6 comentários

  1. Thiago DT Reis

    Jeff Scott Soto é um dos meus vocalistas favoritos atualmente e ele faz um exelente trabalho nesse projeto!! Boas melodias, bom trabalho de guitarras e boa produção. Um ótimo disco!

    Responder
  2. Rafael

    Eu gosto muito desse projeto , e em boa parte pelo Soto mesmo , mais gostaria de ver o Soto novamente mandando algo parecido como o Takara ou Kuni , esses sim são classicos inesqueciveis , enquanto o WET é apenas " mais um bom album"

    Responder
  3. leonardocastro

    Eu achei esse disco sensacional, um dos melhores dos ultimos lancados pelo JSS. As musicas sao marcantes e cativantes, e a performance dele ótima.

    A melhor performance dele, para mim, são a do Marching Out e do Genesis, do Talisman.

    Responder
  4. Thiago DT Reis

    Nesse disco especificamente gostei muito da One Love, Comes Down Like Rain, Running From My Heartache, One Day at a Time e My Everything…com JSS no vocal sempre pode se esperar coisa boa.

    Responder
  5. diogobizotto

    Tenho CERTEZA que aqueles que curtem o lado mais AOR do Jeff Scott Soto exultaram quando ouviram esse disco. Não sei quão grande é a influência dele nas composições do álbum, mas dá para sentir algumas semelhanças com seu disco solo "Prism", bem calcado nesse gênero. Porém, "W.E.T." apresenta guitarras mais na cara em relação a esse disco, um ponto positivo pra quem não curte a tecladeira e o lado mais leve de "Prism".

    Quanto à melhor performance do Soto, é difícil escolher, o cara tem uma versatilidade interessante: já cantou disco music com o Boogie Knights, heavy metal com Malmsteen, hard farofão, sabe empregar um feeling mais próximo à soul music quando necessário ou mesmo bancar aquele lado mais "evil" (hehe), como fez com o Kryst the Conqueror…

    Responder

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.