Discos que Parece que Só Eu Gosto: Loudness – Soldier Of Fortune [1989]

14 de fevereiro, 2011 | por leonardocastro
Discos que Parece que Só Eu Gosto
3
Por Leonardo Castro
Em 1985, com o lançamento de Thunder In The East, a banda japonesa de heavy metal Loudness alcançou os Estados Unidos. Apesar do disco anterior, Disillusion, já ter tido uma versão com letras em inglês, apenas com o single “Crazy Nights” a banda conseguiu uma maior exposição no país, inclusive com o videoclipe desta sendo vinculado no Heavy Metal Mania, programa precursor do Headbangers’ Ball, da MTV. Com isso, esperava-se que a banda cresceria ainda mais com os discos posteriores, Lightning Strikes e Hurricanes Eyes, que tinham uma sonoridade mais próxima ao hard rock californiano. Como isso não aconteceu, a culpa recaiu sobre o vocalista Minoru Niihara, que sempre teve um sotaque muito forte quando cantando em inglês, além de dificuldades para escrever letras no idioma.
Aceitando a sugestão da gravadora e do produtor Max Norman (Ozzy Osbourne, Megadeth, Savatage, Death Angel), a banda decidiu despedir Niihara e contratar um vocalista norte-americando, acreditando que assim sua popularidade no país pudesse alcançar níveis maiores. O escolhido foi Mike Vescera, vocalista da banda Obsession e que no futuro atuaria ao lado de Yngwie Malmsteen e até dos brasileiros do Dr. Sin.
A nova formação da banda se trancou no estúdio com Max Norman e saiu de lá com este Soldier Of Fortune finalizado. Lançado em setembro de 1989, o álbum superava em todos os apectos o anterior, Hurricane Eyes, de 1987. Apesar de distante do heavy metal praticado nos 5 primeiros lançamentos, Soldier Of Fortune mostrava a banda praticando um hard rock mais afiado,  quase heavy metal, com excelentes riffs e composições, uma boa perfomance de Vescera e o guitarrista Akira Takasaki inspiradíssimo. Considerado o “Eddie Van Halen do oriente”, ele deixa claro o porquê do apelido, com um desempenho no nível dos melhores guitar heroes dos anos 80, como George Lynch, Jake E. Lee e Warren DeMartini.

Single “You Shook Me”
A faixa-título abre o disco com um riff espetacular de Takasaki. O desempenho de Vescera nesta música também é excelente, e apesar de não ter o carisma do vocalista original, nem o charme do sotaque japonês, ele mostra ter sido uma ótima escolha para a banda, com uma atuação segura e firme. A faixa fica em um meio termo entre o heavy metal e o hard rock, lembrando o que o Dokken fez de melhor na carreira, e tem um ótimo refrão. “You Shook Me”, lançada como single para promover o disco, lembra o que a banda fez no  Thunder In The East, e tem riffs sólidos e ótimos backing vocals.
“Danger Of Love” e “Twenty Five Days” são mais lentas, semi-baladas, e também lembram a forma que o Dokken costumava compor músicas do estilo, e em ambas o trabalho de guitarras de Takasaki é fenomenal. “Red Light Shooter” traz o peso de volta, com outro riff maravilhoso, meio hard, meio heavy. A performance de Vescera nessa música também é digna de nota. Já “Running For Cover” é bem quebrada, e o saudoso baterista Munetaka Higuchi se destaca.
Outra balada, “Lost Without Your Love”, dá seguimento ao disco, e de novo o solo de Takasaki rouba a cena. “Faces In The Fire” acelera o ritmo e tem um bom refrão, enquanto “Long After Midnight”, mais pesada e cadenciada, evoca o estilo do Dokken outra vez. O disco termina com a rápida “Demon Disease”, uma das poucas músicas que lembram a fase mais heavy metal da banda, principalmente o disco Disillusion, e onde Akira Takasaki mostra todo seu talento mais uma vez.
Resumindo, Soldier Of Fortune é um disco que se situa na fronteira entre o hard rock e o heavy metal, com uma produção impecável de Max Norman, belas composições e um guitarrista em ótima forma, e tinha tudo levar o Loudness a um patamar de popularidade mais alto no mundo inteiro. Entretanto, infelizmente isso não aconteceu. Apesar de bem recebido pela crítica, nenhuma das músicas entrou nas paradas dos Estados Unidos, e a troca de vocalistas afetou a popularidade da banda na sua terra natal.
 
O Loudness ainda lançaria mais um disco com Mike Vescera, On The Prowl, em 1991, contendo regravações da banda com o novo vocalista e algumas novas faixas. Entretanto, no meio da turnê Vescera saiu para integrar a banda de Yngwie Malmsteen, e Mazaki Yamada (Ex-EZO) foi recrutado para o seu lugar. Alguns anos depois, a formação original se reuniu, e apesar do falecimento de Munetaka Higuchi em 2009, segue na ativa até hoje.
Contudo, o disco Soldier Of Fortune é largamente ignorado até pela banda hoje em dia, e apenas a sua faixa-título é executada ao vivo, mas em raríssimas ocasiões. Uma pena, pois apesar de todas as qualidades que tem, parece mesmo que só eu gosto dele.
Track list:

1. Soldier of Fortune
2. You Shook Me
3. Danger of Love
4. Twenty Five Days from Home
5. Red Light Shooter
6. Running for Cover
7. Lost Without Your Love
8. Faces in the Fire
9. Long After Midnight
10. Demon Disease



3 Comentarios

  1. Rafael "CP" disse:

    Não , apenas parece , pq eu amo Loudness e amo esse album , vc descreveu exatamente o q ele representa pra mim

  2. diogobizotto disse:

    O que conheço de Loudness veio através de uma coletânea gravada por uma amiga para mim, e lembro que havia uma ou duas músicas com Mike Vescera neste disco. Mas a maior característica da banda, fora a guitarra de Akira Takasaki é mesmo o fortíssimo sotaque de Minoru Niihara.

  3. "Wock and woll cwayze nights…" classico!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *