IGNITED: banda publica seu top 10 do rock e metal de 2020

Dalton Castro, guitarrista da banda catarinense de heavy metal IGNITED, publicou nas páginas do grupo seus 10 álbuns preferidos de rock/metal de 2020, confira:

Testament – Titans of Creation

Na minha opinião creio que o Testament chegou num novo ápice técnico com esse disco, creio também que muito pela contribuição do Gene Hoglan e do Steve DiGiorgio. O refrão de “Dream Deceiver” é clássico!

Paradise Lost – Obsidian

Produção impecável do Jaime Gomez Arellano, excelente álbum e bastante imersivo no clima apresentado.

Joe Satriani – Shapeshifting

Aquela aula de guitarra com o total domínio de cada movimento nas mais diversas intensidades. Para ouvir e se inspirar!

Avatar – Hunter Gatherer

Conheci Avatar há pouco tempo e achei este álbum recente, especialmente pela faixa “Colossus” que tem um dos clipes mais legais da atualidade e um refrão incrível!

AC/DC – Power Up

É o melhor dos dois mundos, produção moderna e música muito bem feita, nasce clássico!

Deep Purple – Whoosh!

Disco com uma sonoridade um pouco mais intensa e temas mais pesados ao meu ver em relação aos demais Purples, os timbres estão demais e destaco a faixa “The Power of the Moon”.

Dark Tranquillity – Moment

Acompanhei alguns making-ofs desse disco e o lugar onde foi gravado condiz muito com a atmosfera desse álbum poderoso de death metal melódico. Muito bom!

Jinjer – Alive in Melbourne (Live)

Conheci faz pouco tempo a banda e pesquisando sobre, descobri que estão a alguns anos já dando muito duro na estrada e em tours pelos interiores da Europa (conforme os vlogs no canal do YouTube da banda). Excelente álbum ao vivo e altamente técnico. Recomendo! O batera faz chover com o mínimo de peças!

The Lightbringer of Sweden – Rise of the Beast

Trabalho muito foda de autoria de Lars Eng, o qual trás realmente muita qualidade sonora e muito power metal nesse envolvente álbum. Conta com os vocais do Herbie Langhans (Firewind) e eu destaco a mixagem e masterização do Fredrik Nordstrom (Fredman Studios) que coloca o som em outro nível!

Spirit Adrift – Enlightened In Eternity

Curtí muito os riffs e os vocais neste álbum, soa impactante e com muita energia, sonoridade meio anos 70 porém com uma cara contemporânea.

A IGNITED segue divulgando Steelbound, seu álbum de estreia que foi lançado ano passado pela gravadora Voice Music e recentemente disponibilizou um playthrough de guitarra da faixa “Roaring Gears“.


Satanjinhos: estreia vídeo oficial para “O Clube das Winx” com participação de Gabriel Bonilha

Depois do sucesso de Power Rangers, Satanjinhos lança mais um cover inusitado. O tributo aos clássicos infantis da televisão dessa vez fará homenagem às Winx. “O Clube das Winx” estreia hoje no canal do YouTube do Satanjinhos e conta com a participação especial de Gabriel Bonilha, dono do canal Monstro Vocal e vocalista da banda Vulcane. Os arranjos de “O Clube das Winx” foram feitos por Gianluca Lanzetta, Gabriel Alves, Daniel Midéa, Gabriel Bonilha, Guilherme Costa e Mateus Mendes. A mixagem e masterização é de Mateus Mendes, MMs Estúdio Musical e a edição por Gianluca Lanzetta. Confira “O Clube das Winx” no YouTube. Para saber de todas as novidades do Satanjinhos, acompanhe as redes sociais da banda.

Satanjinhos: The Mônio – Vocal; Deeh Abo – Guitarra; Koi Zaruin – Guitarra; Pep Reto – Baixo; Seth Pele – Bateria

Mais informações:

Facebook

Instagram

YouTube


Aline Happ, do Lyria, lança releitura de “Sad But True”

Uma das músicas mais populares do Metallica, “Sad But True” ganha uma releitura de Aline Happ, cantora conhecida por seu trabalho à frente do Lyria. Inspirada no metal sinfônico, a versão de Aline conta com corais e orquestras, além de uma técnica vocal diferenciada. O vídeo para a canção nos remete a uma atmosfera misteriosa, utilizando de simbologias presentes em histórias de horror. “Essa música está ligada ao inconsciente, ao bem e ao mal, a pensamentos obsessivos, culpas, arrependimentos, rancor e diversos sentimentos negativos que precisam ser canalizados de alguma forma. Trouxe símbolos diversos, símbolos do terror de nossas próprias mentes. O fantasma representa os pensamentos que nos assombram, assim como a bruxa. Enquanto o vocal mais rasgado, representa o escárnio e o sermão, o lírico traz a ideia de algo mais distante e inalcançável, uma voz ecoando dentro da sua cabeça.”, explica Aline Happ.

Além das simbologias mencionadas por Aline, o véu também ganha destaque na história do vídeo para “Sad But True”, evocando a imagem de uma figura sagrada que nunca mostra diretamente o rosto. A cor preta remete ao misticismo, como também ao profano e ao sombrio. Aline Happ salienta que a ideia foi trazer um símbolo sagrado às avessas. Também utilizando as pérolas na coroa como uma representação da pureza, purificação e perfeição. Presente no clássico álbum Metallica, conhecido como “Black Album”, de 1992, a música “Sad But True” marca uma nova afinação e portanto, uma nova fase, na carreira da banda americana de metal. De acordo com James Hetfield, líder e vocalista do Metallica, a temática da música foi inspirada no filme Magic (1978), em que um ventríloquo é dominado por um boneco incorporado pelo mal. A letra também pode estar ligada à criação religiosa de Hetfield, tornando-se mais uma das músicas da banda que critica a manipulação feita por políticos, religião, entre outros.

Conheça Aline Happ

Conhecida mundialmente por seu trabalho como líder, vocalista e compositora do Lyria, Aline Happ é hoje uma das vozes mais famosas do metal brasileiro. Em seu projeto solo, a artista promove releituras Gothic/Folk/Celtic de canções do rock e do metal mundial que estão disponíveis em seu canal no YouTube. Graças ao apoio dos fãs, a cantora arrecadou mais de 200% da meta do financiamento coletivo para o seu disco solo de estreia, que será lançado ainda neste ano. Os vídeos postados no canal de Aline Happ contam com o apoio de fãs no Patreon e no Padrim. Conhecidos mundialmente, o Lyria é uma banda carioca fundada em 2012 por Aline Happ. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, Catharsis (2014) e Immersion (2018) e tocou em diversas cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, entre outras.

Assista “Sad But True

Acompanhe Aline Happ

Facebook

Instagram

YouTube

Spotify

Em tempo, uma das mudanças que a pandemia nos trouxe foram os festivais online. Uma forma democratizada de ter acesso aos shows de bandas de todos os cantos do país, e até do mundo, se tornou o queridinho dos amantes da música. Nesta sexta-feira (29) foi a vez da segunda edição do Under Fest II, que contou com 31 bandas de todo o Brasil. Entre elas destacamos o metal sinfônico alternativo do Lyria (RJ), conhecido mundialmente e que hoje é um dos grandes nomes do gênero no país. As apresentações foram gratuitas e aconteceram no YouTube do Under Martyr. Criada em 2012 por Aline Happ (voz), a banda de metal sinfônico alternativo é uma das mais conhecidas do Brasil, chegando a contar com quase 100 mil curtidas no Facebook. O segundo álbum, Immersion, contou com um financiamento coletivo para ser produzido, arrecadando mais de 13 mil dólares. Feitos extraordinários para uma banda independente de metal brasileira.

Com refrãos marcantes, arranjos bem trabalhados e temas de superação, o Lyria reúne fãs de todos os cantos do globo, principalmente na Europa, Estados Unidos e Brasil. Além de Aline, o Lyria conta com Rod Wolf (guitarra), Thiago Zig (baixo) e Thiago Mateu (bateria). Atualmente a banda segue lançando materiais extras e inéditos em seu canal oficial no YouTube, além de participar de festivais online durante a quarentena. Assista “Let Me Be Me”, do Lyria.

Também se apresentaram no Under Fest II as bandas Vocifer, Revengin, Mercy Killing, Laborator, Warshipper, Relume HC, In Raza, Ignis Perpetua, Hypatiah, Exortta, Charles Soulz, Corja, Xicão Uai Rock, Seyren, Ossos Cruzados, Sacrificed, Perpetual Legacy, Santo Graal, Seventh Sign From Heaven, Urantia, Tchandala, Neverwinter, Capella, Ben Baruk, Azorrague, Die For a Reason, Legacy of Kain, Flowers to the Ground e Válvera.

Serviço

Under Fest II

Data: 29 de janeiro (sexta-feira)

Horário: 20h

Entrada Gratuita

Classificação etária: Livre

YouTube


THE CROSS: confirmada em coletânea europeia da MS Metal Agency

A MS METAL EUROPE confirmou que a THE CROSS foi inserida no quarto volume da coletânea The Gates of Brazilian Metal Scene, que será lançada nos formatos físico e digital. Na ocasião a banda apresentará a música “Unnatural”. Este projeto será dividido em cinco volumes, que revisitará toda carreira da agência, com artistas atuais do cast, além dos que já passaram pelo mesmo e os que serão futuros lançamentos da empresa. O material terá caráter promocional, e toda sua tiragem física servirá para abastecer o mercado europeu, sendo distribuído para veículos de imprensa, promoters e fãs do Metal brasileiro no velho mundo.

Em paralelo, a THE CROSS divulgou a pré-venda do álbum ao vivo do show realizado no festival Palco do Rock 2020, intitulado Live Endless Fall. O material será lançado em formato digipack de três painéis e será disponibilizado em 150 cópias em novembro do corrente ano. O produto poderá ser adquirido nas redes sociais do grupo com custo de R$40,00 (frete à parte).

Links relacionados:

Instagram


VULCANO: Mais sites colocam “Eye In Hell” entre os melhores lançamentos de 2020, confira!

As boas notícias não param! Depois de inúmeras publicações colocando o atual trabalho do VULCANO, Eye In Hell, entre os principais lançamentos do ano que findou, mais veículos de imprensa liberaram suas listas e confirmaram este fato.

A revista Roadie Crew – segundo escolha do colaborador Sergiomar Menezes na edição #258 – e o canal Metal Com Batata já liberaram seus “Melhores de 2020” e este álbum figurou nos mesmos, confira abaixo:

Roadie Crew – Edição #258 | Dezembro de 2020

Metal Com Batata – votação popular

Confira as demais listas que citaram Eye In Hell

Underground Extremo – Death Metal
Metal Minds Reflections
Arte Metal – Vitor Caricati
Metal BR
Esteriltipo
Roadie Metal

A banda também concorre em 5 categorias para melhores do ano pela votação popular anual da revista Roadie Crew, confira:

Melhor álbum: Eye In Hell;
Melhor vocalista nacional: Luiz Louzada;
Melhor guitarrista nacional: Zhema Rodero e Gerson Fajardo;
Melhor baixista nacional: Carlos Diaz;
Melhor baterista nacional: Bruno Conrado;

Para votar, acesse o link, insira seu nome e e-mail, mas não se esqueça, antes dos nacionais é necessário escolher os nomes internacionais e também terminar 100% para validá-la. O resultado será divulgado no site da Roadie Crew no próximo dia 01/02/2021. Ouça Eye In Hell em todas as principais plataformas de streaming e download aqui.

Sites relacionados:
Facebook
Site oficial
Sangue Frio Produções


Pappa Jack retrata pólos emocionais opostos em intenso clipe “Sentinela”

A banda carioca Pappa Jack convida a uma jornada emocional que vai a pólos extremos distintos – da euforia à fúria – em seu mais novo clipe, “Sentinela”. Após mostrarem sua intensidade como quarteto nos vídeos de “Renascer” e “Jovem Drama”, agora os músicos dão lugar à interpretação da atriz Julianna Firme sob direção de Doug Martins. Esta e as demais faixas fazem parte do EP O Mundo Inteiro em Uma Noite, já disponível nas plataformas de streaming. Assista a “Sentinela”. Ouça O Mundo Inteiro em Uma Noite. A letra de “Sentinela” versa sobre demônios pessoais e questões de saúde mental com uma mensagem positiva de busca pela redenção. No clipe, essa dualidade ganha contornos mais intensos e abraça a ideia de que ninguém é apenas bom ou ruim – todos habitamos uma zona cinzenta onde pólos negativos e positivos vão se equilibrando para coexistir. Mas o otimismo prevalece, com a visão de que mesmo que o lado negativo ganhe por um determinado período, ainda existe o oposto, que pode vir a ser o predominante em outra fase.

“‘Sentinela’ aborda a fé, a espiritualidade e a dificuldade de combater os próprios demônios. É uma música que alterna momentos tristes e suaves com passagens mais agitadas, tentando justamente transparecer que para sair de um estado de sofrimento é preciso gerar movimento, excitação. Dessa forma, mesmo falando sobre ansiedade e depressão, ‘Sentinela’ também leva a mensagem de que é possível ter a redenção, mas apenas através do autoconhecimento e da fé em si mesmo”, reflete o vocalista Lucas Sabrini. Além dele, a banda é formada por Thiago Abdallah (guitarra/ backing vocals), Jimmy Jr (guitarra),  Magori (bateria) e Hideki Yamada (baixo). Assista ao clipe “Jovem Drama”. Assista ao clipe “Renascer”.

Hard rock e metalcore, blues e pop rock, stoner e country, alternativo e rap se encontram na sonoridade de Pappa Jack. O Mundo Inteiro em Uma Noite veio para somar à discografia do quarteto, que estreou em 2016 com o EP Suburbana Boulevard, trabalho que rendeu à banda seus primeiros shows e estabeleceu uma identidade para a sua sonoridade. Após um período de transição que marcou o fim do ciclo desse primeiro álbum e mudanças na formação, o grupo voltou ao estúdio e se reinventou.  O resultado é o novo EP, lançado no final de 2020 e que teve produção musical do guitarrista Thiago Abdallah e masterização de Diogo Macedo. “O Mundo Inteiro em Uma Noite” já está disponível para audição nas principais plataformas de streaming de música, e o clipe, no canal de YouTube da banda.

Crédito: Igor França

Ficha Técnica:

\\ MÚSICA “SENTINELA”

Lucas Sabrini – vocais/ violão

Jimmy Jr – guitarra

Thiago Abdallah – guitarra/ baixo/ backing vocals

Magori: bateria

Gravada e mixada por Jorge Guerreiro no Melhor do Mundo Studios, Rio de Janeiro.

Masterizado por Diogo Macedo no Eme Studio, Rio de Janeiro.

Composição: Lucas Sabrini e Thiago Abdallah

\\ CLIPE “SENTINELA”

Uma produção de Panóptico Filmes

Produção Executiva: Pappa Jack

Elenco: Julianna Firme

Direção: Doug Martins

Assistente de Direção: Gabriel Camacho

Direção de Produção:  Maria Piragibe

Produção Artística: Marianna Firme

Direção de Fotografia: Roberto Riva

Assistente de Câmera: Thales Alves

Assistente Geral: Milena Guimarães

Gaffer: Mini Brut

Edição e Cor:  Gabriel Camacho

Comunicação digital: A Ponte Produções

Assessoria de imprensa: Build Up Media

Letra

Mente pra mim

Diz que tudo vai ficar bem

Que dessa vez

Não será preciso implorar por redenção

REFRÃO:

Se minha casa cair

O que salvar dentro daqui?

Rezar, rezar por piedade

Por proteção

O corpo pede descanso

Outra noite passa em claro

Pensamentos caros que custaram um surto

Sujo, sujo, sujo de pavor

(REFRÃO)

Rezar… por proteção…

Rezar…por proteção…

(SOLO)

(REFRÃO)

Acompanhe Pappa Jack:

Facebook

Youtube

Instagram

Twitter


Almas Rebeldes: DIGAØ divulga parceria com a best-seller Jadna Alana

Viver pelo amor. Essa é a principal mensagem do novo single de DIGAØ, intitulado “Almas Rebeldes”. A música trata-se de uma espécie de hino em prol da luta contra a opressão e os preconceitos como um todo, tendo sido inspirada em bandas como Smashing Pumpkins e ZWAN. O lançamento é disponibilizado pelo selo Musikorama Music Records. A faixa conta com a participação especial da escritora Jadna Alana. Conhecida principalmente pelo sucesso dos romances Os sete reinos de Olivarum e Riacho do jerimum, Jadna estreia no âmbito musical cantando em Almas Rebeldes. Na ocasião, a canção foi gravada de forma remota. Escute Almas Rebeldes via Spotify ou Deezer.

O título da faixa, por sua vez, é homônimo a um livro lançado por Khalil Gibran, em 1908. Segundo DIGAØ, ambos retratam o patriarcado. “São obras que frisam a importância do respeito e reconhecem a existência maléfica de uma implícita regra social masculina de oposição à liberdade feminina e homoafetiva. Por isso, achei válido trazer uma real figura feminina para representar esta voz oprimida. A Jadna Alana realizou esse papel com uma interpretação esplêndida”. A escritora – e agora cantora – conta que a música é um amor antigo e destaca a importância de Almas Rebeldes correlacionar-se com o âmbito literário.

“Isso é importante para mim, já que tenho vínculo com as duas áreas. Desde pequena, sempre adorei cantar. Fiz parte de um grupo musical da escola e hoje gravo alguns covers nas redes sociais. Contudo, nada profissional. O convite surgiu em um momento inesperado, mas o DIGAØ me apoiou muito e isso fez toda a diferença. O resultado foi muito gratificante”. “Almas Rebeldes” é o segundo lançamento de DIGAØ em 2021. Anteriormente, o músico divulgou o single O Verão da Corrupção. O artista já prepara outras faixas para o decorrer deste ano, sendo que todas visam atender o universo dos leitores, trazendo-os para o espectro musical.


TOXIKULL ANUNCIA “WARRIORS COLLECTION”

A banda TOXIKULL volta em força para lançar o seu novo trabalho Warriors Collection no dia 23 de Fevereiro. Este trabalho não é um álbum nem um EP, mas sim uma coleção de 6 singles que serão lançados durante o ano 2021, singles estes acompanhados sempre de um convidado especial. Michael Blade: “Como fomos privados de fazer turnês e de tocar ao vivo, pensamos num formato que nos permitisse manter a chama viva nestes tempos complicados para qualquer artista. Esta é a base do Warriors Collection, chegar a todos os metálicos e juntar a comunidade do Heavy Metal através da música que mais gostamos. E qual a melhor maneira de conseguir isso, do que colaborar com pessoas que não apenas são uma inspiração para nós, mas que carregam a bandeira do Metal como mais ninguém?”

A fasquia está mais alta que nunca e os TOXIKULL prometem que cada single irá ser um hino ao Heavy Metal. Warriors Collection irá ser lançado fisicamente pela editora Amazing Records no formato de Box Set, onde cada coleccionador poderá colocar dentro cada single que sairá no formato de Cardboard Sleeve.


Chaos Synopsis com vocais de Anna Murphy (Ex-Eluveitie, Cellar Darling) no 1° single de 2021

A banda Chaos Synopsis (SJC-SP) já possui uma extensa discografia, com diversos discos lançados, e agora também em formato de LP, além de diversas tours européias. Em 2020 foi uma das primeiras bandas a lançar uma música com o tema sobre o Coronavírus. Os músicos tiraram proveito da proibição de shows e tours por todo mundo por causa da pandemia, para criar e produzir novas músicas, que resultou no single Coronavirus, que além da faixa título contém uma versão acústica da música Serpent in Flames, do álbum Gods of Chaos.

Pensando em inovar e dar um presente inusitado aos fãs, convidaram a suíça Anna Murphy para participar de “Serpent in Flames”, que ficou reconhecida mundialmente na banda Eluveitie (2006-2016), atualmente na Cellar Darling. “Na minha opinião, é um dos vocais mais bonitos da atualidade”, aponta o vocalista e baixista Jairo Vaz. Os músicos convocam os fãs e amigos para ficarem ligados, pois o single digital estreia dia 27/01, nas principais plataformas digitais. A música faz parte do compacto Coronavirus, LP 7″ que pode ser adquirido na loja oficial, com envio para qualquer parte do Brasil e mundo.

Links relacionados:

Loja
Site oficial
Facebook


NEKER: Italian sludge metal solo project NEKER sign to Time To Kill Records

NEKER, sludge/doom metal, annuncia di aver firmato con l’etichetta italiana Time To Kill Records per l’uscita del suo nuovo album. Il disco uscirà nella primavera del 2021. Ulteriori dettagli sull’album ed altre novità verranno annunciati a breve.

GENERE:
Sludge / Doom /Southern Metal

BIOGRAFIA:
Dall’esigenza di formare una band che accompagnasse i miei riffs di basso e la mia voce, nel 2015 incontro Alessandro Eusebi alla chitarra e Daniele Alessi alla batteria. Con questa formazione nell’inverno 2016/2017 ho registrato il mio primo disco “LOUDER”. Dopo alcuni show tra Italia ed Europa nel 2018 ho fatto il mio primo vero tour europeo, nel 2019 invece un tour in Canada. Nello stesso anno e buona parte del 2020 ho registrato e prodotto il mio nuovo album,in uscita nel 2021.

OVERVIEW:
Sono un cantante bassista che ama la ricerca di nuove sonorità, ma con uno sguardo agli anni 90! Sono un fan di Phil Anselmo, ma cresciuto ascoltando dall’acid jazz all’hardcore! Quando scrivo riffs mi ispiro a: Down, Crowbar, Every Time I Die, Melvins, Mastodon, Doomriders, Type O Negative. Non ho grandi messaggi da dare posso solo esprimere ciò che provo o raccontare storie. Credo che la gente sia satura di messaggi e abbia solo bisogno di buona musica in cui perdersi.

FORMAZIONE: N E K E R – bass/lead vocals; Alessandro Eusebi – guitars; Daniele Alessi – drums

DISCOGRAFIA:
LOUDER (2017)

Band:
Facebook
Instagram

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.