SPRINGSTEEN – Livro é um guia prático e informativo sobre diversos aspectos da carreira do cantor

A distância entre este livro e o disco Born in the U.S.A., álbum mais popular de Bruce Springsteen, é de 35 anos. Muita coisa aconteceu antes e depois deste marco em sua trajetória. O livro traz textos publicados originalmente no blog Bruce no Brasil, destaca momentos fundamentais em sua carreira e mostra o homem por trás do roqueiro bem-sucedido. Acompanhe Springsteen nos festivais de Glastonbury, Rock in Rio e Nova Orleans, e nos shows do Fenway Park, da Alemanha Oriental e do Super Bowl. Relembre os duetos com Paul McCartney, Roy Orbison, Sting e U2, a entrada para Rock and Roll Hall of Fame e a homenagem recebida do governo dos EUA por sua contribuição à cultura e às artes.

O principal objetivo é “contar a história” de Bruce Springsteen por meio de acontecimentos pontuais que merecem ser lembrados e mais detalhados, mas com o olhar de um fã jornalista preocupado em encontrar um meio termo entre o fato jornalístico e a vontade de compartilhar seu conhecimento e paixão. Você não será convidado a compreender Bruce Springsteen, longe disso, mas você entenderá que a grande beleza de sua carreira é que ele nunca perdeu suas raízes e nem deixou que todo dinheiro e fama arranhassem seus princípios. Após ler o livro, o leitor perceberá que aquela voz marcante que roubou a cena na emblemática música “We Are the World”, em 1985, tem muito mais a oferecer.

Em quatro décadas de carreira, Springsteen esteve presente nos principais momentos históricos, políticos e humanitários dos Estados Unidos, sempre com canções críticas ao sonho americano, mas nunca sem perder a esperança por um lugar na Terra Prometida. Aqui, você encontrará um guia prático e informativo sobre os mais diversos aspectos de sua carreira e muitas curiosidades. Shows, discos, fotos, revistas, livros, prêmios, sites, podcasts, festivais, vídeos, duetos, covers e tributos. Enfim, tudo que interessa está aqui. Além disso, o livro mostra a relação do cantor com o Brasil e como a mídia tupiniquim retrata o músico.

Livro: Springsteen

Autor: Emerson Lopes

Editora: Multifoco

Páginas: 394

Lançamento: Setembro 2021


BMG anuncia acordo para administrar lendário catálogo de George Harrison

A BMG tornou público um acordo global com a George Harrison Estate para administrar o icônico catálogo musical que inclui mais de 200 músicas escritas com os Beatles, Traveling Wilburys e para sua aclamada carreira solo. Clássicos como “Here Comes The Sun” (single mais popular em serviços de streaming dos Beatles), “While My Guitar Gently Weeps” e “Something” e discos como All Things Must Pass fazem parte do contrato. “É um prazer anunciar que a discografia do meu pai estará com a BMG/Dark Horse Records. Temos uma longa e bem sucedida parceria com a BMG ao longo dos anos e esperamos continuar a expandir nosso relacionamento no futuro”, conta Dhani Harrison.

O CEO da BMG Hartwig Masuch completa: “George Harrison é um dos principais nomes que representam o que é ser um artista influente e bem-sucedido e humanitário. É um marco pensar que das 188 músicas lançadas pelos Beatles durante sua carreira, é de George a mais tocada no Spotify por grande margem. É uma honra para todos nós aqui da BMG agora representar o catálogo deste artista cujos herdeiros são tão cuidadosos com seu legado e faremos o nosso melhor para fazer jus a essa confiança”.

O acordo expande o relacionamento com o selo musical de Harrison, a Dark Horse Records, com a BMG servindo como seu parceiro global. A empresa liderada por Dhani Harrison e David Zonshine lançou recentemente o novo álbum de Billy Idol, além de possuir direitos de 16 álbuns de Leon Russell abrangendo os anos entre 1984 e 2013, e um acordo de administração de centenas de músicas de Joe Strummer, incluindo todos os três álbuns do Mescaleros, bem como o sexto e último álbum do Clash, Cut The Crap. A BMG também serve como gravadora de Dhani, por onde ele lançou seu mais recente trabalho IN///PARALLEL. Além disso, a longa associação da BMG com o trabalho de Harrison inclui o lançamento em 2016 do George Fest: A Night to Celebrate the Music of George Harrison, o álbum ao vivo com um time de estrelas interpretando canções de toda a carreira de Harrison.

SOBRE A BMG:

Fundada em 2008, a BMG é a quarta maior empresa de música do mundo, o primeiro novo player global no music business na era do streaming e com atuação como gravadora e editora. Nomeada em 2020 como uma das mais inovadoras empresas do mundo segundo a Fast Company, a proposta é agir com justiça e transparência e serviço aos seus clientes artistas e compositores. Os 20 escritórios do BMG em 12 principais mercados de música agora representam mais de três milhões de músicas e gravações, incluindo muitos dos catálogos mais renomados e bem-sucedidos da história da música popular. A BMG é propriedade da Bertelsmann, cujos outros negócios incluem a emissora RTL Group, a Penguin Random House e a editora de revistas Gruner + Jahr. A empresa tem atuação com escritório no Brasil desde 2016.

Siga BMG Brasil

Siga HQ Music


Kreator lança terceiro single “Midnight Sun”

Os titãs do metal extremo KREATOR se orgulha em divulgar o terceiro single ‘Midnight Sun’ que fará parte do próximo e antecipado álbum Hate Über Alles que será lançado no dia 10 de Junho pela Nuclear Blast Records. No Brasil e na América Latina o álbum será lançado pela parceira Shinigami Records/ Nuclear Blast Records. O antecipado álbum novo Hate Über Alles tem reais chances de ser um dos álbuns do ano como também é um protesto global contra o ódio e a divisão da sociedade. Antes de seu lançamento, no mês que vem, KREATOR gostaria de dar mais um gostinho do que poderá ser esperado do álbum novo Hate Über Alles com uma faixa um tanto diferente. ‘Midnight Sun’ consegue juntar potentes riffs de guitarra e um groove bem tradicional de heavy metal com um refrão melodramático que inclui backing vocals femininos, mostrando uma evolução constante do KREATOR no gênero que ajudou a criar.

Mille Petrozza comentou: “Midnight Sun é algo novo para nós, já que é a primeira vez que trabalhamos juntos com uma artista feminina. Quando estava escrevendo a música eu podia ouvir uma voz no estilo oráculo em cima do refrão, pré-refrão e imediatamente entrei em contato com a minha talentosa amiga Sofia Portanet que é uma artista em ascensão aqui na Alemanha. Sofia acrescentou exatamente o que estava procurando e traz uma vibração etérea e bem obscura á canção”. “O videoclipe é a segunda produção que gravamos com Tom Schlagkamp e seu time. O coneito foi retirado das letras da música em que eu imaginei aconteceria durante um ritual de sacrifício. O diretor Tom voltou com uma ideia de que poderíamos usar o filme ‘Midsommar’ de Ari Aster como referência por ter visuais poderosos, perfeito para um videoclipe matador de heavy metal!”.

ASSISTA AO VIDEOCLIPE PARA “MIDNIGHT SUN

OUÇA SINGLE “MIDNIGHT SUN

PRÉ-VENDA / PRÉ-SALVE O ÁLBUM HATE ÜBER ALLES

TRACKLIST Hate Über Alles
01. Sergio Corbucci Is Dead
02. Hate Über Alles
03. Killer Of Jesus
04. Crush The Tyrants
05. Strongest Of The Strong
06. Become Immortal
07. Conquer And Destroy
08. Midnight Sun
09. Demonic Future
10. Pride Comes Before The Fall
11. Dying Planet

A banda, que é considerada uma das maiores referências do gênero thrash metal por exatos 37 anos lidera até hoje uma cruzada do verdadeiro thrash metal alemão e inspira gerações de headbangers e músicos. Foi pensando na colisão dos princípios tradicionais com os contemporâneos do estilo que o vocalista e guitarrista Mille Petrozza pensou em recrutar o visionário produtor Arthur Rizk (Power Trip, Cavalera Conspiracy, Ghostmane e Turnstile) para trabalhar com a banda no lendário Hansa Studio em Berlim. Hate Über Alles apresenta uma arte de capa maravilhosamente sombria do renomado artista Eliran Kantor, que já trabalhou com bandas como Testament, Thy Art Is Murder e Helloween e serve como uma declaração ousada contra o ódio e a divisão dentro da sociedade atual.

Mille Petrozza comentou sobre o novo álbum: “Hate Über Alles reflete o tempo em que vivemos. Tudo é muito barulhento e agressivo. A forma como nos comunicamos mudou, graças às mídias sociais. Causa muito desequilíbrio. O mundo está em estado de abandono. A vida não é harmônica atualmente, é desarmônica… era isso que queria mostrar com o título”. (N.T.: Hate Über Alles significa “Ódio Acima de Tudo” em português.)

SOBRE KREATOR

Quando o guitarrista e vocalista Miland ‘Mille’ Petrozza fundou o KREATOR e em 1985 lançou o grandioso Endless Pain, o músico nunca imaginou que a excêntrica fusão de elementos do thash e do black metal trariam um som tão diferente. Ao lançar o sucesso Pleasure to Kill a banda se consagrou lançando um álbum que se tornaria referência para todos os álbuns que foram lançados em 1986, marcando seu ponto na história com lançamentos de bandas como Metallica, Slayer e Megadeth.

