In Flames lança nova faixa ‘Meet Your Maker’ e estreia videoclipe

O ponteiro do relógio não para de correr: no dia 10 de fevereiro, os visionários suecos do metal moderno IN FLAMES lançam seu décimo quarto álbum de estúdio Foregone – a nova obra-prima de uma banda cuja arte e influência no metal moderno são inegáveis. O IN FLAMES lançou o quinto single para Foregone: “Meet Your Maker” é uma faixa pulsante com poder hipnotizante e raiva furiosa. Como um nervo exposto, a música fala do desespero e da frustração causados ​​pela distopia caótica da sociedade pós-pandêmica. O vocalista Anders Fridén afirma: “Quando começamos a escrever para Foregone, Meet Your Maker se tornou a música que deu o tom em termos do que queríamos sonora e tematicamente. Você verá que é tudo o que você espera de In flames e alguns. Aproveite e nos vemos na estrada em 2023!”. Você pode ouvir ‘Meet Your Maker’ aqui.

O décimo quarto álbum de estúdio do IN FLAMES, Foregone, chegará ao Brasil através da parceria Shinigami Records/Nuclear Blast no dia 10 de fevereiro de 2023 e você pode fazer a pré-venda da versão importada do álbum aqui. O novo single vem com um videoclipe que mostra um pouco da performance enérgica das apresentações ao vivo da banda. Você pode assistir ao videoclipe aqui.

O tracklist para Foregone é o seguinte:

1. The Beginning Of All Things That Will End
2. State Of Slow Decay
3. Meet Your Maker
4. Bleeding Out
5. Foregone Pt. 1
6. Foregone Pt. 2
7. Pure Light Of Mind
8. The Great Deceiver
9. In The Dark
10. A Dialogue in b Flat Minor
11. Cynosure
12. End The Transmission

SOBRE IN FLAMES:

IN FLAMES é uma das maiores bandas de metal do Mundo – nunca fugindo do desafio de superar as barreiras artísticas impostas ao criar a sua música que sempre tem aquela pegada matadora. Formado em 1990 a banda é considerada um dos grandes percursores do death metal melódico e fornecedores do som de Gotemburgo. Com treze álbuns em sua discografia, incontáveis turnês de sucesso junto com bandas como Black Sabbath, Metallica, Iron Maiden, Megadeth, Judas Priest e Slayer e milhões de álbuns vendidos – sem contar com os milhões de fãs ao redor do Mundo, IN FLAMES provou ser uma força que não pode ser parada. A partir de seu álbum de estreia em 1994 Lunar Strain, o complexo trabalho de guitarras, vocais melódicos e incríveis arranjos lhes deu uma assinatura sonora que evoluiu com o passar dos anos.

IN FLAMES é: Anders Fridén | Vocais; Björn Gelotte | Guitarra / Vocais; Chris Broderick | Guitarra; Tanner Wayne | Bateria; Bryce Paul | Baixo

Mais informações:
Facebook
Twitter
Instagram
Site oficial
Youtube


THE CROSS: Act II: Walls Of The Forgotten entre os ‘Melhores de 2022’ pela Roadie Crew e Metal com Batata, vote agora!

O atual álbum da lenda do Doom Metal sul-americano THE CROSS, intitulado Act II: Walls Of The Forgotten, definitivamente ganhou a imprensa especializada mundial. Mesmo sem ter – AINDA – um lançamento nacional, o trabalho ingressou em diversas listas dos melhores de 2022 e não poderia ser diferente na tradicional votação popular da Roadie Crew, onde os baianos figuraram ao lado de nomes como Vulcano, Torturizer, Krisiun, Deep Memories e muito mais. Vote agora, acesse o link, coloque seu nome e e-mail e pronto, só começar, mas não se esqueça, antes dos nacionais é necessário escolher os nomes internacionais e também terminar 100% para validá-la.

Outra importante votação para os ‘Melhores de 2022’ que inseriu Act II: Walls Of The Forgotten, foi divulgada pelo canal Metal com Batata. Para escolher este trabalho, basta clicar no link a seguir e selecionar “The Cross – Act II: Walls Of The Forgotten” (para validar seu voto é necessário escolher no mínimo 10 álbuns e 5 EP’s), confira.

Em outras notícias, o THE CROSS confirma que já se encontra em estúdio onde gravam seu próximo trabalho, intitulado Resquiest in Pace Frater Noster, que será lançado no início de 2023 pelo selo europeu Pitchblack Records. O EP será uma homenagem ao ex-baterista Louis (falecido repentinamente no dia 19/08/2022) e contará com uma participação especial europeia na faixa que intitula este material. Encontre, salve e ouça a discografia completa do THE CROSS em sua plataforma de streaming mais utilizada CLICANDO AQUI.

Por fim, o novo álbum da banda maltesa Sacro Sanctus – capitaneada pelo músico Albert Bell – já está disponível e conta com a participação especial do vocalista do THE CROSS, Eduardo Slayer. O músico esteve ao lado do guitarrista Mantas (Venom Inc.) na faixa “Sword of Fierbois”, faixa que intitula este atual trabalho lançado no último dia 30/09/2022. É possível conferir os vocais de Eduardo Slayer a partir do minuto 3:34, ouça agora. “Sword of Fierbois” foi mixado e masterizado por Markus Jidell, premiado produtor do Candlemass, que venceu o Grammy Sueco com o álbum The Door to Doom.

Sites relacionados:
Facebook
Instagram
Youtube
Bandcamp
Site
Sangue Frio Produções


GRANDIOSA MUERTE: da Costa Rica, projeto ‘one-man-band’ divulga novo videoclipe “Destino”

Depois de apresentar seu trabalho de estreia, o single “Sibila” (ouça e veja o clipe aqui) em 2022, o projeto ‘one-man-band’ costarriquenho Grandiosa Muerte apresenta o clipe de “Destino”. O trabalho, que é lançado com exclusividade no portal do site norte-americano No Clean Singing, é uma prévia do debut Egregor, a ser lançado pela Bitume Prods no próximo dia 27 de janeiro. “Destino” é uma evocação dos saberes ancestrais do mundo maia, intimamente ligados ao Fogo Sagrado e onde emerge de forma imponente a figura dos Nahuales, forças espirituais que contêm e transmitem o arquétipo do ser humano perfeito.

A letra de “Destino” invoca Nahual Ajpu, o Guerreiro e Feiticeiro Solar, e o mistura com outras encarnações extraídas do Popol Vuh para se materializar em um ritual de preparação mental antes de acessar os domínios do homem, onde a música surge como um fluxo contínuo de melodias e ritmos hipnóticos que se mantém na via rápida da ferocidade desenfreada. Ouça o trabalho no link. O Grandiosa Muerte tem como mentor e único integrante o músico costarriquenho Max Gutiérrez Sánchez (Advent of Bedlam e Dusk), e surgiu após a pandemia, fruto de suas lutas mentais. A abordagem sonora gira em torno do Black / Death Metal e seus temas evocam honestamente forças ocultas que alteram o ego e nos conectam a uma experiência sonora poderosa e pessoal.

Siga o Grandiosa Muerte em:

E-mail

Web

Bandcamp

Instagram

Facebook


O Hard Rock do MARENNA abriu show de Geoff Tate em São Paulo ⚡

Os Hard Rockers gaúchos do MARENNA, uma das maiores bandas brasileiras do estilo na última década, que vêm divulgando seu quarto e aclamadíssimo mais recente álbum Voyager, confirmaram dois shows em São Paulo. O primeiro ocorreu ontem, dia 20 de janeiro,  no Tokio Marinne Hall, abrindo para a voz original do Queensrÿche, a lenda americana Geoff Tate, e hoje, 21 de janeiro, um show intimista no Manifesto Bar junto às bandas Oversize (Mr. Big Tributo) e Fever (Aerosmith Cover) numa noite de celebração ao puro Hard Rock!

Voyager, lançado pela gravadora dinamarquesa Lions Pride Music e no Brasil em parceria com a Classic Metal Records e Heavy Metal Rock, vêm recebendo inúmeros elogios e indicações como um dos melhores álbuns lançados em 2022 por vários jornalistas e veículos de imprensa especializados em Rock e Metal mundial. A renomada revista japonesa Burrn!, por exemplo, colocou Voyager como 28ª posição em maiores vendas de CDs importados no país. A sonoridade atual do MARENNA transborda energia e identidade, e nos palcos paulistanos mostrará muito bem a nova e mais madura fase que a banda vem desenvolvendo nos últimos anos, trazendo a pegada marcante do Hard Rock melódico oitentista e uma bem equilibrada junção de elementos pesados do Heavy Metal. Os quatro singles extraídos de “Voyager”, “Breaking The Chains”, “Wait”, “Voyager” e “Out Of Line”, com seus refrões tipicamente oitentistas feitos para se cantar junto, são grandes exemplos de energia e alto astral que, sem sombra de dúvidas, aquecerão todos presentes nas duas noites.

Sobre dividir o palco com Geoff Tate, uma das maiores vozes do Rock e Metal Mundial, que em São Paulo fez um show especial tocando na íntegra os clássicos álbuns de sua banda original Queensrÿche, Empire (1990) e Rage For Order (1986), Rod Marenna comenta: “Minha missão com o Marenna é resgatar e celebrar os melhores dias do Hard Rock melódico, agora, fazer isso no mesmo palco que Geoff Tate, uma das maiores vozes do Rock e Heavy Metal, tem outro peso. Eu e meus irmãos do Marenna estamos extremamente lisonjeados pela oportunidade e nossas expectativas são as melhores possíveis, pois além de estarmos promovendo nosso novo álbum Voyager para um público novo e altamente exigente, estaremos num dos palcos mais tradicionais de São Paulo! Vai ser uma grande noite, tenho certeza”.

Continuando a colher muitos frutos, o MARENNA está, também, concorrendo na eleição de Melhores do Ano segundo os leitores da revista Roadie Crew, nas categorias Melhor Álbum (Voyager), Melhor Vocalista (Rod Marenna), Melhor Guitarrista (Edu Lersch e Mauro Caldart), Melhor Baixista (Bife), Melhor Tecladista (Luks Diesel) e Melhor Baterista (Arthur Schavinski), e também pelo site Metal Com Batata, concorrendo com Voyager como melhor álbum. Os links para votações encontram-se respectivamente aqui  e aqui. Ouça Voyager.

21 de Janeiro (junto às bandas Oversize (Mr. Big Tributo) e Fever (Aerosmith Cover))
Local: Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 36 – Itaim Bibi, São Paulo/SP
Abertura: 20h
Ingressos na bilheteria no e-mail, telefone (11) 2574-5256 ou whatsapp (11) 94557-0228

Mais informações:

A banda MARENNA, formada em 2014 e liderada pelo experiente vocalista/compositor com mais de 30 anos de carreira Rod Marenna, aposta no Melodic Rock e produz uma mescla híbrida entre o Hard Rock Clássico e o AOR (estilo mais comercial, voltado para adultos, badalado nas Rádios FM e novelas das décadas de 80 e 90) em produções modernas e cristalinas. Incorporando camadas melódicas de teclados, guitarras e vocais, e trazendo em suas composições situações da vida cotidiana moderna, destacadas por mensagens de otimismo, resiliência e fé, sua missão é de resgatar os melhores dias do Hard Rock Melódico. Sua rica discografia está disponível em todas as plataformas digitais e também na versão física. Para fãs de: Whitesnake, Skid Row, Dokken, Def Leppard, Journey, Bon Jovi, Eclipse, H.E.A.T.

Discografia:

My Unconditional Faith (EP/2015)
No Regrets (Álbum/2017)
Livin’ No Regrets (Live) (Álbum/2018)
In Your Face (Acoustic Live) (Álbum/2021)
Pieces Of Tomorrow (EP/2021)
Voyager (Álbum/2022)

Formação: Rod Marenna – Vocais/Backing Vocals; Luks Diesel – Teclados/Backing Vocals; Edu Lersch – Guitarras; Bife – Baixo; Arthur Schavinski – Bateria/Backing Vocals

Ouça MARENNA em:

Spotify
Deezer
Amazon
Apple Music

Siga as Mídias Sociais do Marenna


Landfall será banda de abertura em Curitiba de Johnny Gioeli, voz do Axel Rudi Pell

A banda brasileira LANDFALL, contratada da gravadora FRONTIERS MUSIC, será responsável pelo show de abertura do vocalista JOHNNY GIOELI em Curitiba, no dia 11 de fevereiro (sábado), na casa de show Hard Rock Café. O repertório da LANDFALL será composto de hits do novo álbum ELEVATE, como “HEROES ARE FOREVER” e “TWO STRANGERS”, que colocaram a banda entre as grandes revelações do melodic rock /AOR dos últimos anos. “Temos o prazer de anunciar que seremos a banda de abertura de Johnny Gioeli em Curitiba, nossa cidade natal. Além de nosso parceiro de gravadora, ele sempre foi uma grande referência para nós, e é claro que é um dos grandes vocalistas de hard rock do mundo”, comemorou o vocalista GUI OLIVER.

Já o guitarrista MARCELO GELBKE disse que abrir o show de Johnny Gioeli serve como coroação para o trabalho da Landfall, que já está no segundo disco de estúdio e mostrou bastante amadurecimento musical com ELEVATE. “Essa notícia veio para mostrar que estamos no caminho certo. É muito bom poder representar o Brasil em uma gravadora internacional e melhor ainda poder tocar nossas músicas nessa ocasião especial. Os fãs que comparecerem podem esperar um show com o melhor que temos”, disse.

Famoso pelo trabalho como vocalista de grandes nomes do hard rock, como AXEL RUDI PELL, HARDLINE e CRUSH 40, JOHNNY GIOELI se apresenta pela primeira vez no Brasil com repertório de hits de Axel Rudi Pell, como “Bad Reputation”, “Rock the Nation” e “Carousel”, e Hardline, como “Rhythm from a Red Car”, “Takin’ me Down”, “Dr. Love”, “Hot Cherie”, entre outras. Para garantir ingresso para o show, basta acessar o link oficial aqui.

Redes Landfall:

Facebook
Instagram
Spotify


Psychotic Apes lança video da faixa “The Day When the Beast Returned”

“The Day When the Beast Returned” é a sétima faixa do álbum A New Lifetime da banda Psychotic Apes, lançado há um mês via Electric Funeral Records. O quinteto lança o lyric video em seu canal do youtube como parte da divulgação de seu novo disco. Assista ao vídeo. A música fala sobre a constante luta do ser humano para conter sua fera interior, nem sempre bem-sucedida. Além da letra, a mensagem também se transmite no instrumental, com a presença de trechos nervosos e pesados, alternados com passagens de calmaria e serenidade.

A New Lifetime é o segundo álbum de estúdio da banda natalense Psychotic Apes. O disco traz as músicas do EP Lifetime, remixadas e remasterizadas, e mais quatro novas faixas. O álbum foi precedido dos singles “Under the Dusk” e “Stab”, cada um acompanhado de um videoclipe dirigidos por Thales Victor e Ayrthon Medeiros, respectivamente. Ouça A New Lifetime. Psychotic Apes é uma banda de rock brasileira, baseada em Natal-RN, com influências de grunge, metal, hard rock, punk e música regional. Formada em 2019 pelo guitarrista pernambucano Ramiro Barros e o vocalista potiguar Alax Bezerra, a banda conta ainda com Tadeu Marinho (guitarra), Patrick Sena (baixo) e Rafael Franzon (bateria).


Ginger and The Peppers lança videoclipe de “Out of Phase”

O Ginger and The Peppers lançou o videoclipe de “Out of Phase”, single de estreia da banda paulista que vem fazendo sucesso no mercado internacional por trazer um som diferente com uma pegada setentista do rock and roll, mas com uma voz forte e feminina que dialoga com a nova geração da música, ou seja, uma banda com estética vintage, porém com composições modernas. ASSISTA! Com produção da aztraFilmes, o videoclipe de “Out of Phase” explora visualmente a dualidade entre os elementos “fora de fase” contraposta à energia do show da banda. A música encoraja os ouvintes a não desistir dos seus objetivos, mesmo que pareçam distantes ou impossíveis.

O clipe conta com cenas divertidas, descontraídas dos membros em situações “fora de fase” e com cenas da banda se apresentando e liberando toda sua energia, criando uma atmosfera única e impressionante. Ginger and The Peppers é formada pela carismática frontwoman Julia Dillon, os guitarristas Alê Masili e Paulo Gonzaga, o baixista Itto Menezes e o baterista J.P. Masella. Recentemente, a banda entrou para o time da GGB Records, selo musical que reúne artistas brasileiros que cantam inglês.


Pedro Bergamo une rock progressivo e MPB psicodélica no single e clipe “Escute o som que vem daqui”

Cantor, compositor e multi instrumentista brasileiro radicado na Finlândia, Pedro Bergamo une a sua paixão pela MPB setentista com o rock progressivo nórdico em uma viagem psicodélica e solar no single “Escute o som que vem daqui”. A faixa, que sugere início de ciclos e renascimentos, mostra o recomeço de um trabalho artístico para Bergamo ao mesmo tempo que pode dialogar com o ouvinte que busca no ano novo uma página em branco. Ouça “Escute o som que vem daqui”. Assista ao clipe “Escute o som que vem daqui”.

Nascido em uma família de músicos, Pedro busca desde cedo unir suas influências musicais ecléticas do flamenco, folk, forró e rock com seu interesse em assuntos místicos, históricos e filosóficos. Influenciado por seu avô que era benzedor, tarólogo e contador de causos, o artista iniciou sua discografia com o single “Lago Brasil” em 2019, contando uma trágica história indígeno-Brasileira fazendo uma ponte entre o dialeto caipira de trovadores paulistas como Tião Carreiro e Pardinho, e o folk rural do nordeste setentista de Zé Ramalho, seu maior ídolo. Um ano após, em meio a uma perda pessoal forte e inspirado pela obra de Ariano Suassuna, Pedro produz “Abrahadabra!”.

Trabalhando em seu disco de estreia, ele dá a primeira amostra de sonoridade com “Escute o som que vem daqui”. Produzido pelo guitarrista Lauri Loikkanen, da banda finlandesa The Halophones e masterizado por Jaakko Virtalähde (Death Hawks, Mikko Joensuu), a faixa chega com um clipe dirigido pelo diretor sueco-finlandês Anders Ragnar. A faixa está disponível em todas as plataformas de música digital e o clipe, no canal do YouTube do artista.

Crédito: Anders Ragnar

Ficha Técnica:

Letra & Música: Pedro Bergamo

Vozes & Violões: Pedro Bergamo

Contrabaixo: Nuutti Autio

Bateria: Eetu Peltoluhta

Guitarra, Orgão, Piano & Mellotron: Lauri Loikkanen

Produção & Mixagem: Lauri Loikkanen

Masterizaçäo: Jaakko Virtalähde

Arte de capa: Pedro Bergamo

Video: Anders Ragnar

Letra:

Querida trapezista, sorrindo outra vez eu te encontro suspensa do chão

Com a luz em sua face o palco se expande até você cair no colchão

Meu peito dispara, pois contemplo uma verdade escondida na sagrada paixão

Entre a vida e a morte de esplendidos sonhos

Ponha a mão em meu coração e escute o som que vem daqui que só vive para escutar

O som que há em ti

Quem me dera amar-te eternamente até que a mão do pai eterno me roube essa ilusão

Voar ao teu lado nessa graciosa mentira dita por diversão

Que a luz de nosso ato venha de algum holofote e não de uma longe constelação

Com estranhas estrelas que nunca se tocam

Ponha a mão em meu coração e escute o som que vem daqui que só vive para te escutar

Abrace a luz que há em mim que só vive para te guiar

Escute o som que vem daqui que só vive para te escutar

Abrace a luz que há em mim que só vive para te guiar

Siga Pedro Bergamo:

Instagram

Facebook

Site oficial


Outono disponibiliza single inédito “Brighter Than The Sun”

A banda OUTONO lançou na primeira sexta-feira 13 deste ano o seu segundo single, “Brighter Than The Sun”, uma peça que confirma sua identidade musical com versos densos e aspectos sonoros surpreendentes. A canção está disponível em todas as principais plataformas de streaming. Confira o single “Brighter than the Sun”. A letra de “Brighter Than The Sun” cria um cenário fantástico ao colocar como protagonistas o primeiro casal do mundo, surgidos do barro, Adão e Eva, como fossem vampiros imortais, que até hoje acompanham as coisas que aconteceram na terra nesta jornada pela eternidade. Segundo o vocalista e baixista Guto Diaz, autor da narrativa, a letra é “como se fosse a jornada deste casal, que assume diversas identidades”. Em parte da letra, cito que ela é Madalena e ele, o Cristo crucificado. Outra hora, ela é a condessa Bathory, se banhando no sangue dele mesmo. Eles têm este pacto de sangue que os une desde o início dos tempos”.

A OUTONO, que porta consigo um espectro musical bastante rico, é formada, além de Guto Diaz, por Fabiano Cavassin (guitarra) e Wlad Zechner (bateria). Estreando em 2022 com o single “Shades Before Dawn”, o grupo surgiu no cenário como a continuação do trabalho anteriormente desenvolvido pelo The Secret Society, com o álbum Rites of Fire e shows memoráveis – no Brasil e América Latina – ao lado de grandes nomes do rock e do metal mundial, como Dee Snider, Europe, The Sisters of Mercy, Deathstars e Uli Jon Roth, entre outros. Apostando em climas tétricos e arranjos minimalistas, o OUTONO leva a obra criada por Guto e Fabiano para novos e ramificados caminhos musicais. O primeiro single, “Shades Before Dawn”, foi a declaração de um novo começo e “Brighter Than The Sun”, a ratificação que o OUTONO é um nome que veio para ficar. Siga o grupo nas redes sociais para acompanhar todas as atividades.


Ashtray: lançado segundo single em seu canal oficial do Youtube

A ASHTRAY disponibilizou, no seu canal oficial do YouTube, o seu segundo single de trabalho, “Vicious Cycle“. A letra da canção é voltada para o sistema que oprime e corrompe as pessoas, fazendo com que os mais favorecidos tirem vantagens daqueles que estão em posição social inferior, alimentando assim, o ódio e revolta dos menos favorecidos. No final, os que estão por baixo, ao alcançar uma situação favorável, acabam se corrompendo também, formando assim um ciclo vicioso difícil de ser quebrado. Atualmente, os músicos continuam trabalhando em novas composições para futuros lançamentos.

Youtube

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.