Direto do Forno: Europe – Bag of Bones [2012]

19 de julho, 2012 | por Mairon
Direto do Forno
5

Por Mairon Machado
O novo álbum do grupo sueco Europe, Bag of Bones, chegou às lojas do exterior no último mês de abril e está sendo lançado aqui no Brasil pela Hellion Records. Continua aqui uma sequência de ótimos lançamentos desde o retorno daqueles que gravaram a clássica “The Final Countdown” lá nos anos 80, mas que mudaram as caras para uma fase muito mais setentista apartir de Start from the Dark (2004).
Joey Tempest (vocais), John Norum (guitarras), John Léven (baixo), Mic Michaeli (teclados) e Ian Haugland (bateria) vem angariando novos fãs, assim como reconquistando os velhos. É este quinteto que faz de Bag of Bones um disco sólido, voltado para raízes hardeiras e estabelecendo mais uma vez o Europe como um dos principais nomes do rock atual.
O disco começa com a levada zeppeliana de “Riches to Rags” (nunca ouvi o Tempest cantando tão igual ao Plant) e com um virtuosístico solo de Norum. Um Europe muito diferente do que estamos acostumados!  
Mic Michaeli, John Léven, Joey Tempest, John Norum, Ian Haugland
O peso e as linhas orientais de “Not Supposed to Sing the Blues” mantém o clima saudosista dos anos 70. Nessa, o destaque vai para a cozinha Léven / Haughland. Assim como a viajante “Firebox”, com direito a inclusão da Sitar e mais escalas árabes. Norum mostra seus dotes acústicos na bela oitentista faixa-título. “Requiem” é uma curta vinheta de Michaeli levando à outra balada: “My Woman My Friend”. Aqui, porém, encontramos Norum metendo peso no riff principal. 
O peso é retomado em “Demon Head”, outra bem zeppeliana. Em seguida, “Drink and a Smile”, volta para os momentos acústicos. A sequência final com “Doghouse”, “Mercy You Mercy Me” e a baladona “Bring it All Home” comprovam o que Bag of Bones me passou: uma forte influência Led Zeppelin, Whitesnake e Uriah Heep (jamais pensei comparar o Europe com essas bandas). Aquisição fundamental. Forte candidato nas listas de Melhores de 2012.
Versão completa de Bag of Bones
Track list
1. Riches to Rags
2. Not Supposed to Sing the Blues
3. Firebox
4. Bag of Bones
5. Requiem
6. My Woman My Friend
7. Demon Head
8. Drink and a Smile
9. Doghouse
10. Mercy You Mercy Me
11. Bring It All Home



5 Comentarios

  1. fernandobueno disse:

    Apesar de conseguir ouvir só uma vez o disco já deu apra perceber que é bem legal. Gostei dos timbres dos instrumentos e notei que os teclados foram relegados à um segundo plano. Isso já tinha acontecido nos anteriores, mas não tão evidente…

  2. fernandobueno disse:

    Ahhh…a capa é ótima tb….

  3. Belissimo disco, um dos melhores desde a volta do grupo. E o que o John Norum toca, é brincadeira…

  4. micaelmachado disse:

    Nunca fui muito fã da banda nem de seu estilo, embora tenha ouvido muito "Finak Countdown" e "Carrie" lá nos anos 80. Ainda não me animei a ouvir os discos depois da volta (em um novo estilo), mas estão elogiando tanto que acho que vou ter de arriscar…

  5. eduardoluppe disse:

    Achei o álbum bem sem graça! Nada de mais, apenas um hard rock pesadão! Em se tratando de 2012, esse come poeira diante dos álbuns novos das bandas Van Halen, Unisonic, H.e.a.t., Sunstorm e Slash.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *