Direto do Forno: O Terço – O Terço 3D [2015]

16 de setembro, 2015 | por Mairon
Direto do Forno
1

terco

Por Mairon Machado

O sistema crowfunding tem se tornado uma das boas opções para artistas e ONGs lançarem projetos, conseguindo recursos através de financiamento praticamente privado em troca de material inédito adquirido em primeira mão, ou ainda, edições limitadas de um determinado produto, dando vida a ideias, sonhos e projetos. Claro que o Financiamento Coletivo não é utilizado apenas para música, mas como esse é o foco do nosso site, hoje trago aqui um material que adquiri por esse sistema. Trata-se  do DVD O Terço 3D, lançado pelo grupo O Terço em julho desse ano. No caso, adquiri um belo pacote com CD + DVD + Blu-Ray + 2 Camisetas + Palheta exclusiva + 2 ingressos para show por um excelente preço, via promoção lançada no site Kickante, e que valeu muito a pena. Mas aqui vou me concentrar apenas no lindo DVD.

02terrecrec

A oferta adquirida por esse que vos escreve

Comemorando em 2015 quarenta e cinco anos de carreira, sempre liderado pelo guitarrista e vocalista Sergio Hinds, O Terço mais uma vez inova em sua carreira, já marcado pelas inovações musicais nos anos 70, com a criação dos instrumentos Tritarra (uma guitarra de três braços tocada pelo guitarrista Jorge Amiden) e o Violoncelo Elétrico, bem como um palco extremamente bem desenvolvido, nos moldes dos padrões internacionais de bandas como Yes e Pink Floyd, desta feita O Terço traz como novidade uma mídia com a apresentação do quarteto em estúdio, cercada por visualizações em 3D que tornam tudo ainda mais atraente.

Obviamente que a utilização de um óculos 3D é fundamental para as sensações de ver Sérgio Hinds, Flávio Venturini (teclados, violões e voz), Sérgio Magrão (baixo, violões e voz) e Fred Barley (bateria, voz) dentro de sua sala, mas mesmo quem assiste sem os óculos fica encantado pela perfeição das imagens que brotam do televisor.

oterço3

Flávio Venturini, Sergio Hinds e Sérgio Magrão, sob os efeitos 3D de “1974”

Conforme citado acima, essa formação é praticamente a formação que consagrou a banda em 1975 no lançamento do aclamado Criaturas da Noite, com exceção do baterista Fred Barley, um novato músico que com muita competência ocupa o lugar do ídolo Luiz Moreno (falecido em 2002), e é este álbum que predomina no track list do DVD, já que seis das oito canções do disco estão presentes no DVD, que começa com duas delas, as clássicas “Hey Amigo” e “Criaturas da Noite” (quer jeito melhor de começar um DVD d’O Terço do que com esses dois sonzaços?), intercaladas pela revisão de “Tributo ao Sorriso”, uma das primeiras canções da banda a fazer sucesso, no caso no V Festival Internacional da Canção de 1970, e que aqui aparece na versão mais conhecida, apresenta no CD e DVD O Terço Ao Vivo (2007), ganhando um belo solo de moog.

Além da parte visual, altamente atrativa, a parte musical também traz surpresas, começando pela presença do violonista e vocalista Cézar de Mercês logo de cara, na citada “Hey Amigo”. Nome importante em diversos momentos do grupo na década de 70, principalmente na construção das letras e melodias dos três principais álbuns da banda – o já citado Criaturas da Noite, Casa Encantada (1976) e Mudança de Tempo (1978) – , Cézar aparece como o quinto membro em diversos momentos, seja comandando a voz principal da versão bluesy de “Flor de La Noche”, seja na linda sequência acústica, onde o quinteto manda ver com versões inspiradas para “Foi Quando Eu Vi Aquela Lua Passar”, “Jogo das Pedras”, “Queimada” e “Pássaro”. Essa parte da apresentação é para ser guardada a sete chaves na mente do fã, já que além das versões estarem afiadas, ver Venturini tocando violão não é tão comum.

terço2

O Terço acústico: Sérgio Hinds, Sérgio Magrão, Fred Barley, Cézar de Mercês e Flávio Venturini

As vocalizações marcantes durante toda a carreira do quarteto surgem com força na pesada “Cabala”, nas já citadas “Foi Quando Eu Vi Aquela Lua Passar” e “Queimada”, e no refrão de “P. S. Apareça”, do desconhecido Compositores (1996), e a sutileza instrumental da banda revela-se na perfeita “Ponto Final”, talvez a melhor criação que o baterista Luiz Moreno deixou para a posteridade.

Outro grande momento para os fãs é o registro completo, pela primeira vez, da linda “Suíte”. Essa pérola da discografia d’O Terço foi registrada no álbum Som Mais Puro, de 1982, sendo regravada posteriormente no álbum Time Travellers (1992), mas apenas com menos da metade de sua versão original, já que em ambas as ocasiões, seu criador, Venturini, não fazia mais parte da banda. Em Time Travellers ainda por cima, ela aparece com uma letra em inglês, que também não constava originalmente.

terço11

Mais efeitos 3D em “Suíte”

Eis que com a oportunidade de registrar o DVD, o grupo trouxe as partituras originais de “Suíte” – originalmente batizada de “Projeto Sinfônico” – para tema de casa, e assim, os fãs podem conferir os mais de dezesseis minutos de uma canção simplesmente embasbacante e viciante, que irá fazer voltar o DVD para conferir os detalhes 3D da mesma, já que de primeira, a canção é tão fascinante que nem conseguimos perceber toda a potência das viajantes imagens de galáxias e nebulosas que saltam da TV. A diferença para o registro de 1982 é que a canção ganhou um belíssimo trecho com teclados e vocalizações, similar ao apresentado em “1974”, e viajantes passagens de guitarra. Para quem assistiu ao já citado DVD O Terço Ao Vivo, naquela apresentação  – em comemoração aos 35 anos da banda – temos como convidado o líder do Sagrado Coração da Terra, o violinista Marcus Vianna, que deu uma sonoridade diferente para o som, além também da participação Ruriá Duprat nos teclados e sintetizadores, adicionando modernidade para a faixaa. Aqui em O Terço 3D é apenas o quarteto, mandando ver com a partitura original setentista, sem inserir nenhum outro instrumento e arrancando arrepios dos fãs.

Mais imagens em 3D aparecem na outra grande suíte registrada no DVD, a Maravilha Prog “1974”, também apresentada na íntegra e em uma versão com diferenças mínimas ao original. A única diferença é o solo de Venturini no meio da canção, que aqui foi substituído por acordes de piano e sintetizador, mas que não prejudicam o conjunto da obra dessa que certamente forte concorrente a uma das melhores canções do rock progressivo nacional. Criaturas da noite surgem em 3D na faixa que leva esse nome, e uma casa encantada é construída na faixa de mesmo nome, a qual apresenta Sérgio Hinds ao violão. Aliás, a guitarra usada por Hinds nesse DVD é bastante exótica, com um formato do símbolo de infinito (” ∞ “)mostrando mais uma vez que O Terço sempre foi perito em inovações.

oterço4

O complexo vocal d’O Terço abrilhanta o DVD

Por vezes, prestando-se muita atenção, parece que a edição do DVD cometeu algumas falhas, como por exemplo uma sequência de acordes no órgão de Venturini sendo executado em “Criaturas da Noite”, enquanto a imagem mostra ele apenas fazendo alguns acordes no piano, ou quando ele pula de um teclado para outro mas não há nenhuma mudança no som em “Suíte”, bem como alguns “pratos fantasmas” que são batidos enquanto Fred apenas toca sua caixa, só que esses são detalhes ínfimos perto da grandeza da obra.

Nos extras, O Terço 3D apresenta uma série de entrevistas com o quarteto, além de Vinícius Cantuária e Cézar de Mercês, contando a história do grupo desde seu início até o lançamento de Mudança de Tempo, ou seja, abrangendo o período de maior consagração da banda, complementado por imagens raras e inéditas. Entre declarações de amor ao grupo feitas por Venturini e Magrão – ambos possuem uma carreira paralela, com Venturini seguindo solo e Magrão liderando o 14 Bis – algumas histórias são impagáveis, como por exemplo a de uma apresentação do grupo realizada em um Ginásio de Santa Catarina – só vendo.

cantuaria

Vinícius Cantuária nos extras do DVD

Uma pena que não temos vídeos de apresentações da década de 70, o que seria um adicional extremamente bem-vindo, já que é impossível encontrarmos alguns registros em vídeo d’O Terço nessa época. Mas mesmo assim, os efeitos, a inclusão de “Suíte” na íntegra e uma excelente música colocam fácil O Terço 3D como audição obrigatória para sua lista de presentes no final do ano, lembrando que o mesmo foi lançado também em CD (com a ordem das músicas diferente da do DVD) e em Blu-Ray. Corra atrás.

11216247_10207722349721789_1716738132945007804_n

Material adquirido via Kickante

Track list

  1. Hey Amigo
  2. Tributo Ao Sorriso
  3. Criaturas da Noite
  4. Flor de la Noche
  5. 1974
  6. Cabala
  7. Casa Encantada
  8. Foi Quando Eu Vi Aquela Lua Passar
  9. Jogo das Pedras
  10. Queimada
  11. Pássaro
  12. Suíte
  13. PS: Apareça
  14. Antes do Sol Chegar
  15. Ponto Final



1 Comentario

  1. Francisco Campos disse:

    O Terço. Grandes músicos, grande banda.
    Mas, para o brasileiro comum, rock é Legião Urbana e Charlie Brown Jr…
    Difícil…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *