Livro oficial The Beatles: Get Back chega ao mercado brasileiro pela editora Estética Torta

A editora Estética Torta tem o prazer de anunciar o lançamento, no Brasil, da obra THE BEATLES: GET BACK, o primeiro livro oficial lançado pelos Beatles desde o best-seller internacional The Beatles Anthology (2000). Produzido e diagramado com a melhor qualidade editorial, com tradução de Marcelo Vieira, o livro de 240 páginas conta a história da criação do último álbum dos Beatles, Let It Be, de 1970, com as palavras da própria banda. Apresentando diálogos extraídos a partir de mais de 120 horas de sessões de estúdio da banda, com centenas de imagens inéditas, incluindo fotos de Ethan A. Russell e Linda McCartney, THE BEATLES: GET BACK inclui também um prefácio escrito pelo diretor Peter Jackson e uma introdução de Hanif Kureishi.

Os textos do livro foram editados por John Harris a partir de conversas originais entre John, Paul, George e Ringo durante as três semanas de gravação, culminando no histórico último show dos Beatles no terraço. THE BEATLES: GET BACK é um complemento especial e essencial ao documentário “THE BEATLES: GET BACK” do diretor Peter Jackson, recentemente lançado pela plataforma de streaming Disney+. A edição brasileira de THE BEATLES: GET BACK chega ao mercado em julho de 2022, em formato e acabamento de luxo, com 240 páginas coloridas, impressas na melhor qualidade e no melhor papel, capa dura, tamanho livro de mesa (coffee table book), com 25x30cm.

A editora fez todos os esforços (e conseguiu) que o livro em português tenha um preço menor do que a versão internacional revendida no Brasil. Todos que garantirem a pré-venda receberão um marcador de páginas exclusivo, além de frete grátis (por registro módico) para todo o Brasil. Pré-venda do livro THE BEATLES: GET BACK. Esta obra íntima e fascinante nos convida a viajar no tempo até janeiro de 1969, o início do último ano dos Beatles como banda. Os Beatles ainda estão em primeiro lugar nas paradas com seu White Album. Prolífico como sempre, o quarteto se reúne em Londres para um novo projeto, inicialmente intitulado Get Back.

Ao longo de 21 dias, primeiro no Twickenham Film Studios e depois no novíssimo Apple Studios, com câmeras e gravadores documentando o trabalho diário, a banda ensaia um grande número de músicas, novas e antigas, em preparação para o que viria a ser seu último show, no telhado do prédio da Apple Corps, parando o centro de Londres. Reza a lenda que essas sessões foram um momento sombrio de uma banda que estava se desfazendo, mas, como o aclamado romancista Hanif Kureishi escreve em sua introdução a THE BEATLES: GET BACK, “Na verdade, aquele foi um momento produtivo para eles, quando criaram alguns de seus melhores trabalhos. E é aqui que temos o privilégio de testemunhar seus primeiros rascunhos, os erros, as derivas e digressões, o tédio, a empolgação, as improvisações alegres e os avanços repentinos que levaram ao trabalho que agora conhecemos e admiramos”.

Essas sessões de estúdio, que geraram o álbum e o filme Let It Be lançados em maio de 1970, representam a única vez na carreira que os Beatles foram filmados por tanto tempo dentro de um estúdio. Simultaneamente, eles foram exclusivamente fotografados e suas conversas gravadas. THE BEATLES: GET BACK é o livro definitivo que documenta essas sessões. Ele reúne transcrições fascinantes de suas sinceras conversas, editadas pelo importante escritor musical John Harris, com centenas de imagens extraordinárias, a maioria delas inéditas. A maioria das fotografias são de dois fotógrafos que tiveram acesso especial às suas sessões: Ethan A. Russell e Linda Eastman (que se casou com Paul McCartney dois meses depois). O documentário de Peter Jackson reexamina essas sessões usando mais de 55 horas de filmagens originais inéditas de Michael Lindsay-Hogg, em 1969, agora restauradas, e 120 horas de gravações de áudio praticamente inéditas. Este suntuoso livro também apresenta muitos quadros de filmes de alta resolução, inéditos, da mesma fonte.


Bryan Adams lança álbum So Happy It Hurts

A alegria como foco, o tempo como cura e a estrada como destino marcam o novo álbum do cantor e compositor Bryan Adams. Com forte pegada roqueira, So Happy It Hurts é o décimo quinto trabalho de estúdio do ícone canadense. Este é um lançamento BMG que chega junto de um clipe para a faixa “Always Have, Always Will”. Ouça o disco. Assista “Always Have, Always Will”. “Quando percebi que talvez nunca mais sairíamos em turnê devido à pandemia, comecei a reunir todos os esboços e ideias de músicas que fui escrevendo em pedaços de papéis, recibos e porta-copos, juntei-os no meu laptop e fiz um álbum”, conta Bryan.

Assista ao clipe “On the Road

Assista ao clipe “So Happy It Hurts

Assista ao clipe “Never Gonna Rain

Em suas décadas de serviço à música, Bryan Adams conseguiu liderar as paradas de sucesso em mais de quarenta países. Ele acumula em sua carreira 3 indicações ao Oscar, 5 ao Globo de Ouro, um Grammy, um AMA e uma estrela na calçada da fama de Hollywood. Além da música, ele se consolidou como um fotógrafo de renome internacional, como na edição deste ano do conceituado calendário Pirelli. “A pandemia e o lockdown nos fizeram pensar que de um momento para outro o que temos como rotineiro e confortável pode mudar. De uma hora pra outra, ninguém conseguia pular no carro e ir embora por aí”, diz Adams. “O álbum aborda muitas das coisas efêmeras da vida que são realmente o segredo da felicidade, o mais importante, a conexão humana”, resume. O álbum So Happy it Hurts está disponível em todas as plataformas de música.

Tracklist:

1. So Happy It Hurts

2. Never Gonna Rain

3. You Lift Me Up

4. I’ve Been Looking For You

5. Always Have, Always Will

6. On The Road

7. Kick Ass

8. I Ain’t Worth Shit Without You

9. Let’s Do This

10. Just Like Me, Just Like You

11. Just About Gone

12. These Are The Moments That Make Up My Life

Siga Bryan Adams


VULCANO: Stone Orange já está disponível no Brasil via Hellion Records, adquira agora!

Mesmo com seu lançamento MUNDIAL previsto para o dia 29/04/2022, Stone Orange, o novo álbum da lenda do Metal extremo VULCANO, já está disponível no Brasil. O trabalho de distribuição nacional está a cargo da renomada Hellion Records Brazil e foi disponibilizado oficialmente neste mês de março com uma edição EXCLUSIVA em slipcase com mini pôster, confira o unboxing deste material. Stone Orange pode ser adquirido diretamente pelo site do selo por apenas R$ 45,00 (+ frete) acessando o link. Para receber este álbum em primeira mão em sua plataforma de streaming mais utilizada siga o VULCANO clicando aqui.

Sites relacionados:
Facebook
Twitter
Instagram
Site oficial
Sangue Frio Produções


Finlandeses do Sum of Seven lançam o pesado e intenso single “The Enemy”

O Sum Of Seven lançou a nova música “The Enemy“, uma visão fascinante do desenvolvimento da banda desde a chegada do vocalista Marko Loukamaa no verão de 2021. “The Enemy é uma música que começa rápida e agressiva e realmente carrega esse impulso do início ao fim”, diz o guitarrista Ari Lempinen. “É uma das músicas mais pesadas que fizemos até agora. Quando essa introdução explode, você sabe que estamos indo para algum lugar rápido. Mas, ao mesmo tempo, quando as melodias vocais entram em ação, elas direcionam a música para uma direção diferente do que você poderia esperar, ainda carregando o impulso agressivo. Esse elemento de surpresa é realmente o que coroa a música para mim.”

Tendo lançado seu segundo álbum, Time Is Not On Your Side, sob o nome de banda Sonus Corona em 2019, a saída do vocalista Timo Mustonen e a pausa da pandemia levaram a banda a mudar de nome e assinar com a LManagement. “The Enemy tem uma das melhores melodias que já escrevemos, na minha opinião”, diz Lempinen, “e a entrega de Marko é absolutamente de tirar o fôlego. As letras falam sobre liberdade, vitória e sobrevivência, mas também têm conotações às interpretações questionáveis desses assuntos. A mensagem pode ser interpretada como fortalecedora positiva, mas também como uma ilusão perturbadoramente delirante”. Sum Of Seven está atualmente escrevendo mais músicas novas, com um novo álbum esperado em colaboração com a Inverse Records.


Facing Fear: banda estreia clipe oficial da música “Marginal Metal”

A espera finalmente chegou ao fim. Após meses de uma ansiosa espera por parte dos fãs, acaba de ser lançado hoje de maneira oficial o novo álbum da banda Facing Fear, Marginal Metal. Contando com 11 músicas, o trabalho mergulha fundo no Heavy Metal da década de 1980, resgatando aquela sonoridade típica do período através de riffs empolgantes, ótimos solos e melodias. Marginal Metal é uma grande homenagem da banda a todos que lutam diariamente pelo cenário underground do Metal, contando com participações especiais de músicos de bandas nacionais e internacionais. O álbum já se encontra disponibilizado nas principais plataformas de streaming, podendo ser ouvido no Spotify a partir do link.

E a Facing Fear não para de apresentar novidades aos seus fãs. Logo após o lançamento de seu novo álbum, o ótimo Marginal Metal”, uma ode ao underground do Heavy Metal e que conta com participações especiais de músicos do cenário nacional e internacional, a banda surpreendeu os fãs disponibilizando em seu canal oficial no YouTube, mais um vídeo oficial. A música escolhida é a que dá título ao novo álbum. O vídeo contou com produção e direção da Fracasso Produções/Marchetieffects, e mostra aquele clima descontraído e bem humorado das produções da banda, sem que para isso tenha que abrir mão de uma ótima qualidade de produção. Confira o vídeo no link.

Um dos destaques do álbum, a faixa “I’m Crazy”, que conta com as participações especiais da vocalista Kelly Hipólito, da banda Blixten e o guitarrista Luo Campanelly, responsável por um solo na música, recebeu um vídeo oficial, que pode ser conferido aqui no link abaixo. Para ficar por dentro de todas as novidades da Facing Fear, acompanhe as redes sociais da banda.

Mais informações:

Facebook

Instagram

Twitter

Spotify

YouTube

Facing Fear: Terry Painkiller: vocal; D’antas: guitarra; John Killesh: guitarra; Vall Maranhão: bateria


SEU JUVENAL LANÇA NOVO SINGLE,”CARIÁ” E ANUNCIA QUINTO ÁLBUM DE ESTÚDIO

São Paulo, 04 de março de 2022 – Uma das mais tradicionais bandas brasileiras de rock underground, Seu Juvenal, de Ouro Preto (MG), lançou nesta data o single “Cariá”. A nova faixa, que traz uma crítica ao momento político atual do país e também ressalta a importância do Cariá, personagem do carnaval de Ouro Preto, é um lançamento do selo musical Marã Música e já está disponível em todas as plataformas de música, chegando acompanhada de um videoclipe no youtube. “Cariá” é o primeiro single do quinto álbum de estúdio da banda, Seu Juvenal 5, composto por 10 faixas e que será lançado em abril. O processo de composição desta faixa e de todo o quinto disco da banda formada por Fabiano Minimim, Renato Zaca, Bruno Filho e Edson Zacca, não fugiu ao que tradicionalmente o Seu Juvenal já fez em toda sua carreira. “Somos quatro compositores, então a gente se reúne, geralmente na roça (dois dos integrantes moram afastados da cidade), para escutar as composições uns dos outros.

Muita briga rola pra irmos escolhendo e afinando as ideias. E ‘Cariá’ partiu de uma ideia rítmica bem brasileira, quase um forró pé de serra. E foi uma foto (que é a capa do single) nos inspirou a escrever sobre esta figura que vai na frente do bloco carnavalesco Zé Pereira dos Lacaios (um dos mais antigos em atividade no Brasil) vestido de capeta, abrindo os caminhos e gerando muita energia boa pelas ladeiras de Ouro Preto. A partir daí, a letra parte para questões atuais de nosso país e do mundo. E um detalhe interessante da criação deste single é que durante a composição do refrão, para dar um norte nas ideias, imaginamos como se o Zé Ramalho estivesse cantando. O resultado foi surpreendente. Quem sabe um dia não teremos uma versão com a voz do mestre Zé?”, conta a banda sobre a composição.

O novo som ganhou um videoclipe gravado dentro da sede do bloco de carnaval Zé Pereira dos Lacaios, de Ouro Preto e em meio aos “Catitões”. A nova produção está disponível no canal da Goblin TV, produtora de audiovisual mineira de atuação forte no gênero underground. “No clipe tocamos e interagimos com um ‘Cariá’ criando um ambiente extremamente único, mineiro e brasileiro. Ficou rock nacional até o osso! Divertido e ao mesmo tempo com uma mensagem séria de guerrilha cultural”, completa a banda. Sobre o que a banda espera para esse lançamento, eles contam: “A expectativa é a melhor possível. O Seu Juvenal sempre foi uma banda extremamente instintiva, livre de qualquer tipo de amarras de mercado. A gente fez o que quis sem ligar pra qualquer tipo de pressão externa. Porém, naturalmente fomos criando um público e eles têm muita expectativa com relação a banda. Neste quinto disco resolvemos assumir a expectativa de nossos fãs como parâmetro de qualidade para poder retornar a eles um trabalho de alto nível”.

Em breve a banda virá cheia de novidades. Além do single “Cariá”, eles se concentram no lançamento de outro single e lyric vídeo. “Estamos começando o trabalho de divulgação e produção de conteúdo com a Marã Música e em seguida voltamos pra estrada com este material novo e quente pra encontrar nosso público nos palcos”, finalizam.

Sobre Seu Juvenal

A banda Seu Juvenal, de grande destaque no cenário do rock underground e formada pelos artistas Fabiano Minimim, Renato Zaca, Bruno Filho e Edson Zacca, começou a sua batalha em 1997, com o lançamento da primeira demo-tape (fita K7), intitulada “Cyber Jecas no Sertão da Farinha Podre”. Além de participação em coletâneas, a banda gravou cinco discos e se apresentou por muitos lugares, incluindo uma tour muito bem sucedida de 8 shows por 3 países da Europa. Sempre tendo a música autoral cantada em português como prioridade, a banda acumula muita história até os dias de hoje.

“Passamos por momentos onde o rock estava em alta ou em baixa, voltava a ficar em alta, voltava a cair pra quarta divisão. Para nós esse vai e vem não importa. Nossa história não parou de ser escrita. E parte dela está registrada no site, em nosso canal do youtube e no nosso perfil do instagram. Estejam convidados a se inscreverem. Temos sempre muito conteúdo interessante sendo postado”, afirma a banda.

As referências musicais da banda desde o começo não mudaram muito. “A gente é um pouco extremo. Acho que essa questão dos quase opostos se unindo é uma das principais características de nosso som”, contam os integrantes. Bandas internacionais como Sonic Youth, Melvins, Fugazi, Black Sabbath, Sex Pistols, Ramones, The Saints, Buzzcocks, Venon e bandas nacionais como Titãs, Ratos de Porão e Mutantes, moldam o som do grupo. Outros nomes como Jards Macalé, Walter Franco, Itamar Assumpção, Nelson Cavaquinho, Lô Borges, Luiz Melodia, influenciam na forma como Seu Juvenal coloca as letras em português dentro da sua música.

Sobre Marã Música

Empresa especializada em Marketing e Relações Públicas, dentro do mercado da música, fundada em janeiro de 2018 na cidade de Jundiaí, no estado de São Paulo. Idealizada e gerenciada por Henrique Roncoletta, vocalista e compositor da banda NDK, a Marã Música atua na conexão de artistas com marcas e empresas, além de atuar também na gestão de imagem, carreiras, projetos, produções artísticas e eventos culturais.

CONFIRA A LETRA DE “CARIÁ”

Escrita por Fabiano Minimim, Renato Zaca, Bruno Filho e Edson Zacca

Cariá (2x)

Subindo a ladeira do terror

Riscando seu tridente pelo chão

As faíscas que acendem o carnaval

Um demônio da alegria e do amor

Cariá (4x)

Zé Pereira já mandou lhe chamar

Esculpindo a batuque Ouro Preto

Das Cabeças até o Antõnio Dias

Com seu chifre abençõe a cidade

Cariá (4x)

O demônio está morando ao lado

No altar da sua igreja dentro da televisão

O inferno é o caminho escolhido otário

Quando cultua um mito ou um político de estimação

O Cariá vai te pegar

E vai abrir o seu coração

Vai te dar uma mente livre

Da alienação

Cariá (4x)

Redes Sociais de Seu Juvenal

Instagram

Youtube

Spotify


Anguere participa de batalhas de bandas organizada pela rádio Norte-americana Metal Devastation

A banda Anguere iniciou 2022 em um ritmo acelerado distribuindo seu Thrash/Hardcore oriundo da cidade de Rio Claro-SP, a banda lançou seu terceiro álbum de estúdio no final de 2021, intitulado Descrença, disco na qual foi lançado em formato CD e distribuido nas principais plataformas digitais. Já no começo de 2022 o grupo lançou um vídeo clipe para a faixa, “A 7 Palmos”, matérial na qual está obtendo uma grande repercussão pela midia especializada. Agora o Anguere é um dos destaque em uma batalha de bandas organizada pela rádio norte-americana METAL DEVASTATION, você pode votar no link! Ouça o álbum Descrença nas principais plataformas digitais.

Mais informações:

Site

BandCamp 

Instagram

Twitter

E-mail


De volta às raízes: Aline Happ lança versão metal sinfônica de Creed

Inspirada no estilo sinfônico e alternativo do Evanescence, Aline Happ lança versão de “One Last Breath” do Creed. A cantora convidou o guitarrista do Lyria, Rod Wolf, para a versão que também conta com referências da música celta e do folk. A canção já se encontra disponível no canal de Aline Happ no YouTube. Assista “One Last Breath”. A música “One Last Breath” foi lançada em 2002 pelo Creed (sim, já faz 20 anos deste lançamento!) e foi escrita por Scott Stapp, o vocalista da banda. A letra fala sobre erros do passado e como as amizades podem ser a melhor forma de encontrar conforto nessa fase de recuperação. O single faz parte do terceiro álbum do Creed, Weathered, e chegou ao sexto lugar no Billboard Hot 100.

Além de cantar, a artista também produz as músicas, grava e edita os vídeos. Os conteúdos publicados no canal de Aline Happ contam com o apoio de fãs no Patreon e no Padrim. Líder, vocalista e compositora do Lyria, Aline Happ é hoje uma das vozes mais famosas do Metal brasileiro. Em seu projeto solo, a artista promove releituras Gothic/Folk/Celtic de canções do Rock e do Metal mundial que estão disponíveis em seu canal no YouTube. Graças ao apoio dos fãs, a cantora arrecadou mais de 200% da meta do financiamento coletivo para o seu disco solo de estreia, que será lançado neste ano. Além do trabalho solo, Aline é fundadora, vocalista e uma das principais compositoras do Lyria. Conhecidos mundialmente, a banda de Metal Alternativo Sinfônico foi fundada em 2012. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, Catharsis (2014) e Immersion (2018) e tocou em diversas cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, entre outras, além de transmitir shows online com venda de ingressos para o mundo todo. Adquira o álbum em pré-venda.

Acompanhe Aline Happ

Facebook

Instagram

YouTube

Spotify


Radio Front vai além no single e clipe “Give Me More”

Explorando nuances mais pesadas de seu som ancorado no alternativo, no indie e no grunge, a banda Radio Front mostra que consegue entregar ainda mais em seu novo single e clipe, “Give Me More”. A faixa transforma uma sobrecarga de emoções em riffs potentes, sob o comando do engenheiro de som Alexandre Capilé (Sugar Kane, Water Rats). Entre beats modernos e timbres marcantes dos anos 2000, Radio Front olha para o futuro. Assista ao clipe “Give Me More”. Ouça “Give Me More”. Fazendo uma ponte com o rock paulistano no Estúdio Costella, o quarteto carioca mostra novas sonoridades em uma carreira que já chama atenção. Após o disco de estreia, Into The Rain, e uma sequência de lançamentos – entre eles “Pandora”, com Phil Machado (Detonautas) e Vooduo, e o intenso clipe “Expose Me” – agora, a banda está pronta para uma próxima fase. Assista a “Expose Me”.

“A ‘Give me more’ é mais uma experimentação da Radio Front, que cada vez entra mais nesse universo do alternativo. Ela representa uma produção ousada e uma composição muito diferente das outras”, diz o baixista Marcelo Moreira. Além dele, completam a banda Felipe Nova (vocal), Leonardo Bourseau (bateria) e Jon Marques (guitarra). A letra descreve a dificuldade de lidar com sensações, sentimentos e emoções que transbordam. Por isso, o vídeo buscou trazer a falta de fôlego embaixo d’água como representação dessa paralisia, em mais uma ousada produção visual que tem marcado todos os trabalhos da Radio Front.

“A ideia do clipe segue como uma paralisia do sono, onde o personagem não consegue sair de um pesadelo sufocante embaixo d’água. Foi muito legal de fazer, construí um aquário especificamente para essa filmagem e forramos a piscina de preto. A cama está na vertical com roupa de cama costurada, dando a impressão de levitação”, entrega Felipe. Ao longo dos últimos anos de isolamento social, a Radio Front vem explorando novos timbres e estilos de composição que começaram a ser revelados com “Expose Me” e agora ganham outras possibilidades com “Give Me More”. A faixa está disponível para streaming.

Crédito: Bruna Conceição

Ficha técnica

Gravação: Costella Studio

Mixagem e masterização: Alexandre Capilé

Produção: Radio Front

Direção: Gabriel Gomez

Roteiro e Direção Artística: Felipe Nova

Assistência: Mazinho Freitas

Gaffer: Gabriel Escava

Edição: Felipe Nova

Letra

Piercing my head

Comes a Lullaby

You sing slowly till i

Forget about the things

That makes you cry

Light as the air

Pulling inside

All the words declare that

Between our minds there’s

Collision everywhere

Draw me a cave

Where i can hide

Then paint me a smile that won’t go

A feeling that i can control

Make me sad

Burst me in tears

Shut my mouth

And shut my dreams

Won’t you give me more give me more

Completely in need for your love

Won’t you give me more give me more

Completely in need for your touch

You’;re leaving me scared

And i can’t deny

all the addictions choke me

Emotions make me terrified

The lack of the words

The void between the bodies

The distance in the air

Won’t you give me more give me more

Completely in need of your love

Won’t you give me more give me more

Completely in need for your touch


Se emocione com o lirismo poético do jovem grupo piauiense Florais da Terra Quente

Florais da Terra Quente é um projeto coletivo de trabalhos autorais entre amigos compositores, músicos e outros colaboradores. Eles unem diferentes vertentes musicais e artísticas, visando a diversidade em meio à terra quente da capital do Piauí. Formado em 2018, o grupo chamou atenção do público já nos dois primeiros single/clipes, com milhares de plays nas plataformas de stream. Em 2020, o projeto apresentou seu primeiro álbum homônimo, com 9 canções autorais. Para o MARTHE SESSIONS, projeto online do Marthe Festival, a banda apresentou 2 canções do álbum em versões ao vivo: “A Marte” e “O que Sobrar”, além de uma versão para “Correntes”, canção inédita nas plataformas de streaming, do cantautor piauiense Tio (Fabrício Santos). Eles foram o terceiro grupo a gravar, no sol quase do meio dia, em meio às flores de Ipê, árvore símbolo de Teresina.

“A Marte é uma música que tem um significado enorme pra mim, tanto por ter sido a minha primeira música como também pelo significado por trás dela. Como todos já devem imaginar é uma música sobre o amor, sobre a forma como a gente sente que ele tá presente quando estamos com alguém que gostamos. É uma música simples, tanto em acordes como talvez de letra em si, mas carrega toda essa bagagem imensa de sentimentos que tornam ela gigantesca. A Marte é o meu legado de amor até o momento”, explica a jovem cantora e compositora Yngla Hillary.

“Essa música é muito especial pra nós porque a maneira como decidimos fazer o arranjo coincide com a história e a filosofia da banda. Antes da florais, já éramos artistas e compositores, mas nos juntamos nessa banda para criar um estilo que nos unisse e trouxesse o melhor de cada um. Isso coincidiu também com a composição ser quase como se fosse uma coletânea de comentários e experiências sobre o amor, fazendo nosso universo pessoal se tornar coletivo, e tornando o confessional em universal. Por isso também que escolhemos ela para abrir o disco, acho que é a música mais “a nossa cara””, comenta o guitarrista e vocalista Artur Caldas sobre “O Que Sobrar”.

“A música do Tio é muito especial, pra pelo menos três ou quatro membros da banda. Foi uma música que quando eu ouvi, me fez querer compor, criar coragem de mostrar minhas coisas pra mais gente”, complementa Artur. A Marthe Sessions é um projeto online do Marthe Festival, evento produzido pelo Hominis Canidae em Teresina. O evento físico teve 3 edições entre 2017 e 2019, com mais de 50 apresentações em vários espaços da capital piauiense. A Sessions contou com cinco novos nomes da cena piauiense. “A experiência de gravar a session foi ímpar, desde a escolha do lugar à execução da performance. Até mesmo o posicionamento da banda gerou uma atmosfera bem intimista e o cenário foi responsável por “emoldurar” tudo isso. Também fomos privilegiados em poder participar desse projeto ao lado de outros artistas que admiramos e acompanhamos na cena musical. Deixamos aqui um agradecimento a todos que estavam por trás das câmeras, responsáveis pela produção e registro dessa session. Foi a união de todas essas coisas que fizeram desse momento algo único”, comenta a vocalista da Florais Maria Clara, sobre a experiência de tocar na Marthe sessions.

O projeto foi lançado no final de janeiro no canal do Hominis Canidae no Youtube e já conta com mais de mil e trezentas visualizações orgânicas (Veja aqui). OUÇA O EP DA FLORAIS DA TERRA QUENTE NO MARTHE SESSIONS NO SEU STREAM PREFERIDO.

Florais da Terra Quente no Marthe Sessions foi: Marcelo Queiroz Moura Fé Santos (Violão, Voz); Yngla Hillary Silva (Violão, Voz); Maria Clara Leite Macêdo (Voz); Juscelino Roberto Alves Filho (Violão e Voz); Rafael Marques da Silva (Baixo); João Baptista Mereu Filho (Violino); Artur Caldas Meneses Pires Ferreira (Guitarra, Voz); Evie Ferreira da Silva (Bateria)

Acompanhe a Florais da Terra Quente no Instagram

O Marthe Sessions é um projeto aprovado na Lei Aldir Blanc pela prefeitura de Teresina, através da Fundação Monsenhor Chaves. O Marthe Festival é um evento filiado a Associação Brasileira de Festivais Independentes (ABRAFIN).

Realização: Hominis Canidae

Produção: Diego Pessoa

Direção de vídeo: Javé Montuchó

Edição e montagem: Cleiton Santos e Javé Montuchô.

Edição e captação de Áudio: AUDMUS

Fotografia: Renata Fortes

Imagens: Karyston Silva, Cleiton Santos e Javé Montuchô.

Assessoria: #HominisDissemina

Design: Josnane

Marketing digital: R.A Marketing Digital.

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.