Stryper – The Covering [2010]

26 de dezembro, 2010 | por Fernando Bueno
Resenha de Álbum
13
O Stryper é uma daquelas bandas que soube usar o tempo a seu favor, ponto para eles! 
A proposta aqui é homenagear as bandas que os influenciaram ao longo do tempo e posso dizer que este álbum está totalmente à altura da proposta…

Houve uma preocupação e um cuidado especial com as versões originais, já que existem bandas que detonam e enterram de forma horrível e sofrível os clássicos do rock…

Segue abaixo um resumo faixa-faixa do álbum (em sua primeira audição):

1 – “SET ME FREE” (Sweet) : começando bem! Mais acelerada que a versão original, lembra muito a versão do Saxon. Excelente!

2 – “BLACKOUT” (Scorpions): mais lenta que a versão original, porém impecável! Impressionante como a voz do Michael Sweet se adapta a qualquer tipo de som! 

3 – “HEAVEN AND HELL” (Black Sabbath): chega a impressionar como essa banda coloca uma dose de energia nestas musicas, o coral inicial é fantástico! Melhor versão que já ouvi para este clássico! A guitarra de Oz Fox junto com a poderosa voz de Michael Sweet são os destaques desta musica! 
4 – “LIGHTS OUT” (UFO): essa ficou mais crua que a original! Ouvindo pela primeira vez até parece um som próprio do Stryper! Encaixaria perfeitamente como bônus no álbum Murder by Pride.

5 – “CARRY ON WAYWARD SON” (Kansas): aqui a banda preferiu ser mais conservadora e deixou o som o mais próximo possível do original! Ficou bem melhor que a versão do Malmsteen.

6 – “HIGHWAY STAR” (Deep Purple): não tem jeito, essa tem que ser o Deep Purple mesmo! O som ficou legal e fiel, mas a original é a original! Acho que ficou faltando alguma coisa, será que não seria o Hammond? rsrsr

7 – “SHOUT IT OUT LOUD” (Kiss): essa ficou muito legal, bem parecida com a original. Não tem o que errar! 

Stryper
8 – “OVER THE MOUNTAIN” (Ozzy): o destaque desta faixa ficou para a bateria de Robert Sweet que fez o dever de casa certinho! Já OZ Fox, mostrou-se um excelente guitarrista, mas ainda falta aquele toque divino do Mr. Rhoads! 
9 – “THE TROOPER” (Iron Maiden): confesso que este é o melhor cover que já ouvi do Maiden! Impressionante como esse Michael Sweet canta! Tirando o solo que não tem nada de Maiden, o restante ficou bem próximo do original!

10 – “BREAKING THE LAW” (Judas Priest): ficou legal, mas nada de mais! Creio que seja a ovelha negra do álbum.

11 – “ON FIRE” (Van Halen): outra que ficou com a cara do Stryper, creio que seja pela voz e pelo timbre da guitarra! Valeu o esforço, mas, Eddie Van Halen é para poucos! rsrsrs

12 – “Immigrant Song” (Led Zeppelin): depois de uma entrada estranha, o som fica bem legal e a voz do Michael Sweet surpreendendo de novo! A bateria ficou aquém! 

13 – “GOD” (Stryper): a melhor do álbum! Uma das melhores musica feita desde a época dourada do excelente álbum IN GOD WE TRUST. Simplesmente animal! 
Bom pessoal, em suma, um excelente álbum que vale a pena ter em sua coleção, tanto pelo lado da curiosidade como também pelo lado da satisfação em ouvir algo digno e de bom gosto! 

Sou meio suspeito para falar, mas, creio que o Stryper ainda tem muito a contribuir pelo Rock! Vamos esperar por um álbum novo!!!

Ouçam e façam seus comentários!!! Abraços!!!



13 Comentarios

  1. Eu gostei do disco, apesar da esolha meio obvia das faixas, que ja foram "coverizadas" milhares de vezes…

    A faixa inedita, God, é realmente muito boa. Depois do vacilo com o Reborn, a banda parece ter entrado nos eixos de novo com o Murder By Pride e esse disco de covers.

  2. eduardoluppe disse:

    Leonardo, vc tem razão! parece que a banda se reencontrou! O album Murder by Pride é muito bom! agora essa faixa God, é uma pedrada!

  3. fernandobueno disse:

    Tenho que ir atrás…
    Ao contrário do Leonardo achei o set list legal, mesmo que sejam músicas já coverzadas por outras bandas.

  4. CARA!!! esse disco eu quero comprar!!!

    Só o trecho da the trooper disponibilizado meses antes do lançamento já valem o disco!!!

  5. eduardoluppe disse:

    Esse eu tb quero comprar!!! os destaques são: The Trooper, Heaven and Hell, Blackout e a magnífica faixa God!!!

  6. Do Stryper eu só nao tenho o Reborn. Certamente pegarei esse quando sair!

  7. diogobizotto disse:

    A "matéria" citada pelo Fernando não é algo pra ser levado a sério, mas apenas um comentário irônico. Acima de ser honestos com suas crenças, o Stryper está sendo honesto com sua música. Por enquanto ouvi apenas "The Trooper". Minha resenha por ora é apenas WOOOOOOO!!!!

  8. Ouvi o disco. Muito bom. O que é interessante é que as músicas chegam a se parecer entre si pela interpretação do vocal.

    E breaking the law ficou ruim mesmo.

    The trooper detona!!! E Heaven and Hell ficou animal!!

    A nova deles é animal!!!

    Belo disco!!!

  9. diogobizotto disse:

    Aproveitando o comentário do Edu, que qualificou a versão do Stryper para "The Trooper" como o melhor cover que já ouviu do Iron Maiden, gostaria de saber qual seria a escolha dos senhores. É claro que não lembro de tudo o que já ouvi em relação a esse assunto, mas no momento me vem à mente a excelente versão do Machine Head para "Hallowed Be Thy Name". O extremismo adicionado ficou na dose correta.

  10. Rafael disse:

    Eu não gosto de maneira alguma do Stryper , mais que tapa na cara da sociedade , uma banda cristã coverizando "musica do capeta" , como Led , Iron , KISS , Judas , Sabbath auhauhauhauha.
    Achei todas as faixas perfeitas e muitas das covers melhores que as originais , está no som do carro com certeza , mais o principal que conta msm é a mensagem , visando diminuir o preconceito religioso contra o Rock

  11. Keka Luppe disse:

    Estou contando os dias para ouvir esse álbum! Adoro o Stryper independente do "rótulo" de banda Cristã. Depois do show que assisti em Sampa minha admiração pela banda aumentou. m/

  12. Esse show de SP foi uma dos melhores que eu vi na vida! Só clássico, tocaram uma musica do Reborn só! Maravilhoso! Pena que nao peguei uma biblia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *