Podcast Grandes Nomes do Rock #3: grandes nomes do rock interpretam grandes nomes do rock

24 de janeiro, 2011 | por Mairon
Artigos Especiais
10
Por Mairon Machado

A terceira edição do nosso Podcast apresenta Grandes Nomes do Rock Interpretam Grandes Nomes do Rock. Com muitas bandas gravando canções de outras grandes bandas, apenas um Podcast dedicado ao tema acaba sendo pouco, então, certamente outros virão num futuro próximo.

Sem muito papo, esse Podcast apresenta quase uma hora e meia de muitas canções que você já ouviu na vida, porém em versões de bandas que quase não tem a ver com o estilo original, passeando pelo heavy metal, doom metal, punk rock, rock’n’roll, rock progressivo e um bloco dedicado especialmente para os Beatles.

 Banda cover dos Beatles – The Beats
Track list do podcast # 02 – Thin Lizzy

Bloco 01

Abertura: The Rise And Dear Demise Of The Funky Nomadic Tribes [do álbum Shades of a Blue Orphanage – 1972]
“One More Time” [do álbum The Angry You Them – 1965 (Them)]
“New Faces, Old Places” [do álbum Live and On Song – 2006 (Skid Row)]
“Night of the Warm Witch” [do álbum 34 Hours – 1971 (Skid Row)]
“Fireball” [do álbum Funky Junction Plays A Tribute to Deep Purple – 1973 (Funky Junction)]

Bloco 02
Abertura : Still in Love With You [do álbum Live & Dangerous – 1978]
Leave This Town [do álbum Renegade – 1981]
A Song for Jimi [do single Tribute to Jimi – 1980]
Emerald [do álbum Live & Dangerous – 1978]
Suicide [do bootleg Live at BBC – 1974]

Bloco 03
Abertura: For Those Who Love to Live [do álbum Fighting –  1975]
Suicide [do álbum Almost Unplugged – 2008 (Europe)]
Massacre [do single Can I Play With Madness – 1988 (Iron Maiden)]
Angel of Death [do álbum Blood – 2003 (Vader)]
Cold Sweat [do álbum Better Off Dead – 1990 (Sodom)]
The Boys are Back in Town [do álbum Make A Difference Foundation: Stairway to Heaven / Highway to Hell – 1989 (Bon Jovi)]

Bloco 04
Abertura: Frankie Carroll [do álbum Nightlife – 1974]
Real Love [do álbum Blood from a Stone – 1991 (Dare)]
Gypsy [do álbum Holy Diver – 1983 (Dio)]
Tales of Glory [do álbum Another Perfect Day – 1983 (Motörhead)]
Crying in the Rain [do bootleg Live in Rock in Rio – 1985 (Whitesnake)]
Encerramento: I Need You [do single The Farmer – 1970]
Banda cover feminina do Kiss: Priss



10 Comentarios

  1. Essa versao de Johnny B. Good com o Priest é sensacional, tem aquela pegada do Turbo, meio sintetizada. Tabem gosto muito das versoes do Manowa para Heaven And Hell e do Kiss para Rock N Roll Radio. Agora, o que é aquela gritaria no Pearl Jam tocando Creedence???

  2. diogobizotto disse:

    Pois é, também não entendi qual é daquele gritedo em "Fortunate Son", puta bagulho bizarro… mas no geral curti muito o podcast, fica até complicado apontar alguns destaques, pois até nas vinhetas de abertura eles existem, caso de "All Along the Watchtower", com Hendrix coverizando Dylan e tomando posse da música pra nunca mais devolver, incluindo aquele solo fantástico no início da faixa.

    Havia sugerido o Metallica tocando "53rd and 3rd" do Ramones, ertraída do tributo "We're a Happy Family", mas o Mairon pegou uma melhor ainda, o Kiss tocando "Do You Remember Rock and Roll Radio", que ficou ótima.

    E, porra… Saxon tocando King Crimson é arrasador, conheço gente que não gosta de progressivo mas adora essa versão… Daniel, dá uma chance, cara… faz como eu e atazana os vizinhos com essa!

  3. micaelmachado disse:

    Ramones, Pearl Jam, Dream Theater, King Crimson, Arch Enemy, Iron, Who, Mutantes, Hendrix… precisa mais para explicar porque esse foi o podcast que eu mais curti?

    Nota 10! Que venham mais!

  4. Rafael "CP" disse:

    Cara , esse é um tema muuuuito interessante , adorei o podcast , e existem muitas bandas que eu considero que o cover superou a versão original.

  5. Valeu gurizada; Fortunate Son eu tirei de um cd q eu baixei do Pearl Jam chamado July 11 03 Mansfield, Massachusetts. Que bom que o pessoal em geral curti. Eu agradeço a vcs pelas dicas. Nao conhecia essa versao do saxon para o KC, e a versao de When I Was Young q os ramones fizeram eh um dos melhores covers. O som do Eagles a paulada do Gary Moore tb são outras perolas q eu nao conhecia. Enfim, valeu e os dois proximos serao repletos de novidades para admiradores do Bowie!

  6. Rafael, para este que vos escreve a maioria das covers q fizeram para música dos beatles ficaram melhor com a banda d oque os beatles

    Uma correção, a versão original de "Bad Boy" que eu falei que era dos Beatles, na verdade é original de Larry Williams, mas como o proprio Geddy cita no bootleg que "nos vamos tocar uma canção do album Beatles VI", ta valendo então

    Micael, esqueceste o Rush na tua lista

  7. fernandobueno disse:

    Gostei da versão do Saxon para In the Court of crimson king, mas achei que eles substituiriam com a guitarra as partes de mellotron…

  8. diogobizotto disse:

    Sim, substituíram e ficou matador, conciso, britânico até o osso. Sou suspeito pra falar, acho essa versão sensacional, hehehe…

    Pra quem curtiu o Gary Moore mandando "Shapes of Things" recomendo o disco ao vivo de onde ela foi tirada, "We Want Moore". O disco é de 1984, época onde o cara estava no auge como praticamente um guitarrista de heavy metal, então esperem apenas pauladas.

  9. Rafael "CP" disse:

    Me perdoem quem não concordar, mais considero que a banda Quiet Riot ( que eu amo) é uma banda que apareceu e se mantém principalmente por causa dos 2 covers do Saxon , e também por causa da morte do Rhandy Rhoads . Portanto , nesse caso , as covers estão presentes na história mais uma vez.

  10. diogobizotto disse:

    "Do Slade" você quer dizer???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *