Dark Room #7: o death metal em 2011

12 de dezembro, 2011 | por Diogo Bizotto
Diversos
2
Por Diogo Bizotto
Dando sequência à programação especial desta semana, que homenageia o guitarrista e vocalista Chuck Schuldiner (Death, Voodoocult, Control Denied), em lembrança aos dez anos de sua morte, apresentamos um Dark Room constituído apenas por bandas relacionadas ao death metal. Mais do que isso, há um ingrediente especial para tornar esta edição mais interessante: além do habitual desafio de adivinhar quais músicas e artistas formam o track list do Dark Room, o ouvinte terá a oportunidade de curtir uma amostra de dez lançamentos do gênero colocados no mercado em 2011.
Grupos tradicionais, veteranos que voltaram à ativa, bandas com menor repercussão no Brasil…  o desafio está lançado! Dê seus palpites através dos comentários!



2 Comentarios

  1. Não é a minha praia, então vai ser somente comentarios desconexos

    1 – parece banda nacional. Nao gostei do vocal, mas o instrumental é legal.

    2 – Muito bom, lembra. Essa voz não é desconhecida, mas eu tenho dificuldade em guardar nomes de bandas de death, e na correria, não consigo pensar. Muito bom!

    3 – Introdução poderosa! A entrada dos vocais surpreende pelo que se espera. Baterista animal.

    4 – Não gostei, não gostei mesmo.

    5 – Outra introdução muito boa. Baterista animalesco. Eu ouvi isso esse ano, mas não lembro o que é. Essas quebradas da música, as mudanças "progressivas" e a duração dela, fazem da mesma a melhor do dark room até agora. Eu não lembro o que é isso, mas é muito bom!

    6 – O início é legal, mas depois muda a linha. A parte instrumental é bem trabalhada, mas não me agradou no momento.

    7 – Baixao, riffzão de guitarra, quebradeira, só os efeitos no vocal que eu não curti. E da-lhe dois bumbos. Também ouvi isso esse ano, mas não lembro o que é

    8 – Inicio a la Iron Maiden vai agradar muitos colegas aqui (apesar de lembrar mesmo Difficult to Cure, do Rainbow). O baixo é uma caixa de abelha. Furioso e bom. Não tão bom quanto a cinco, mas muito bom

    9 – Palhetada quadrada como há muito não ouvia. Mesmo assim, não consegui curtir

    10 – Pesadíssima. Baita som. Tapa-a-tapa com a cinco na posição de melhor do Dark Room. Gostei dessa entrada da bateria, aos poucos, e o vocal, cantado em português é o que acabou deixando a música em segundo lugar. Mas mesmo assim, essa é a unica que eu conheço o nome, então lá vai:

    Extinção em Massa – Krisiun

    Enfim, eu não tenho ligação ao death, e por isso, ficou dificil de descobrir as bandas que aqui estao, ainda mais no momento que estou passando, mas curti bastante no geral

    Vlw por mostrar esses sons pra gente Diogo, e fico no aguardo da revelação das outras nove bandas

  2. diogobizotto disse:

    Ninguém mais se candidata? Já adianto que a última o Mairon matou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *