AXECUTER: Concorrendo em 4 categorias nos “Melhores de 2019” pelo site Roadie Crew, vote agora!

2019 não poderia ter sido melhor para os paranaenses do AXECUTER, após uma ótima receptividade da imprensa especializada acerca do atual álbum Surrounded By Decay, a tradicional lista dos “Melhores de 2019” feita pela Roadie Crew surpreendeu ainda mais. A votação é pública e todos podem participar, a banda aparece como destaque em quatro categorias, são elas:

– Melhor álbum nacional: Surrounded By Decay
– Melhor vocalista nacional: Danmented
– Melhor baixista nacional: Rascal
– Melhor baterista nacional: Verdani

Acesse o link e vote em todas as categorias, não se esqueça de terminar sua votação com nome e e-mail para validá-la. O resultado será publicado no site da Roadie Crew no dia 07/02/2020. Confira aqui todos os sites que listaram Surrounded By Decay como um dos melhores lançamentos de 2019. Encontre e ouça Surrounded By Decay nas principais plataformas de streaming do mundo:

Spotify
Deezer
iTunes
Tidal

Adquira-o no formato físico por R$ 20,00 (+ frete) escrevendo para o e-mail ou pelo Facebook.

Sites relacionados:
Facebook
Bandcamp
Sangue Frio Produções


Lyria lança vídeos de show transmitido online

O fim de 2019 contou com um agrado para os fãs do Lyria: a transmissão online do show especial de Natal. Gravado no home studio da banda carioca, a apresentação contou com músicas dos discos Immersion (2018) e Catharsis (2014), entre elas “The Phoenix Rebirth”, uma das faixas do trabalho de estreia, e “Let Me Be Me”, do segundo álbum. Os vídeos ao vivo são uma amostra da experiência dos shows online, que conta com interação entre banda e fãs durante toda a transmissão.

“Queríamos trazer uma boa mensagem para o ano de 2020. Então escolhemos uma música de cada álbum para ilustrar isso. The Phoenix Rebirth fala sobre o renascimento da fênix, que tanto sofreu mas conseguiu se reerguer e ficar ainda mais poderosa e Let me Be Me que fala sobre bullying e sobre ser você mesmo. Nada melhor do que começar um ano superando seus problemas e sabendo de sua força interior.”, mentaliza Aline Happ, vocalista e principal compositora do Lyria.

Uma das bandas mais respeitadas de metal sinfônico do país, o Lyria teve um ano de 2019 bem produtivo! A “Immersion Tour” passou por diversas cidades do Brasil em 2019, como Curitiba, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Sorocaba, São Paulo, Campos dos Goytacazes e Rio de Janeiro; Lançamento de clipes, como o The Rain, o mais recente, que conta com mais de 158 mil visualizações, além da oportunidade de conhecer fãs do mundo inteiro, por meio do contato online diário. É com tantas conquistas que a banda chega ao ano de 2020 repleta de planos para turnês e lançamentos de clipes, além de dar início à produção do novo álbum. Criada em 2012 por Aline Happ, a banda de metal carioca é uma das mais conhecidas do país, chegando a contar com 94 mil curtidas no Facebook. O segundo álbum, Immersion, foi lançado graças a um financiamento coletivo, arrecadando mais de 13 mil dólares (cerca de 54 mil reais). Feitos extraordinários para uma banda de metal brasileira.

Além de Aline, o Lyria conta com Rod Wolf (guitarra), Thiago Zig (baixo) e Thiago Mateu (bateria). Com refrãos marcantes, arranjos bem trabalhados e temas de superação, o Lyria reúne fãs de todos os cantos do globo, principalmente na Europa, Estados Unidos e Brasil.

Assista “The Phoenix Rebirth

Assista “Let Me Be Me


Miasthenia: confirmado como atração principal do Xaninho Sessions, que será realizado em maio na cidade de Belém do Pará

Um dos principais festivais de Metal de Belém do Pará, acaba de anunciar oficialmente, três datas distintas que serão promovidas as datas e algumas das atrações, também foram reveladas oficialmente. Xaninho Sessions, terá sua primeira data no dia 18 de abril, onde as bandas Garotos Podres, Rhegia, Licos de Xorume, A Red Nightmare e outras se apresentam. No dia 24 de abril, Violator, Anubis, Retaliatory e mais, também estão confirmadas. Agora o que ninguém sabia, é que, dia 23 de maio, mais uma etapa do evento será realizada e a primeira banda, a atração principal desta data acaba de ser confirmada. O Miasthenia, renomada banda brasileira e oriunda de Brasília, é a atração que terá a incumbência de fechar a data recém divulgada.

A produção ainda trabalha com outros nomes e em breve, mais detalhes e atrações serão devidamente apresentadas ao público. Para saber tudo sobre esse evento, datas, locais e atrações, acesse o link e acompanhe todas as novidades.


Jukebox From Hell: disponibiliza single, Eu, Deus e o Rock and Roll, para audição completa no YouTube

Enquanto preparam um novo disco de estúdio, a Jukebox From Hell, inicia o processo gradativo de liberação das faixas de seu segundo álbum de estúdio, Eu, Deus e o Rock and Roll, em tracks individuais para os fãs da banda que querem escutar o registro no canal de YouTube do grupo. Após liberar todas as composições do álbum, Destemperado, a faixa que carrega o nome do segundo disco, Eu, Deus e o Rock and Roll, é oficialmente disponibilizada e você pode conferir essa obra incrível, e, calcada em linhas de Heavy Metal, Hard Rock e Rock Progressivo, acessando o link.

O novo disco já está em fase avançada de composições e muitas músicas serão disponibilizadas no aguardado, A Saga do Terceiro Irmão, que está previsto para o segundo semestre de 2020.

Formação atual: Pê Ribeiro – Baixo; Rodrigo Beckman – Guitarra; Oscar Jayme – Bateria; Hector Grecco – Guitarra; Patrik Alves – Vocal

Mais informações:

Facebook

Instagram


VULCANO: Ouça agora a entrevista para a Rádio Oz

Em meio aos trabalhos de divulgação do vindouro álbum Eye In Hell, Zhema Rodero, guitarrista e fundador do VULCANO, concedeu uma entrevista para a Rádio Oz. Neste bate papo, o músico falou sobre a recente turnê “Europe Stormed”, discografia, métodos de composição, gravação e muito mais. Confira a entrevista completa aqui. Em outras notícias, Eye In Hell estará disponível a partir do dia 13/03/2020, porém a Mighty Music – gravadora responsável pelo lançamento – já disponibilizou sua pré-venda em CD e LP, ambos importados, confira:

CD
LP

Assista ao videoclipe de “Bride Of Satan”, divulgado recentemente:

Encontre a faixa também nas principais plataformas de streaming:

Spotify
Deezer
iTunes
Amazon music
Tidal

Sites relacionados:
Facebook
Site oficial
Sangue Frio Produções


ORTHOSTAT: Assista a performance da banda em “Eridu” executada no ‘NeHell Festival 4’

Em sua última miniturnê por Santa Catarina, onde passou por São José, Balneário Camboriú e Jaraguá do Sul, o ORTHOSTAT esteve divulgando fortemente seu atual trabalho Monolith Of Time. Na quarta edição do ‘NeHell Festival’, que ocorreu no dia 09/11/2019, a banda apresentou seu setlist completo e dentre elas estava a faixa “Eridu”, que foi gravada e divulgada em seu canal oficial no YouTube. Assista e confira um pouco da brutalidade desta apresentação.

Em paralelo, o ORTHOSTAT divulgou recentemente que já está trabalhando em seu novo álbum, previsto para o último trimestre de 2020. O grupo aproveitou para trazer a público seu novo logotipo, que segundo o guitarrista e vocalista David Lago: “foi redesenhado para manter a estrutura básica, porém, adicionando alguns elementos que demonstram a evolução musical do grupo, onde as músicas se tornaram mais obscuras e técnicas.”

Sites relacionados:
Facebook
Youtube
Bandcamp
Sangue Frio Produções


Playmoboys e Oh! I Kill unem forças em disco de indie pop

A verve roqueira da Playmoboys se encontra com o lado dançante da Oh! I Kill, resultando em um indie pop contagiante. Essa é a marca de I Just Wanna Dance, álbum conjunto das bandas expoentes do rock independente do interior fluminense. Com sete faixas, o projeto está disponível em todas as plataformas de música e chega com o clipe da sua faixa-título.

Ouça “I Just Wanna Dance!”

Assista ao clipe da faixa-título

O disco traz a afinidade de duas bandas que excursionam juntas desde 2013, quando se uniram para uma série de shows. Em 2019, já somando dezenas de apresentações em conjunto, os integrantes Conrado Muylaert e Leo Nominato, da Playmoboys, e Raphael Braga e Bernardo Arenari, do Oh! I Kill, apostaram em mesclar seu caldeirão de referências em um single, trazendo ainda o guitarrista convidado Romarinho. O encontro em estúdio deixou clara uma sintonia gerou um álbum completo escrito e gravado pelas duas bandas com direito a dois singles com vídeos. Além da parceria, os grupos recebem a participação da cantora romena Diastrid, na faixa “Spoiled Kids”.

Assista a “Goodbyes R Never 4ever

Assista a “Fears and Sins

O clima tem tudo a ver com a Playmoboys, que comemorou em 2018 os 10 anos da banda. Nessa década de história, o grupo lançou três álbuns, inúmeros singles e acumulou turnês internacionais. A Playmoboys chegou a ser apadrinhada pelo The Libertines, cujos músicos são parceiros em algumas passagens pelo Reino Unido. Após lançar a coletânea Todos cresceram mas ainda sou o mesmo, a Playmoboys prepara seus próximos passos. A parceria com o Oh! I Kill será o primeiro desses projetos. A produção musical de I Just Wanna Dance é de Conrado Muylaert e a mixagem é de William Junior. O álbum está disponível em todos os serviços de streaming de música.

Ficha técnica

Produção, guitarra, synth: Conrado Muylaert

Bateria, baixo e vocais: Bernardo Arenari; Voz: Raphael Braga;

Participação Especial – Diastrid (Voz em “Spoiled Kids”)

Faixa-a-Faixa, por Conrado Muylaert

1 – “I Just Wanna Dance”: começa com um riff feito no Rhodes, e traz uma sonoridade setentista. As três vozes do projeto participam da música, que mistura versos tranquilos com refrão rasgado. No meio disso tudo, um solo com timbre de órgão inspirado em bandas como The Doors.

2 – “The Bunny Hop“: é uma balada indie com referências de bandas inglesas que são influências das duas bandas do projeto. A letra destrincha o medo de solidão diante da vulnerabilidade de um relacionamento.

3 – “Fears and Sins“: um rock com toques de blues moderno, cantado de forma rasgada. É a faixa mais energética do álbum, na qual a letra fala sobre erros e acertos nas escolhas da vida.

4 – “Goodbyes R Never 4ever“: nessa faixa, predomina a influência pop da banda Oh! I Kill. Bernardo e Raphael alternam vocais em meio a muitos sons sintetizados.

5 – “VAR“: um indie pop leve, com várias influências misturadas e um vocal cheio de efeitos.

6 – “Spoiled Kids“: outra balada do álbum, dessa vez com a participação da cantora romena Diastrid. O instrumental tem grande referência do pop atual. Para compor essa música, ouvi desde Ariana Grande a Charlie Puth, colocando minha influência indie rock para finalizar a canção. Conheci Diastrid em algum canto na internet e fiquei encantado com o timbre da voz dela.

7 – “Good Old Friend“: mais um rock energético, dessa vez falando sobre como o passar do tempo afasta os amigos. A música relembra histórias de uma dupla de melhores amigos e propõe um reencontro como nos velhos tempos.


Emerald Shine – “Misty Tales” Self-Released 9 November 2018

Emerald Shine is a band from Northern Moravia, Czech Republic, fusing the power of metal music with the delightful sound of a harp, violin, recorders and tin whistles. The usage of three different vocal styles and progressive elements adds to the originality and versatility of their music. Emerald Shine was born from the need of the main composer and songwriter, Leena, to tell fantasy stories via music which would be heavy and atmospheric at the same time. In 2013, she managed to bring the first line-up of musicians together. Since then, the band has developed their specific style and sound within the folk metal genre.

With all the above-listed instruments and voices performed live, Emerald Shine has been well received by fans at music clubs and festivals. The band has so far released two CDs, a demo EP Beneath the Stars (2016) and a debut full-length album Misty Tales (2018), plus several music videos, of which Rainy Night has been the most successful, becoming one of the 12 finalists of the year 2018 in a music video chart on the Czech channel TV Rebel. Nowadays, the band is performing in Czechia, Poland and Slovakia and composing material for a brand new album. Leena comments on Misty Tales: «Our goal on the concept album Misty Tales was to tell a “fan fiction” story about the Tolkien’s elves: What if they still lived in our world, even today? What would they think of us, people, and what would they tell us if we met them? The fans can therefore expect some “fantasy metal”, as we call it, as we did our best to express the story also in the music, not just in the lyrics.»

Line-up: Leena (vocals, recorders, whistles, acoustic guitars); Radomír (harp, harsh vocals);Radek (bass guitar); Kamil (drums); Dušan (vocals, guitars); Klára (violin, backing vocals)

Genre: Fantasy metal
Country: Czech Republic

Links
Facebook
Instagram
Youtube


Mindtaker set to release Toxic War on February 24th

Portuguese thrashers Mindtaker will release their debut album Toxic War via Mosher Records and Firecum Records on the 24th of February. The pace is fast, very fast, in full blown thrashtastic chaos built by killer 11 songs. These will leave old-school thrash fans happy. You bet. Toxic War is the logic outcome of a band that won the portuguese Wacken Open Air band contest and took the young thrashers to the legendary event. It was a live gig at the underground reference SWR Barroselas Fest that caught the eye and ears of Mosher Records, that now partners up again with Firecum Records to bring you a frantic succession of no-nonsense riffs.

The artwork is yet another masterpiece by Luis Sendon, who just keeps on delivering awesome artwork after awesome artwork. It’s a no-brainer: this looks and plays great. Mixed and Mastered by João Dourado at Golden Jack Studios in Coimbra.

Tracklist:
01. I Am the Kid
02. Seven Gates of Hell
03. Faces of War
04. Into the Pit
05. Destruição Total
06. Fuck Off
07. Skull Impaler
08. Down to Terrorism
09. Hell on Earth
10. Drink Beer for Thrash
11. Toxic War

Line-up: Rui Sousa – Drums; Miguel Almeida – Guitars; Gonçalo Branco – Bass; Marco Bilro – Vocals

LINK TO AUDIO HERE
VIDEO VISUALIZER HERE
PRE-ORDER HERE

Facebook


Desert rock titans MASTERS OF REALITY return with a full European tour and festival appearances this May

The legendary desert rock project driven by the unique creative force of guitarist and vocalist Chris Goss, MASTERS OF REALITY, return strong in the spring of 2020 with a series of European shows including festival appearances. “Chris Goss has a voice like an angel. It lifts you up and carries you in to the deep, dark world view of Masters of Reality. Modern and classic, strange and familiar they sound like no other.” — Josh Homme.

Chris Goss formed MASTERS OF REALITY with Tim Harrington as a two-piece in Syracuse, New York in 1981. He is also widely known for being the cornerstone producer of many behemoths of the Palm Desert scene, including Kyuss, Queens of the Stone Age, Marc Lanegan, Mondo Generator and the Desert Sessions. The band has released six studio albums and two live albums between 1988 and 2009, punctuated by countless tours across Europe and North America. However, their name has remained a landmark of the Heavy Rock age, this is why MASTERS OF REALITY have decided to return to Europe to blow fans’ minds again this spring, with a series of shows including headlining performances at Desertfest London and Berlin, Kristonfest and Sonic Whip Festival.

MASTERS OF REALITY European Tour 2020:
01.05.20 – LONDON (UK) Electric Ballroom
02.05.20 – NIJMEGEN (NL) Sonic Whip Festival
03.05.20 – BERLIN (De) Desertfest Berlin – Arena
05.05.20 – ASCHAFFENBURG (De) Colos Saal
06.05.20 – MUNICH (De) Strom
07.05.20 – DÜDINGEN (Ch) Bad Bonn
09.05.20 – MADRID (Sp) Kristonfest – La Riviera
10.05.20 – VITORIA (Sp) Jimmy Jazz
12.05.20 – PARIS (Fr) La Maroquinerie
13.05.20 – COLOGNE (De) Art Theater
15.05.20 – SINT-NIKLAAS (Be) De Casino
16.05.20 – LEUVEN (Be) Depot
17.05.20 – KORTRIJK (Be) De Kreun

A Warner Bros pressing of Black Sabbath’s fearsome 1971 LP Master Of Reality, with misprinted labels that read Masters Of Reality gave Goss and Harrington their name. “Nobody listened to Black Sabbath in 1981 if they considered themselves cool” said Goss. Copping the sonic assault of no wave duo Suicide, MASTERS OF REALITY gigged regularly at CBGB under a smutty black light haze, before expanding to a four-piece and adapting Black Sabbath’s blues-based evil deeds template as their own.

After hearing the demo tape, Rick Rubin went to see them play at Lower East Side hole The Pyramid in late 1986, and signed the band to Def American (Slayer, Danzig) in 1988, but then, it would be hard without foreknowledge to pinpoint the year of the ageless album’s creation. The band appeared at Johnny Depp’s Viper Room night club (Los Angeles) in 1997 for a two-night stand and the resultant live album How High the Moon, featured Stone Temple Pilots vocalist Scott Weiland on “Jindalee Jindalie”. In 1999 the band released Welcome to the Western Lodge.

Goss’ connection to Queens of the Stone Age resulted in the collaborative album Deep in the Hole in 2001, and two years later, the subsequent live album Flak ‘n’ Flight. The band released their fifth album Give Us Barabbas in 2004, which was a collection of lost tracks; opening with the ‘Ballad of Jody Frosty’. After their last album Pine/Cross Dover (2009), MASTERS OF REALITY have remained quiet studio-wise, however Chris Goss has kept touring alongside various alternative lineups.

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.