R.I.V.: libera música e conceito de “War Flames” no YouTube

O grupo mineiro R.I.V. começou sua história em 1989 e logo de cara se destacou na cena mineira, por ser um dos primeiros grupos a mesclar Hardcore com Thrash Metal em seu estado. Participando ativamente daquela época nostálgica, onde se apresentou ao lado de nomes como Sepultura, Sarcófago e Korzus, o grupo abruptamente encerrou suas atividades por motivos individuais e alheios aos interesses da banda como conjunto.

Após longo hiato, em 2015 o R.I.V. retoma sua carreira, com uma nova estrutura e membros remanescentes e novos integrantes. Após lançar seu primeiro EP Welcome to Progcore com gravações da época primordial do grupo, os músicos Helbert Sá (vocal/guitarra), Ricardo Parreiras (bateria) e Ana Lima (baixo) adentram em estúdio no ano de 2017 e dão início as gravações do primeiro full oficial da carreira.

Lançado originalmente em 2018, Progcore está disponível em versão física e digital, o registro possuí 12 faixas, que mesclam músicas da fase anos 80 do R.I.V. e novas composições, sendo que todas foram devidamente regravadas e produzidas nos tempos atuais pelo vocalista e guitarrista da banda, Helbert de Sá.

Em busca de uma nova abordagem para as faixas presentes em Progcore, o R.I.V. dá início a uma repaginada em seu canal oficial do YouTube, pouco explorado pela banda, visando apresentar e disponibilizar todas as faixas do novo álbum com o conceito lírico e datando a época que a música foi criada. Com isso, acaba de ser liberado a faixa de abertura “War Flames” para audição completa no YouTube do R.I.V.

“War Flames” foi composta e gravada em 1989, originalmente a faixa se chamava “War Plagues”, devidamente reformulada, a atual formação do R.I.V. faz uma dura crítica e análise sobre as atuais guerras que acabam com sociedades inteiras e fomenta os grandes executivos de armamentos bélicos que se tornam cada vez mais poderosos com as matanças infindáveis das guerras.

Tracklist oficial de R.I.V. – Prog-core:
01. War Flames
02. Headache
03. No… P.A.S.
04. Rainbow Warrior’s Mayday
05. Progressive Core
06. Testicle Man
07. Caligula 2332 D.C.
08. Freaks In Action
09. Animal
10. Delicious Nham! Nham!
11. Ashes
12. Spiral

R.I.V. É FORMADO POR: Helbert Sá – vocais, guitarras; Ana Lima – contrabaixo; Ricardo Parreiras– bateria

MAIS INFORMAÇÕES:

Facebook

Roadie Metal Press


Krucipha: lança novo clipe com produção caseira e no faça você mesmo

O novo clipe do Krucipha está disponível para visualização completa no canal oficial da banda no YouTube. A faixa escolhida foi “Victimia” que está presente no último trabalho lançado do grupo em 2017 “Inhuman Nature”.

O registro foi todo gravado, dirigido e elaborado pelos próprios músicos da banda, utilizando de celulares, o Krucipha é mais uma banda que “faz por si mesmo” e dessa forma evita custos astronômicos em megaproduções, provando que é sim possível uma banda lançar um trabalho de qualidade e profissional com recursos próprios.

O álbum Inhuman Nature encontra-se disponível para audição em todas as plataformas de Streaming, basta buscar pelo Spotify, Deezer, ITunes, Tidal, Napster, Google Play, Amazon, que facilmente irá encontrar um dos melhores registros lançados em 2017 no metal brasileiro.

Formação: Fabiano Guolo – voz e guitarra; Luis Ferraz – guitarra solo e voz; Khaoe Rocha – baixo e voz; Felipe Nester – bateria; Nicholas Pedroso – percussão

Mais informações:

Facebook

Roadie Metal Press


Overhead convida amigos e fãs para o show de lançamento oficial do álbum “Na Madrugada, De Bar em Bar” dia 29 de setembro em Bauru/SP

Em contagem regressiva, o Overhead anuncia oficialmente o show e data de lançamento do segundo álbum da carreira “Na Madrugada, De Bar em Bar. O evento será realizado na terra natal da banda, Bauru, onde carinhosamente iniciou essa linda história dedicada ao Rock nacional.

Em um momento único da carreira, o Overhead vem celebrando a boa fase após liberar em seu canal no YouTube o primeiro single oficial do novo disco, e pouco mais de uma semana de seu lançamento já ter obtido mais de 45 mil views na faixa “Entre Espelhos” e inúmeras aparições em rádio espalhadas pelo país.

O show que oficializa o lançamento do álbum Na Madrugada, De Bar em Bar terá a participação da banda Baranga e um valor simbólico como entrada. O público que comparecer no “Evil Machine” deverá doar um litro de leite, ou pagar o valor de R$5,00 pela entrada do evento. O início está marcado para as 16h00 e várias atrações e entretenimentos estão sendo preparados para atrair e divertir quem estiver presente dia 29 de setembro.

O álbum Na Madrugada, De Bar em Bar estará sendo liberado em formato físico e digital, sendo possível que os fãs adquiram em primeira mão, uma cópia já dia 29, além claro, de conferir as faixas em um show eletrizante e ao vivo que será comandado pelos músicos do Overhead.

Serviço:

Evento: Evil Machine 11 anos

Atrações: Overhead – Baranga

Local: R: Saint Martin, 18-50, Centro, Bauru/SP

Horário: 16h00

Data: 29 de setembro de 2018

Custo: 1 litro de leite ou R$5,00


Uncrowned: banda disponibiliza EP “Hope” no Spotify

O Uncrowned está muito próximo de lançar seu primeiro álbum Visceral Chakra, o registro já está todo gravado e o grupo informa que está apenas finalizando alguns termos burocráticos para o lançamento físico com um selo de renome e significância do Brasil.

Enquanto esse processo está sendo resolvido, o Uncrowned disponibiliza aos fãs, uma compilação com três das nove faixas que estarão presentes em “Visceral Chakra” nas principais plataformas de Streaming.

Intitulado de Hope o EP conta com as faixas “Whispers of Death”, “Pray of Plagues” e a que concede nome ao registro Hope. Liberado de forma gratuita, o registro é a primeira demonstração oficial compactada do grupo, daquilo que será o aguardado álbum de um dos mais promissores nomes do Black/Death Metal carioca. Confira o EP Hope nos links abaixo:

Spotify

Em breve o Uncrowned estará divulgando as outras plataformas de streaming que está disponível o EP “Hope” e também irá informar a data oficial do álbum “Visceral Chakra”, que primeiramente será lançado em formato físico com distribuição em todo o país.

Tracklist:

01 – Hope

02 – Whispers of Death

03 – Pray of Plagues

Formação: Flávio Gonçalves – Vocal; Oscar Silva – Guitarra/Vocal; Alexandre Carreiro – Guitarra

Mais informações:

Facebook

Roadie Metal Press


Navighator: entenda como Nathalie Magíesi ajudou e acabou gravando com a banda

Em reta final de produção do primeiro álbum, o Navighator apresenta ao público uma importante musicista brasileira, formada em música pela universidade metropolitana de Santos, e em canto popular pela Escola de Música e Tecnologia (EM&T) de São Paulo, Nathalie Magiési que é a responsável direta pela composição e gravação de uma das faixas que estará presente no disco de estreia do super projeto brasileiro.

O mais interessante dessa junção se deve ao fato que a música que Nathalie canta, é uma composição pessoal da cantora, que a escreveu na infância em homenagem a sua mãe que havia falecido. Após várias conversas, Marcos acabou por fim convidando Nathalie a ingressar nesse navio e gravar sua própria faixa com uma nova concepção dos arranjos, que se adequando a atmosfera do álbum Navighator.

A vocalista e musicista Nathalie Magiési conta como foi esse processo e sua participação em uma das músicas que estará no álbum do Navighator: “Quando conheci o Marcos Medina, ele já tinha algumas músicas compostas. E me lembro de ter recebido ele no meu estúdio para tirar algumas dúvidas sobre voz e ter minha opinião sobre alguns vocalistas. Nessa época ele estava focado na composição das vozes para o álbum e nós conversamos muito sobre os vocalistas que ele tinha em mente, alguns funcionaram bem nas músicas, outros não, então ele adaptou algumas melodias para a voz de cada um deles. Com o passar do tempo, nossa amizade aumentou, e resolvi mostrar para ele uma música que havia escrito anos antes de nos conhecermos. Ele gostou do tema e me convidou para participar do álbum cantando minha música, claro que aceitei! Um novo arranjo foi feito e a letra original foi alterada, fazendo com que a música se encaixasse dentro da temática e sonoridade que o Marcos queria. Depois de pronta minha primeira impressão foi de que aquela não era mais minha música, ela estava totalmente diferente, a produção ficou refinada, diferente de tudo que eu poderia esperar. Gostei! Acredito que o público terá a mesma sensação ao ouvir a música, é algo que você realmente não espera em um álbum de Heavy Metal”.

Marcos Medina explica o porquê de ter escolhido essa música e como foi feito o convite para que Nathalie gravasse sua própria canção em um álbum da Navighator: “Conheci a Nathalie durante o período em que eu estava “caçando vocalistas”. Como ela é uma professora de canto conhecida na cidade, achei válido conversar com ela, especialmente por ela gostar de Heavy Metal! Durante uma de nossas conversas ela me mostrou uma música de autoria própria, era uma música que ela escreveu durante sua infância, após o falecimento de sua mãe. E aquela era uma letra muito simples, mas ao mesmo tempo tão complexa, havia muito sentimento ali. Então decidi convidar ela para fazer a gravação dessa música e inclui-la no álbum Navighator. Pedi para Matheus Miniguini me ajudar com a correção e melhoria da letra que ela escreveu, e depois de uma tarde de trabalho isso estava feito, juntamos nossas ideias e a mágica aconteceu. A produção dessa música ocorreu de forma peculiar, trazendo uma atmosfera diferente das demais músicas e ao mesmo tempo se encaixando tão perfeitamente na temática do álbum”.

O álbum de estreia da Navighator está todo gravado, inúmeros artistas de distintas regiões do mundo, contribuíram com suas partes nesse que tem tudo para ser um dos maiores projetos de Heavy Metal, Orquestra, Lendas Piratas e participações especiais. Agora o Navigathor é formado por:  Matheus Miniguini: Vocal; Katherine Macedo: Vocal; Marcos Medina: Teclado; Tiago Schian: Guitarra; Yamazaki Kenji: Baixo;  Vincenzo Nuciteli: Bateria

Mais informações:
Facebook
Roadie Metal Press


Evento “Zona Libre” reúne 06 bandas em Goiânia dia 03 de novembro

Dia 03 de novembro a cidade de Goiânia terá uma reunião de 06 grandes bandas locais se apresentando no “A Toca Coletivo”. O evento “Zona Libre” chega a sua segunda edição e tem como atrações as bandas Krakkenspit, Old Place, SC16, The Innerface, Dyatryb e Cowboys From Hill.

A Toca Coletivo é um atraente local que reúne fãs de música underground e concede espaço para que novos produtores, criem seus eventos e atrai seu público alvo. Essa é uma oportunidade para quem aprecia e apoia o Metal Nacional, confira de perto as excelentes atrações escolhidas para o dia 03 de novembro.

O segundo “Zona Libre” terá início a partir das 18h00 e os ingressos estão sendo vendidos por apenas R$10,00. O produtor Lyncoln Seabra e todas as bandas participantes, possuem ingressos para vendas e interessados é só entrar em contato através das páginas e perfis no Facebook.

Serviço:

Evento: Zona Libre

Atrações: SC16 – Krakkenspit – Old Place – The Innerface – Dyatryb – Cowboys From Hill

Data: 03 de novembro de 2018

Local: A Toca Coletivo

Endereço: AV: C 104 – QD 222 – LT 08 – JD América – Goiânia/GO

Custo: R$10,00

Início: 18h00

Mais informações


Faces of Death: novo álbum a caminho e show de lançamento será dia 11 de outubro

Nome forte e importante do cenário Thrash/Death brasileiro, o Faces of Death, se apresenta dia 11 de outubro na cidade de Pindamonhangaba, justamente um dia após o lançamento oficial do seu primeiro full na carreira, o aguardo álbum de estúdio From Hell.

A banda confirma que esse show será especial e trará em sua maioria, as novas músicas que a banda preparou para esse aguardado novo álbum. O evento ainda terá as bandas Zumbis do Espaço, Carbona e TxDxRx, se apresentando em uma noite que promete ser épica na cidade.

O Faces of Death estará disponibilizando aos fãs que comparecerem dia 11 de outubro no PINDABAR o novo CD From Hell em material físico e as camisetas oficiais do grupo que estão sendo confeccionadas especialmente para o show de lançamento do novo disco. Recentemente foi liberado no canal oficial da banda, o primeiro single, e faixa que abre o disco, “Priest From Hell”.

Vale lembrar que dia 11 de outubro é véspera de feriado em Pindamonhangaba, com isso, o evento terá início as 20h00 e o primeiro lote está se esgotando. Os custos até dia 26 de setembro são de R$20,00, após isso será R$25,00 antecipado e R$30,00 na portaria.

Serviço:

Evento: Zumbis do Espaço + Carbona

Atrações: Faces of Death – Zumbis do Espaço – Carbona – Tripa de Rato

Data: 11 de outubro de 2018

Local: PindaBar

Endereço: R: São João Bosco, 172, Alto do Tabaú, Pindamonhangaba/SP

Horário: 20h00

Maiores informações


Corram Para as Colinas, War Industries/SP e outras duas bandas se apresentam gratuitamente dia 30 de setembro em Curitiba/PR

Quatro excelentes bandas se apresentam gratuitamente dia 30 de setembro na cidade de Curitiba/PR. Pela primeira vez na cidade, o grupo War Industries de São Paulo, leva seu tour “Hot Outta The’ Barrel” para o público e de quebra, inclui três bandas da capital paranaense no cast oficial do evento.

Uma das atrações curitibanas confirmadas, é o Power-trio, Corram Para as Colinas que terá nesse evento, a oportunidade de apresentar aos fãs, as músicas de seu primeiro registro Desalmado (do Boquera ao Largo) e algumas das novas faixas que estão sendo trabalhadas para o novo disco de estúdio com previsão de lançamento para o início de 2019.

Além de conferir o Corram Para as Colinas e o War Industries, o público presente também irá conferir os energéticos shows das bandas Pantanum e Carmenrubia. O evento será realizado no “Route 116 Moto Bar”, com início as 16h00 do dia 30 de setembro (domingo).

Serviço:

Evento: Hot Outta The’ Barrel Tour

Atrações: War Industries – Corram Para as Colinas – Pantanum – Carmenrubia

Data: 30 de setembro de 2018

Horário: 16h00

Local: Route 116 Moto Bar

Endereço: Rodovia BR 116 – 15195 – Xaxim – Curitiba/PR

Entrada: Gratuita

Mais informações


Diferentes paisagens sonoras marcam o disco de estreia da Moreati

O power trio capixaba Moreati lançou nos streamings o disco de estreia Algum Lugar. Com oito faixas e produzido de forma independente pelos músicos, as canções falam de sentimentos como raiva, decepção, amor e paixão. Influenciados por bandas como Os Mutantes, Ventre, Novos Baianos e Boogarins, tal como eles a Moreati usa a música para fazer críticas à sociedade nas músicas “Desde Moleque”, “Cidadão de Bem” e “Moldado”.

O rock alternativo do trio vai da calmaria à explosão de energia em músicas que levam o ouvinte a viajar. Seja onde você estiver no início do álbum, já não será a mesma pessoa a terminar de ouvi-lo.

Todos os lugares, menos aquele em que você começou. Há experiências sonoras que te transportam para diversas paisagens. Assim é o disco Algum Lugar, trabalho de estreia da Moreati. O power trio capixaba chega na cena independente mostrando que viver de música, poesia e sonhos é possível, sim. O álbum já se encontra disponível nas principais plataformas de streaming.

“O desenvolver do disco se deu de maneira muito natural e completamente diferente do que esperávamos. Nós três, passageiros de primeira viagem, adentramos no universo da criação sem um norte definido, o som foi levando a gente para onde parecia certo”, explica Vitor Locatelli, guitarrista e vocalista.

O que parecia, se tornou certo. O lançamento do disco é a primeira grande conquista de uma trajetória que teve início em 2016. De lá pra cá, eles já tocaram com bandas da cena independente como My Magical Glowing Lens, The Baggios, Deb and the Mentals, André Prando, e etc. E também acabaram de lançar o clipe para o single que nomeia o disco, “Algum Lugar”, dirigido por Luiza Grillo.

O disco de estreia representa a primeira experiência da banda com a exposição. Sentimentos de raiva, decepção, revolta, amor e paixão se tornam públicos nas oito faixas do disco. Cada uma das músicas mostram a Moreati de várias perspectivas, passeando pelas influências que passam por Os Mutantes, Ventre, Novos Baianos e Boogarins, entre outros. Dessas bandas, a Moreati herdou a capacidade de transformar em música as críticas à sociedade, como em “Desde Moleque”, “Cidadão de Bem” e “Moldado”.

“A contestação dos moldes que o mundo tenta amarrar a gente sempre fez parte do nosso dia a dia, e do nosso jeito de ser. A teimosia e a vontade de fazer são um ponto forte em comum de nós três, é talvez o que mais faz a Moreati funcionar. Em relação a essa vontade de mostrar as coisas de outra forma, explicar que nem tudo precisa ser só de um jeito, surgiram letras e melodias de questionamento, de desabafo e de certa revolta”, conta Vitor.

Entre as faixas do álbum também estão “Cortejo” e “Dança”, canções já conhecidas do público e apresentadas ao vivo em sessions e programas web. “A Moreati sempre foi feeling e mistura, trabalho e emoção. Esta é a realização de um sonho para nós três, algo que há dois anos não era nem plano”, finaliza Vitor. Com capa idealizada por Jéssica Lobo, o disco “Algum Lugar” conta com a produção da Moreati, e a gravação, mixagem e masterização de Gil Mello.

Ouça Algum Lugar

Assista o clipe “Algum Lugar


H2o retorna ao Brasil com turnê comemorativa de álbum clássico

‘Still Here’, ‘What Happened?’, ‘1995’, ‘Unconditional’ são apenas algumas das 10 faixas do álbum Nothing to Prove, lançado pelo H20 em 2008, e que são essenciais em todos os muitos shows que esta banda nova-iorquina de hardcore promove pelo mundo. Alçado a ‘disco clássico’ da banda e do gênero, os 10 anos de lançamento de Nothing to Prove serão comemorados no Brasil em uma turnê especial, que passa por quatro capitais a partir do dia 27 de setembro. A tour é uma realização da Powerline.

O giro começa sábado, 22, na Colômbia, e ainda passa pela Argentina e Chile antes de desembarcar no Brasil para quatro shows – Rio de Janeiro (27/9), Curitiba (28/9), São Paulo (29/9) e Porto Alegre (30/9). Destaque para a apresentação na capital paulista, marcada no Fabrique Club, que terá como convidadas as nacionais Questions, uma verdadeira instituição do hardcore brasileiro com quase 20 anos de intensas atividades, e da novata Instável.

Toby Morse, o carismático vocalista do H20, que antes de formar a banda foi roadie do Sick of it All, virá acompanhado do irmão Todd Morse, também guitarrista do Offspring e que compôs, gravou e tocou junto à atriz Juliette Lewis na banda Juliette and the Licks, mais Adam Blake (ex-Shelter, baixo), Todd Friend (bateria) e Rusty Pistachio (guitarra, vocais).

Nothing to Prove, que será executado na íntegra nestes shows, teve a proeza de agradar desde fãs de Minor Threat, Agnostic Front, Madball até os ligados ao hardcore melódico, com Ignite e Millencolin. Foi produzido por Chad Gilbert (guitarrista/vocalista fundador do New Found Glory) e ganhou notoriedade pelo conjunto de canções melódicas, com refrões altamente viciantes e letras que exaltam um estilo de vida por meio conceito PMA (Positive mental attitude, algo como Pensamento Positivo), além de críticas sociais.

Confira o videoclipe da música “What Happened?“, com participação de lendas do hardcore, como Lou Koller (Sick of it All) e Matt Skiba (Alkaline Trio)

Além disso, praticamente toda a discografia do H20 está disponível no Spotify:

H2o dia 27 de setembro no Rio de Janeiro (RJ)
Evento: https://www.facebook.com/events/1753683981333904
Data: 27 de setembro de 2018
Horário: a partir das 18 horas
Local: Teatro Odisseia
Endereço: avenida Mem de Sá, 66
Ingresso: R$ 100 (meia entrada e promocional, 2º lote); R$ 160 (inteira)
https://pixelticket.com.br/eventos/1950/h2o-no-rio-de-janeiro
Censura: 18 anos

H2o dia 28 de setembro em Curitiba (PR)
Evento: https://www.facebook.com/events/294940394366999
Data: 28 de setembro de 2018
Horário: a partir das 20h30
Local: Basement Cultural
Endereço: Rua Desembargador Benvindo Valente, 260, 80520-020, São Francisco
Ingresso: R$ 80 (2º lote – meia), R$ 160 (2º lote – inteira)
https://pixelticket.com.br/eventos/1948/h2o-em-curitiba
Censura: 16 anos

H2o dia 29 de setembro em São Paulo (SP)
Evento: https://www.facebook.com/events/182011915910056
Bandas de abertura: Questions e Instável
Data: 29 de setembro de 2018
Horário: a partir das 18 horas
Local: Fabrique Club
Endereço: rua Barra Funda, 1071
Ingresso: R$ 110 (pista/meia entrada, 2º lote), R$ 110 (pista/promocional – doe 1 quilo de alimento não perecível); R$ 220 (inteira)
www.clubedoingresso.com/h2o-sp
Censura: 16 anos

H2o dia 30 de setembro em Porto Alegre (RS)
Evento: https://www.facebook.com/events/417450938707531
Data: 30 de setembro de 2018
Horário: a partir das 18 horas
Local: Bar Preto Zé
Endereço: rua João Alfredo, 486, Cidade Baixa
Ingresso: R$ 75 (meia entrada, 1º lote), R$ 85 (promocional, 1º lote)
https://pixelticket.com.br/eventos/1949/h2o-em-porto-alegre
Censura: 16 anos


TENTE ENXERGAR: NOVO ÁLBUM DA ULTRAMEN CHEGA ÀS LOJAS EM LP ULTRAMEN

Tente Enxergar, o quinto álbum de estúdio da banda gaúcha Ultramen, lançado pela Hearts Bleed Blue (HBB) em CD e K7, chega às lojas nesta semana também em LP. O disco marca a volta do grupo aos estúdios após doze anos da estreia de Capa Preta (2006).

Com influências que passam pelo rock, reggae, funk e hip hop, “Tente Enxergar” conta com a produção musical de Glauco Minossi e, segundo o tecladista Leonardo Boff, mistura todas as referências “como já é de costume dentro das receitas da banda”. O álbum conta ainda com as participações especiais dos músicos Chico Paixão, Júlio Porto, Daniel Mossmann, Kenedi Arruda, Nê Kisiolar, Roze Rodriguez, Carla Zkammp e Negra Jaque.

A UIltramen atualmente é formada por Tonho Crocco, Leonardo Boff, Zé Darcy, Pedro Porto, Dj Anderson e Malásia.

Ouça Tente Enxergar nas principais plataformas digitais

Assista ao videoclipe de “Tive Tudo

Garanta a sua cópia em CD, LP ou K7


Psychotic Eyes interpreta Chico Buarque pela perspectiva do metal da morte

“The Girl”, versão de “Geni e o Zepelim”, presente no segundo álbum do grupo, é relançada com a letra original de Chico Buarque. “Joga pedra na Geni. Joga bosta na Geni. Ela é feita para apanhar, ela é boa de cuspir. Ela dá pra qualquer um, maldita Geni”. A letra de “Geni e o Zepelim”, de Chico Buarque, tem algo de death metal. Talvez muito mais do que qualquer letra sobre corpos humanos em putrefação ou sobre um culto de adoração a satã. O Psychotic Eyes percebeu isso lá em 2011, na ocasião do lançamento de seu segundo álbum, I Only Smile Behind The Mask. No tracklist do disco havia “The Girl”, uma versão death metal para a citada música de Chico Buarque, porém com letra diferente, em inglês.

Mas durante as sessões de gravação do álbum, o grupo, hoje capitaneado pelo vocalista/guitarrista Dimitri Brandi e pelo baixista Douglas Gatuso, também registrou uma segunda versão, com a letra original, em português. Guardada a sete chaves durante sete anos, essa versão está agora disponível nas plataformas digitais e foi lançada como faixa bônus de I Only Smile Behind The Mask.

Para ouvir, acesse:
Spotify
Deezer
Google Play

Escrita por Chico Buarque em 1978 para o musical Ópera do Malandro, Geni, no musical, é Genivaldo, um travesti hostilizado pela sociedade de sua época. Embora a letra não faça menção a orientação sexual do personagem, podendo, Geni, representar uma mulher. De claro e forte cunho crítico-social, “Geni e o Zepelim” é um manifesto político em favor das minorias, não só em defesa da diversidade sexual ou de enxovalhamento ao pensamento patriarcal, mas é um lançar de luz sob as angustias daqueles que vivem sob a escuridão social: deficientes, pessoas da terceira idade, imigrantes, presidiários, etc. Portanto, uma letra absolutamente relevante para a contemporaneidade política do país.

Entre outras novidades, “Olhos Vermelhos”, o disco acústico de death metal do Psychotic Eyes, está em fase final de masterização. Gravado no estúdio HBC Records em Guarulhos/SP sob produção de Humberto Belozupko, o trabalho reunirá duas faixas inéditas, “Memento Mori” e “Olhos Vermelhos” – baseado num poema de Luiz Carlos Barata Cichetto – além de novos arranjos para “The Hand of Fate” – música presente no álbum de estreia – além de “Life” e “Dying Grief”, ambas de I Only Smile Behind The Mask (2011).

Mais Informações:

www.psychoticeyes.com
www.twitter.com/psychoticeyes
www.facebook.com/psychoticeyes
www.youtube.com/psychoticeyesbrazil

Gestão de Carreira e Press Release:

Eliton Tomasi – SOM DO DARMA
eliton@somdodarma.com.br
www.somdodarma.com.br
(15) 99134-3443

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.