DVD: Eric Clapton and Steve Winwood – Live from Madison Square Garden [2009]

10 de dezembro, 2011 | por Mairon
Diversos
5



Por Mairon Machado

No início de 2008, o mundo da música teve a grata surpresa de contar com a reunião de dois dos maiores ícones da história do rock. Depois de quase 40 anos, Eric Clapton (guitarra e vocais) e Steve Winwood (guitarra, vocais e teclados) voltaram a dividir o mesmo palco. A dupla havia feito parte daquele que é considerado um dos primeiros supergrupos de rock, o Blind Faith. Com apenas um álbum, 28 shows e uma mística que marcou época, sendo seu nome sinônimo de boa música, o Blind Faith destruiu lares com o seu único disco homônimo, de 1969. Ao lado de Rick Grech (baixo) e Ginger Baker (bateria), Clapton e Winwood formaram uma banda entrosada, principalmente pelas suas experiências anteriores, já que Clapton havia feito muito sucesso ao lado do próprio Baker no Cream, deixando sua marca também com o Yardbirds e o  John Mayall Bluesbreakers, enquanto Winwood havia capitaneado o barco do Traffic, outra influente banda dos anos 60 e 70, além de ter feito misérias com o Spencer Davis Group anos antes.
Depois, problemas entre os membros do grupo levaram à sua dissolução. Clapton, cada vez mais envolvido com drogas, não aceitava a inclusão de músicas do Traffic nas apresentações do Blind Faith, e anunciou que o grupo já não mais existia ainda em 1969.
Clapton e Winwood no Crossroads Guitar Festival

O tempo passou, Winwood voltou para o Traffic, seguindo posteriormente uma interessante carreira solo, enquanto Clapton formou o Derek and the Dominos, seguindo também em uma importante carreira solo a partir de então, até que, em julho de 2007, a dupla reuniu-se para uma única apresentação no Crossroads Guitar Festival daquele ano, no Toyota Park Center de Bridgeview, em Illinois (Estados Unidos). Desse contato, surgiu a ideia de tocarem três noites consecutivas no Madison Square Garden, em Nova York.
Esses shows foram realizados nos dias 25, 26 e 28 de fevereiro de 2008, e são exatamente eles que foram compilados no DVD duplo Live from Madison Square Garden. Lançado em maio de 2009 também no formato de vinil e CD, o DVD é uma obra de arte, onde a música é o principal destaque, como deve ser em um show que envolva nomes tão relevantes quanto os de Clapton e Winwood.
Winwood, Clapton, Thomas e Weeks
Tendo como banda de apoio Willie Weeks (baixo), Chris Stainton (teclados) e Ian Thomas (bateria), a dupla passeia pela carreira de cada um, tanto solo quanto nos grupos que se tornaram influentes, além de claro, resgatar as canções do Blind Faith. Porém, não pense que você irá ouvir canções manjadas. Pelo contrário. Winwood e Clapton exploraram seus vastos repertórios, extraindo de lá pérolas  que dificilmente poderíamos imaginar em um show desse porte.
Clapton brilha em canções como “Forever Man” (do criticado Behind the Sun, de 1985), aqui em uma versão agitada e pesada, com solos rasgados da Fender de Clapton, e com uma bela divisão de vocais entre ele e Winwood, “After Midnight”, do seu ótimo álbum de estreia, e na versão acústica para “Rambling on My Mind” (de Robert Johnson). Winwood, por outro lado, dá show em clássicos como “Glad” (John Barleycorn Must Die, 1970), “Pearly Queen” (Traffic, 1968) e “No Face, No Name, No Number” (Mr. Fantasy, 1967), todas pertencentes ao Traffic.
Além dessas, outras que merecem destaque são a bela versão de Winwood totalmente sozinho ao órgão, para  “Georgia on My Mind” (de Ray Charles), e a emocionante versão de “Little Wing” (de Jimi Hendrix), nos mesmos moldes do que Clapton gravou com o Derek and the Dominos no essencial Layla and Other Assorted Love Songs, em 1970. Outra desse álbum que também está matadora nesse DVD é “Tell the Truth”, com mais uma bela participação de Clapton.
Os principais nomes do Blind Faith,
 juntos novamente
Aliás, aqui vale um aparte. Muitos falam que Clapton é presunçoso e antipático. Pois em Live from Madison Square Garden, Clapton na maioria das vezes está sorrindo, e ele transmite a sensação de ser um membro do grupo que está tocando, e não o renomado guitarrista que ganhou milhares de prêmios em sua longa trajetória, com uma humildade incrível, sendo que, em muitos momentos, ele apenas acompanha os belos improvisos do sempre alegre Winwood, que além de tocar muito o órgão e a guitarra, é dono de uma das mais belas vozes da música. Outro aparte fica por conta da participação do baixista Willie Weeks. O cara simplesmente é um monstro no instrumento, fazendo muito bem as bases que marcaram as canções aqui apresentadas, adicionando um swing as mesmas que deu um ganho muito interessante ao vivo.
Mas, se você quer se arrepiar, prepare-se para a fantástica versão de “Voodoo Chile”, na qual a dupla detona, mostrando que são mestres no que fazem, resgatando o blues que ficou escondido em Electric Ladyland (Jimi Hendrix, 1969) devido à sua versão pesada que encerra o mesmo álbum, chamada “Voodoo Chile (Slight Return)”. É com esse grande blues que vemos por que Clapton é considerado o Deus da guitarra, e por que Winwood é um dos mais talentosos músicos saídos da Inglaterra.
E claro, aos fãs do Blind Faith, a satisfação é total, já que nada mais nada menos do que quatro das seis canções que estão no único álbum do grupo foram revisitadas pela dupla. “Had to Cry Today“, que abre Blind Faith, abre também o DVD, e é um belo duelo de guitarras entre Winwood e Clapton. “Can’t Find My Way Home”, “Well All Right” e a linda “Presence of the Lord” são as demais, todas para levar o fã ao delírio.
Solos e solos de guitarra em um ótimo DVD

Essas e mais seis canções complementam o DVD 1, entre depoimentos de ambos os artistas, e a única ausência é de algum clássico do Cream. Porém, no DVD 2, a ausência é compensada. Trazendo três bônus, esse DVD é a cereja do bolo para as duas horas e vinte minutos de show do DVD 1. O primeiro bônus é um longo documentário, trazendo os depoimentos completos de Clapton e Winwood, narrando sua história desde o momento em que se conheceram até quando decidiram fazer o projeto. Prepare-se, pois tanto no DVD 1 quanto no DVD 2 não há legendas. Porém, o inglês carregado de sotaque britânico de ambos os artistas é de fácil compreensão para os que conhecem um pouco da língua.

Entrevista de Clapton para o documentário bônus
Nesse documentário, intitulado The Road to Madison Square Garden, estão presentes vídeos da gigantesca apresentação do Blind Faith no Hyde Park em 7 de junho de 1969, exatamente o primeiro show do grupo. Além desses vídeos, momentos do retorno do Cream em 2005, e da apresentação de Clapton e Winwood no Crossroads Guitar Festival também se fazem presentes, entre outras importantes raridades.
O segundo bônus é um arrepiante momento de Clapton sozinho, fazendo a checagem de som para a apresentação de uma das noites, interpretando “Rambling on My Mind“. Clapton está impecável. Ouvimos um branco tocando blues como negro. Fantástico e para ser aplaudido de pé, como Winwood faz ao final do vídeo.
Clapton sozinho, interpretando “Rambling on My Mind”

Por fim, três canções que ficaram de fora do DVD 1: “Low Down”, com o grupo inteiro interpretando a canção; “Kind Hearted Woman”, outra de Robert Johnson, em que o blusão de Clapton, preso a uma cadeira, começa a mover-se suspeitosamente enquanto Clapton solta os uivos que Johnson imortalizou em sua gravação (será que o avô do rock estava no palco com Clapton?), e que arrepia assim como “Rambling on My Mind”, e uma divertida versão para “Crossroads”, com todo o grupo. acompanha tudo um pequeno encarte com o quinteto pós-show.

Enfim, o fã de cada artista, e, principalmente, o fã do Blind Faith, tem a obrigação de levar Live from Madison Square Garden para casa, pois as três horas de todo o material são um saboroso banquete. E mesmo que você não conheça a carreira de cada um a fundo, vale a pena investir no material. Garantia de boa música e de bons momentos de blues, rock e ótimas participações individuais.
Capa e contracapa do DVD
Track list:
Disco 1:
1. Had to Cry Today
2. Them Changes
3. Forever Man
4. Sleeping in the Ground
5. Presence of the Lord
6. Glad
7. Well All Right
8. Double Trouble
9. Pearly Queen
10. Tell the Truth
11. No Face, No Name, No Number
12. After Midnight
13. Split Decision
14. Rambling on My Mind
15. Georgia on My Mind
16. Little Wing
17. Voodoo Chile
18. Can’t Find My Way Home
19. Dear Mr. Fantasy
20. Cocaine
Disco 2:
1. Documentário: The Road to Madison Square Garden
2. Documentário: Rambling on My Mind (Eric Clapton soundcheck performing “Rambling on My Mind”)
3. Bonus Performances: Low Down, Kind Hearted Woman, Crossroads



5 Comentarios

  1. fernandobueno disse:

    Só tenho esse material em CD. Não comprei o DVD pq não encontrei com um preço razoável. Mas tenho aintenção de tê-lo. Esse negócio das legendas é grave já que entender esses caras falando é foda…rs
    Tem legendas em inglês pelo menos?

  2. Não Fernando, nem em inglês. Mas da de entender tranquilo o que eles falam.

  3. WINWOOD É DEUS!!!

  4. IS GOD!!!*

    P.S.: Sem legendas.

  5. ahuahuahauhauahua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *