Por Mairon Machado

No início da década, a gravadora Chrysalis resolveu faturar um dinheirinho extra junto aos fãs do UFO. Em nada menos que cinco anos, chegou ao mercado quatro boxes que cobrem o período de treze anos no qual os ingleses foram subsidiados pela famosa gravadora, período esse que vai de 1973 até 1986.

Essa aquisição é desnecessária para quem pegar as demais resenhadas nessa série

As caixas são dividas na seguinte forma:

  • A primeira: 5 CDs, cobrindo de 1973 a 1979, período do auge da carreira do UFO, sob o comando do maluquete e talentosíssimo Michael Schenker nas guitarras.
  • A segunda: 5 CDs, cobrindo de 1980 até 1986, período no qual a banda trocava de músicos como trocada de cueca, sem ter uma formação estável e sobrevivendo apenas por conta do nome.
  • A terceira: nada tem de atrativo para quem já comprou as outras duas, pois apenas traz cinco álbuns na íntegra, na famosa série Original Album Series, sem nenhum bônus, sendo os mesmos álbuns já presentes em sua integridade na primeira das caixas.
  • A quarta: cobre todo o período citado, com nada mais nada menos que 10 CDs lançados para os fãs, tendo algumas novidades em relação as duas primeiras..

Mas afinal, por que tantos lançamentos? Vale a pena adquirir todos eles? Bom, essa pequena série que começa hoje vai explicar, em três partes, o que há em cada uma das caixas, com exceção da Original Album Series, que com certeza não vale o investimento, e daí você, leitor, decidirá se ter esses boxes em sua prateleira é algo necessário ou não.

Uma das imagens do encarte (autoexplicativa)

Começo então pela primeira caixa, The Chrysalis Years 1973 – 1979, lançada em 2011. Nela, estão contidos em sua totalidade, sem tirar nem por, os seis primeiros álbuns do UFO com Michael Schenker (lembrando que antes da entrada do alemão voador, o grupo já havia lançado três álbuns: UFO – 1970; Flying – 1971; e Live in Japan – 1972), os quais são: Phenomenon (1974); Force It (1975); No Heavy Petting (1976); Lights Out (1977); Obssession (1978); o ao vivo Strangers in the Night (1979). Estes discos são a obra máxima do grupo, e se você não tem nenhum deles mas quer conhecer a obra do UFO, a caixa já ganha alguns pontos para a aquisição.

Para aquele fã que já tem esses álbuns, mas está interessado em bônus, a caixinha adiciona mais alguns pontos para a conta, pois afinal, os bônus incluem faixas que nunca haviam sido lançadas em CD bem como faixas inéditas em qualquer formato.

No primeiro CD, estão como bônus do álbum Phenomenon o primeiro single lançado pelo então quarteto UFO (além de Schenker, constituíam o UFO na época Phil Mogg nos vocais, Pete Way no baixo e Andy Parker na bateria), com as faixas “Give Her the Gun” e “Sweet Little Thing”, a versão single de “Doctor Doctor” e três faixas da apresentação do quarteto no programa de Bob Harris, registradas em 28 de outubro de 1974, as quais são “Rock Bottom”, “Time on My Hands” e “Give Her the Gun”, sendo esta uma rara oportunidade de se ouvir essa canção ao vivo. Destas, apenas “Rock Bottom” nunca havia saído em CD. As demais podem ser encontradas no relançamento do álbum Phenomenon (no caso as duas primeiras), de 2007, e as faixas do programa de Bob Harris no CD UFO – BBC The Archive Series: In Session and Live in Concert, lançado somente no Japão e parte da Europa, no ano 2000. Não são novidades por tanto, mas são bons complementos para esse primeiro CD.

Visão geral do box 1973-1979

O CD 2 já traz algo totalmente inédito para os fãs, que é a apresentação do UFO no Electric Ballroom de Atlanta, no dia 05 de novembro de 1974. Este é um raro registro da primeira turnê do grupo pelos Estados Unidos, e tem como base as canções de Phenomenon, já que seis das dez faixas do álbum estão aqui apresentadas: “Oh My”, “Doctor Doctor”, “Built for Comfort”, “Space Child” e “Rock Bottom”. Complementam o show mais uma versão de “Give Her the Gun”, a surpreendente interpretação para “Prince Kujuku”, uma das faixas mais emblemáticas da primeira geração do grupo, registrada em Flying, e um alucinante cover para “Cold Turkey”, uma das obras primas de John Lennon ao lado da Plastic Ono Band, e que aqui ganhou muitos improvisos por parte do quarteto. Ou seja, é um prato cheio para colecionadores, já que essas canções saíram apenas aqui.

Álbum de raridades lançado apenas no Japão e na Europa. Algumas faixas constam nesse box.

Ainda nesse CD, temos o lado A de Force It, cujo lado B está no CD 3, junto com todo o álbum No Heavy Petting e o lado A de Lights Out. É o único CD sem bônus, o que talvez possa afetar a compra do box por conta de alguns, mas convenhamos, isso é uma pequena derrapada perto do que já temos no CD 1 e, principalmente, no CD 2.

Partindo para o CD 4, temos o lado B de Lights Out e todo Obsession, e como bônus, a versão single de “Try Me” e “Only You Can Rock Me”, ambas inéditas em CD, e uma apresentação do agora quinteto (Paul Raymond entrou para os teclados e guitarras) no programa John Peel Sessions em 27 de junho de 1977, apresentando as clássicas “Too Hot to Handle”, “Lights Out” e “Try Me”. Essas canções também estão no CD BBC The Archive Series: In Session and Live in Concert.

Para finalizar, o grandioso ao vivo Strangers in the Night está no CD 5, acompanhado das versões single de “Doctor Doctor” e “On with the Action”, essa última também inédita neste formato.

Olhando no geral, você pode pensar: “Bom, então eu compro o CD da BBC e mais os álbuns oficiais e fica tudo certo“. Errado, pois irá perder o CD 2, que é o grande atrativo desse box, já que não há fotos inéditas ou material raro em termos de encarte, apenas uma breve entrevista com Phil Mogg contando sobre o período apresentado na caixinha.

Considero ele um ótimo material para quem quer conhecer a banda e para quem é colecionador do material do UFO. Agora, se você realmente apenas curte a banda, bom, então quem sabe seja melhor investir seu suado dinheirinho em outro box, o qual irei apresentar em breve, pois antes, temos a segunda das caixas, cobrindo o período entre 1980 e 1986.

Contra-capa desse box

Track list

Disco 1 – Singles + Phenomenon + Bob Harris Session

1. Give Her the Gun (single side A)
2. Sweet Little Thing (single side B)
3. Oh My
4. Crystal Light
5. Doctor Doctor
6. Space Child
7. Rock Bottom
8. Too Young to Know
9. Time on My Hands
10. Built for Comfort
11. Lipstick Traces
12. Queen of the Deep
13. Doctor Doctor (single edit)
14. Rock Bottom (Bob Harris Session)
15. Time on My Hands (Bob Harris Session)
16. Give Her the Gun (Bob Harris Session)

Disco 2 – Electric Ballroom Atlanta, GA 5th November 1974 + Force It Side A

1. Oh My (GA)
2. Doctor Doctor (GA)
3. Built for Comfort (GA)
4. Give Her the Gun (GA)
5. Cold Turkey (GA)
6. Space Child (GA)
7. Rock Bottom (GA)
8. Prince Kujuku (GA)
9. Let It Roll
10. Shoot Shoot
11. High Flyer
12. Love Lost Love
13. Out in the Street

Disco 3 – Force It Side B + No Heavy Petting + Lights Out Side A

1. Mother Mary
2. Too Much of Nothing
3. Dance Your Life Away
4. This Kid’s [including Between the Walls]
5. Natural Thing
6. I’m a Loser
7. Can You Roll Her
8. Belladonna
9. Reasons Love
10. Highway Lady
11. On with the Action
12. A Fool in Love
13. Martian Landscape
14. Too Hot to Handle
15. Just Another Suicide
16. Try Me
17. Lights Out

Disco 4 – Lights Out Side B + Obsession + Single + John Peel Session (27th June 1977)

  1. Gettin’ Ready
  2. Alone Again Or
  3. Electric Phase
  4. Love to Love
  5. Try Me (single)
  6. Too Hot to Handle (John Peel Session)
  7. Lights Out (John Peel Session)
  8. Try Me (John Peel Session)
  9. Only You Can Rock Me
  10. Pack It Up (And Go)
  11. Arbory Hill
  12. Ain’t No Baby
  13. Lookin’ Out for No. 1
  14. Hot ‘n’ Ready
  15. Cherry
  16. You Don’t Fool Me
  17. Lookin’ Out for No. 1 (reprise)
  18. One More for the Rodeo
  19. Born to Lose
  20. Only You Can Rock Me (Single)

Disco 5 – Strangers in the Night + Single

  1. Natural Thing
  2. Out in the Street
  3. Only You Can Rock Me
  4. Doctor Doctor
  5. Mother Mary
  6. This Kid’s
  7. Love to Love
  8. Lights Out
  9. Rock Bottom
  10. Too Hot to Handle
  11. I’m a Loser
  12. Let It Roll
  13. Shoot Shoot
  14. Doctor Doctor (Single side A)
  15. On with the Action (Single side B)

2 comentários

  1. Ronaldo

    Legal, Mairon! boa dica…o UFO nessa época é espetacular…como está o som dessa remasterização? tenho em mini lp japan o Phenomenon e o Strangers in the Night, os outros ainda não tenho.
    Abraço!

    Responder

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.