Produções assinam a realização dos workshops. Durante o encontro, Phil falará sobre sua experiência musical e mostrará algumas de suas técnicas. Phil, natural de Toronto, é daqueles guitarristas que criam e gravam solos, riffs e melodias em aclamados discos do rock e do pop mundial, mas ficam na retaguarda. A lista de artistas com quem já tocou é imensa: Tommy Lee, Methods of Mayhen, Avril Lavigne, Kelly Clakson, Orianthi, Robustezes Zombie, Chris Daughtry, Alice Cooper, Thousand Foot Krutche, entre outros.

Com o Bon Jovi, Phil toca desde 2011, quando foi chamado às pressas para substituir Richie Sambora e continuar a extensa turnê da banda pelos Estados Unidos e Europa. Nome de respeito que é, o guitarrista chegou a participar de talk shows norte-americanos ao lado de Jon Bon Jovi, como os comandados por Ellen DeGeneres e Jay Leno. Phil X também atua como guitarrista, compositor e vocalista na banda The Drills, fundada em 2003.

Existem músicas icônicas com a assinatura de Phil X. “Tired”, do álbum Tommyland: The Ride, o segundo disco solo do baterista do Mötley Crüe, Tommy Lee, lançado em 2005. No Triumph, o guitarrista gravou o excelente Edge of Excess, de 1992. Phil X ainda participou do vídeo de “making of” do filme Josie e as Gatinhas, sucesso dos anos 2000. Ele também atuou como instrutor de música e ensinou a jovens atores como fingir a tocar seus instrumentos.

Serviço
Phil X Guitar Clinic | São Paulo
Evento
DATA: 24 de setembro
LOCAL: Manifesto Bar (Rua Iguatemi, 36 – Itaim Bibi)
INGRESSOS: R$ 100 (Primeiro lote: estudante/meia promocional)
Classificação etária: 18 anos (Menores de 18 anos apenas acompanhados por responsável legal)

Phil X Guitar Clinic | Rio de Janeiro
Evento
DATA: 30 de setembro
LOCAL: Teatro Prudential (Rua do Russel, 804 – Glória)
INGRESSOS: R$ 100 (Primeiro lote: estudante/meia promocional)
Classificação etária: 16 anos


VERTHEBRAL: Anunciado cartaz completo de ‘Circle Of The Tyrants Fest VI’, confira!

O dia 07/09/2019 ficará para a história da cidade de Cascavel/PR! Os paraguaios do VERTHEBRAL estarão chegando em solo brasileiro para uma grande apresentação. Isso mesmo, a banda estará no ‘Circle Of The Tyrants Fest VI’, que acontecerá na Adega Nostra-Vamos e contará com também com Flagelador, Distanasia, Exylle e Hell Abyss. Em paralelo, o grupo foi destaque na mais nova edição da revista Roadie Crew, onde concedeu uma entrevista para a mesma, veja.

Link do evento no Facebook para mais informações
Ingressos online podem ser adquiridos aqui

Sites relacionados:
Facebook
Youtube
Soundcloud
Contato Sangue Frio


O peso doom no novo disco do Son of a Witch

É latente a dose extra de peso numa atmosfera densa construída pela seminal Son of a Witch no novo disco, Commanded By Cosmic Forces, lançado nas plataformas de streaming pela Abraxas Records. São cinco músicas, entre elas o conhecido single “Melting Ocean”, divulgado em janeiro do ano passado. Ouça aqui. Commanded By Cosmic Forces impulsiona o Son of a Witch mais para o doom metal, apesar de diversos elementos stoner e de heavy metal ao longo das extensas e dinâmicas canções. “Dry Leaves”, por exemplo, tem aura sabbatiana, enquanto “Idle of Marble” fica entre o enigmático e psicodélico. Já “Breathe Dust” e seus 13 minutos de duração impressiona pelo andamento progressivo e soturno.

O conteúdo lírico reforça esta ambientação e torna a imersão a Commanded By Cosmic Forces uma autêntica viagem cósmica: são temas introspectivos, sobre conflitos internos e questionamentos existenciais. O disco foi gravado no Black Hole Studio em Natal (Rio Grande do Norte), mas mixado e masterizado por Gabriel Zander, no Estúdio Costella (São Paulo).


Marenna-Meister é o novo projeto do vocalista Rod Marenna (Marenna) com o guitarrista Alex Meister (Pleasure Maker)

Com mais de 25 anos de experiência na música e reconhecimento dentro e fora do país, a dupla apresenta um hard rock intenso e poderoso. Para tornar a jornada mais interessante, o projeto conta também com Alexandre “Tilly” Rampini (Silent) na bateria e Cristiano Gavioli no baixo.

“Follow Me Up”, o primeiro single, será lançado no próximo dia 5 de julho em todas as plataformas digitais, trazendo uma atmosfera totalmente anos 1980, recomendada para fãs de DOKKEN, WINGER, FIREHOUSE, WARRANT e outras bandas do gênero. Acompanhe o Marenna-Meister nas redes sociais e fique sempre por dentro das novidades!

Facebook

Site Oficial

Site Alex Meister


Sensação do hard rock finlandês, Santa Cruz confirma show em São Paulo

Sensação do hard rock/glam metal da Finlândia, o Santa Cruz logo extrapolou as fronteiras escandinavas e ganhou fama ao redor do mundo já com o disco de estreia, Screaming for Adrenaline (2013). Atualmente, com nova formação, experiência de ser atração principal de festivais europeus, dois singles recém-lançados e uma sonoridade pesada que resgata elementos tradicionais do gênero, a banda enfim estreia no Brasil numa mini-tour de três shows, com São Paulo na rota, dia 10 de agosto. O show, no Manifesto Bar, terá a abertura da local Inluzt. A produção é da Onstage Agência.

O Santa Cruz está tão em alta no hard rock que é já tem no currículo feitos como gravar músicas para comerciais de carros (Mercedes-Benz) e para canais esportivos (ESPN). Na sua terra natal, é mencionada na imprensa como precursora de uma nova geração glam na Finlândia. De fato, o quarteto leva a proposta a um nível de extremo bom gosto e profissional. A banda está no radar de fãs de Reckless Love, Crashdiet e Hardcore Superstar, mas que também é, hoje, idolatrada por fanáticos de Guns n’ Roses, Skid Row e Hanoi Rocks.

O vocalista/guitarrista Archie Cruz, remanescente no Santa Cruz, desembarca na capital paulista com os novos integrantes Pavel Cruz (guitarra solo), Toxy Cruz (baterista) e Ero Cruz (baixista), o mesmo agrupamento que gravou o grudento single “Tell Me Why”, que funciona como prévia do novo disco, Katharsis. A música é a síntese da vitoriosa trajetória da banda: com atitude, de riffs fortes e melodiosos, mais fraseados com ganchos cativantes, além do refrão altamente viciante, para se cantar junto, os chamados gang vocals.

Formado em 2007 na capital finlandesa Helsinque, o Santa Cruz tem uma discografia de três álbuns: o debut Screaming for Adrenaline (2013), o homônimo (2015) e o poderoso Bad Blood Rising (2017), disco este que cravou a banda de vez no alto escalão do hard rock/glam/sleeze mundial.

SERVIÇO

Santa Cruz (Finlândia) pela 1ª vez em São Paulo
Evento
Data: 10 de agosto de 2019 (sábado)
Horário: a partir das 18 horas (abertura da casa)
Local: Manifesto Bar (rua Iguatemi, 39 – Itaim Bibi, SP/SP)
Classificação etária: 18 anos (Menores de 18 anos apenas acompanhados por responsável legal)
Venda online
1º Lote – R$ 100,00 Reais (Ingresso promocional com 1kg de alimento não perecível)
2º Lote – R$ 110,00 Reais (Ingresso promocional com 1kg de alimento não perecível)

1º Lote – R$ 200 Reais (Ingresso Inteira)
2º Lote – R$ 220 Reais (Ingresso Inteira)

*Os ingressos são limitados
[INGRESSO MEIA-ENTRADA – QUEM TEM DIREITO?]
Válido para estudantes, doadores de sangue, acompanhantes de cadeirantes, funcionários da rede pública, maiores de 60 anos.
[INGRESSO PROMOCIONAL – QUEM TEM DIREITO?]
Qualquer pessoa mediante a doação de 1kg de alimento não-perecível na entrada do evento.


Lyria: banda lança série de vídeos acústicos

Quatro músicas do Lyria ganharam versões acústicas, e estão disponíveis no canal oficial da banda no YouTube. As canções foram gravadas no estúdio particular do grupo carioca, durante show transmitido online para o mundo inteiro. Fazem parte da série de vídeos as músicas “Light and Darkness”, “Last Forever”, “Let Me Be Me” e “Jester”, o último sendo o primeiro hit do Lyria a alcançar o público nacional e internacional. Pioneiros na modalidade de transmissão de show online, o Lyria criou um estúdio próprio para ensaios e streamings. O projeto de apresentações ao vivo com transmissão já dura mais de quatro anos, e a cada edição aumentam o número de fãs que comparecem ao evento. Durante a exibição acontecem conversas entre banda e público, tornando a relação entre eles mais próxima.

Criada em 2012 por Aline Happ (voz), a banda de metal carioca é uma das mais conhecidas do país, chegando a contar com 85 mil curtidas no Facebook e ainda, na mesma rede social, o clipe de “Jester”, conta com quase três milhões de visualizações. O clipe mais recente, “Let Me Be Me”, já supera as 215 mil visualizações no canal oficial da banda, no YouTube. O segundo álbum, “Immersion”, contou com um financiamento coletivo para ser produzido, arrecadando mais de 13 mil dólares (cerca de 48 mil reais). Feitos extraordinários para uma banda independente de metal brasileira. Além de Aline, o Lyria conta com Rod Wolf (guitarra), Thiago Zig (baixo) e Thiago Mateu (bateria). Com refrãos marcantes, arranjos bem trabalhados e temas de superação, o Lyria reúne fãs de todos os cantos do globo, principalmente na Europa, Estados Unidos e Brasil.

Para assistir ao show completo, basta garantir o ingresso em  (Brasil) ou  (todos os países)

Em sua segunda edição, Lyria Fest emocionou bandas e fãs. Um forte clima de sintonia entre as bandas e o bom e velho rock and roll no palco. Assim foi o Lyria Fest II, que aconteceu no dia 29 de junho, na Arena Jovelina Pérola Negra, em Pavuna, no Rio. Liderado pela banda Lyria, o festival convidou as bandas D.W.O, ManUNkinD e Facing Fear para uma noite que contou com um público ativo, feliz e que interagia com todas as bandas, do início ao fim de cada apresentação. Desde 2012 na estrada, foi baseado nas próprias experiências que o Lyria percebeu que muita gente não sabe o que é metal, muitas vezes associando o gênero ao barulho, ou algo negativo. Uma das metas do grupo carioca sempre foi levar o rock e o metal para o maior número de pessoas, na busca de desmitificar o gênero e fazer com que o metal se torne cada vez mais popular.

“Criar um festival nos pareceu uma maneira excelente para dar ainda mais forma a este sonho. Ao mesmo tempo em que você abre espaço para diferentes bandas, você entrega ao público uma grande variedade musical. Assim surgiu o Lyria Fest, reunindo bandas de qualidade por um preço acessível”, conta Aline Happ, vocalista do Lyria e uma das principais responsáveis pelo evento.

A região escolhida, Pavuna, e o local, a Arena Jovelina Pérola Negra, não poderiam ser mais certos para atingir o objetivo de popularização do gênero. Com excelente infra-estrutura para as bandas e para o público – uma das maiores preocupações do Lyria – a região também carece de eventos deste estilo, tornando o Lyria Fest uma novidade para os frequentadores. “Foi emocionante participar do evento, é gostoso se deparar com uma grande produção, equipamentos de qualidade e um mega palco. Fora que dividir o palco com grandes bandas no cenário do rock brasileiro é um privilégio. Nos sentimos em casa desde quando chegamos à Arena.”, elogia Dany D.W.O, vocalista da banda D.W.O, que abriu as apresentações do Lyria Fest.

Outro ponto importante do Lyria Fest é a opção por não definir um único estilo entre as bandas participantes. Aline Happ explica que a ideia é fomentar uma nova cena do rock e do metal, e para isso diferentes vertentes podem e devem coexistir. “Desta forma, o público pode expandir ainda mais sua visão e conhecer diferentes artistas”, explica. Sem divisões tolas, o Lyria Fest fez questão de abrir uma seleção de bandas para todo o país. Entre as selecionadas, estava a ManUNkinD, formada em 2018. “Recebemos com muita alegria e surpresa o convite para o evento. Para a ManUNkinD é uma honra enorme. Queremos deixar registrado que a receptividade da Lyria e a estrutura oferecida foram excelentes, parecia que o Lyria, Facing Fear, ManUNkinD e DWO eram amigos de longa data.”, ressalta Renato Croce, baixista da ManUNkinD.

Quem também teceu elogios à organização e à iniciativa foi Raphael Dantas, guitarrista da Facing Fear: “Em meio a toda estrutura e organização fornecida pela produção, não há como contestar o quanto é importante essa iniciativa do Lyria Fest. O Facing Fear será eternamente grato pelo convite. Nos deu a chance de concretizarmos grande parte do nosso espetáculo, que estávamos elaborando por meses. E espero que tenha sempre esse festival, para dar oportunidade às bandas novas de qualidade a trabalharem com profissionais.”.

Crescendo a cada edição, desta vez o Lyria Fest contou com patrocinadores e apoiadores, que mostram que o mercado está receptivo a apoiar iniciativas deste porte. “Após duas edições muito bem sucedidas, a sensação que fica é de dever cumprido e a ideia é expandir cada vez mais o festival. Inclusive, temos recebido propostas para levar o Lyria Fest a outras regiões. Então, é com bastante felicidade e orgulho que podemos dizer que uma terceira edição já está prevista.”, finaliza Aline Happ.

Assista “Jester

Assista “Let Me Be Me

Assista “Last Forever

Assista “Light and Darkness


ANGUERE: Oficializamos Novo Integrante

Esse ano de 2019 a banda ANGUERE vem se reestruturando internamente! Em Julho fizemos um pronunciamento que foi difícil fazer, a saída do nosso baterista ADRIANO R. PRADO, que foi um dos fundadores da banda e que se muito dedicou ao longo dos 10 anos de caminhada que a banda tem! Nós só temos a agradecer ao ADRIANO e desejamos sucesso em sua nova caminha! Para suprir essa falta enorme, foi feito alguns testes com vários bateristas de vários seguimentos de som, foi uma tarefa difícil, pois muitos já tinham ou tocavam em enumeras bandas. Nesses testes surgiu o PEDRO AMARO GIACHETTI que acompanhava o ANGUERE em alguns shows e também pelas redes sociais e a sintonia foi perfeita, então fizemos o convite e ele aceitou a assumir essa missão junto a banda.

Pedro Amaro Giachetti tem 34 anos, baterista há 27 anos e profissional a 22! Ele já fez parte de bandas como Coaggula, Battra, BlackBird e Matmura! Workshop e palestras de bateria ele tem apoio do GramaRecords e FireornageStudios. Além de Fã e acompanhar o trabalho da banda, a sonoridade com milhões de possibilidade de trabalho, abertura para criatividade e a somatória das influencias, amizade e profissionalismo, foi que deixou Pedro Amaro Giachetti motivado a assumir o posto de baterista.

Bom, OFICIALIZAMOS que o Pedro Amaro Giachetti é novo BATERISTA do ANGUERE e desejamos a ele muita força e comprometimento com a banda por que vem muito trabalho por ai!

ANGUERE é: Thiago Soares – Vocal; Cleber Roccon – Guitarra; Pedro Amaro Giachetti – Baterista

ANGUERE:
Site
BandCamp
Twitter
Soundcloud
FaceBook


Brasiliense AJ lança álbum AJ Guitar que mistura blues, jazz, soul e muito rock ‘n roll

Nascido e criado em Brasília, AJ inciou sua jornada na guitarra quando era adolescente inspirado pelos mestres Jimi Hendrix, Clapton, Steve Ray e Mark Knopfler. Já adulto, após uma temporada de 3 meses tocando em pubs renomados de Londres, como o Ain’t Nothing e o Blues Kitchen, iniciou a construção do seu trabalho autoral, que mescla a influência do blues e do rock clássico.

Baseado em um estilo próprio de tocar guitarra, o álbum conta com músicas em português e em inglês, e deixa bastante nítida a influência dos seus mestres. “Nasceu o meu primeiro filho! Nem acredito que eu consegui realizar esse objetivo tão pessoal, tão impossível de abandonar. É a materialização de algo que eu carrego desde criança. Agradeço à Deus, aos meus pais e irmãs, amigos e todos que me incentivam na música. – comemorou AJ nas redes sociais

O álbum AJ Guitar está disponível nas principais plataformas de streaming e traz uma sonoridade contagiante com a união de riffs e solos intensos com uma pegada blues, jazz, soul e muito rock n’ roll. AJ possui também dois clipes lançados das faixas “Só me encontro” e “Em busca de sonhos” e podem ser conferidos nos links abaixo:

Só me encontro
Em busca de sonhos

Escute agora AJ Guitar

Link

Ficha Técnica

Produzido por AJ e James Kirsch; Guitarras e Baixo por AJ; Baterista convidado Dino Verdade; Tecladista convidado Bruno Wambir – nas faixas “Em busca de sonhos” e “Tudo a perder”; Mixado e masterizado por James Kirsch no estúdio @chasethedayofficial em Londres

Links AJ

Instagram 
Facebook
Youtube
Spotify


wrinkled paper background texture

BESVÄRJELSEN Frost EP Out August 9th on Blues Funeral Recordings

BESVÄRJELSEN – Swedish for “conjuring” – was formed in 2014. Though clearly rooted in the realms of doom, within their engulfing sound lies traces of progressive metal, punk, folk, and classic rock all carefully weaved together resulting in a sound that is at once crushingly heavy and alluringly sophisticated. They released their debut EP Villfarelser in 2015, quickly followed by the Exil EP (2016) which also celebrates the addition of drummer Erik Bäckwall (former Dozer, Greenleaf) to the lineup. In 2018, the quintet release their first full-length Vallmo (Swedish for “poppy”), offering seamlessly wandering from crushing doom riffs to catchy vocals and melodies, deep lyrical content and storming drum work, all topped by stunning guitar solos and, for the first time since the band’s formation, songs in English as well as their native Swedish. A couple of months before the release, the band welcomed bass player Johan Rockner (former Dozer, Greenleaf) to the fold.

BESVÄRJELSEN return in 2019 with their new EP, an almost full length format that raises the band’s standards even higher. On Frost, the feel of being isolated in a cold wilderness in the grip of higher forces is palpable all throughout the five tracks, with outstanding songwriting from guitarist/vocalists Andreas Baier and Staffan Stensland Vinrot and the forceful rhythm section of Johan Rockner and Erik Bäckwall (both formerly of Dozer). Frost was recorded in the dead of winter, in a cabin in the woods of Dalarna county in Sweden, and mastered by Karl Daniel Lidén.

It will be available on August 9th worldwide through Blues Funeral Recordings after being first included as part of the exclusive PostWax series. PostWax is a groundbreaking subscription-style series of exclusive records for diehard fans of stoner, doom, heavy, psych rock, launched by Blues Funeral Recordings.

BESVÄRJELSEN is Andreas Baier – Guitar, vocals; Staffan Stensland Vinrot – Guitar, vocals; Johan Rockner – Bass, vocals; Lea Amling Alazam – Vocals; Erik Bäckwall – Drums

TRACK LISTING:
1. When We Fall
2. All Things Break
3. In The Dark
4. Human Habits
5. Past In Haze

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.