A banda lançou na última década álbuns que marcaram mudanças em seu estilo musical sem retirar a absurda agressividade como no álbum Phantom Antichrist (2012) em que provaram que poderiam abraçar a modernidade das técnicas de produção não deixando aquela vibe do underground de lado. O álbum Gods Of Violence (2017) mostrou a banda alcançar o topo das paradas alemãs pela primeira vez em suas carreiras – uma conquista incrível para uma banda extrema. Este ano a banda retorna com seu décimo quinto álbum Hate Über Alles que também marca o primeiro álbum de estúdio com o baixista Frédéric Leclerq (ex-Dragonforce, Sinsaenum),os guitarristas Mille Petrozza, Sami Yli-Sirniö e o baterista Jürgen ‘Ventor’ Reil.

Não temos dúvida de que Hate Über Alles será mais um grande lançamento deste ano.

Mais informações:
Site oficial
Facebook
Twitter
Instagram


Crypta anuncia apresentação em Curitiba no Basement Cultural

Uma das novas sensações do Metal brasileiro, o Crypta, chega pela primeira vez a Curitiba no dia 30 de junho, para uma apresentação no Basement Cultural. Para a abertura, o conceituado grupo de death/black metal Dark Tower, do Rio de Janeiro, e as bandas locais Death Chaos, Hell Gun e Atrocitus. Os ingressos estão à venda pela Bilheto, com valores a partir de R$ 70. A Crypta nasceu em um patamar elevado, afinal, foi formada pela baixista e vocalista Fernanda Lira e a baterista Luana Dametto (ambas ex-Nervosa), ao lado da guitarrista Tainá Bergamaschi. Para esta turnê, o grupo contará com a renomada guitarrista Jéssica di Falchi, em substituição a Sonia Anubis, que deixou o conjunto recentemente.

O grupo assinou com a gravadora europeia Napalm Records, pela qual lançou o álbum de estreia Echoes of the Soul, em junho de 2021, que obteve excelente retorno de público e crítica em todo o mundo. A apresentação em Curitiba faz parte da Echoes Over Latin America Tour, que terá duração de 47 dias, com 33 shows em 11 diferentes países e 13 estados brasileiros. Em Julho, a Crypta embarca para uma turnê europeia.

As demais bandas da noite também tem trabalhos dignos de nota. Com mais de 15 anos de estrada, o Dark Tower divulga o mais recente de seus três discos de estúdio, o aclamado Obedientia. Do cenário curitibano, a Death Chaos é um dos nomes mais ativos, com lançamentos de impacto, sendo o mais recente o álbum Conjuration of the Dead (2021). O Atrocitus é uma das grandes revelações da cidade, e é figura carimbada nos palcos. O mais recente registro do quarteto é o EP O Que Será de Nós. A Hell Gun, grupo de Heavy Metal, lançou em 2020 o álbum de estreia Kings of Beyond, pela gravadora Classic Metal.

SERVIÇO

Crypta em Curitiba
Abertura: Dark Tower, Death Chaos, Atrocitus, Hell Gun
Data: 30 de junho de 2022 (quinta-feira)
Local: Basement Cultural
Endereço: Rua Des. Benvindo Valente, 260 – São Francisco
Classificação etária: 16 anos (somente acompanhado de um responsável)

Ingressos:
Promocional Limitado Meia (Lote 2) – R$ 70,00
Promocional Limitado – 1Kg de Alimento ou Ração (Lote 2) – R$ 70,00
Promocional Limitado Inteira (Lote 2) – R$ 140,00

Venda Online

Pontos físicos de Venda:

Let´s Rock
Endereço: Praça Tiradentes, 106 – loja 3 e 4 – Centro
Horário de Atendimento: Seg. à Sex. 09h as 19h / Sáb. 09h às 15h

Carmela
Endereço: Rua Dr. Claudino dos Santos, 72 – São Francisco
Horário de Atendimento:Dom. a Qui. 07h às 23h / Sex. e Sab. 17h às 02h

Evento no Facebook


Jukebox From Hell: banda inicia gravação de seu 4º álbum de estúdio

Após o lançamento do seu ótimo 3º álbum de estúdio, A Saga do Terceiro Irmão, em 2021 e de confirmarem já no início desse ano o single inédito “O Pregador e a Prostituta”, que será lançado ainda nesse mês de maio, a Jukebox From Hell acaba de anunciar uma grande novidade aos seus fãs. Segundo o baixista e fundador Pê Ribeiro, a banda deu início as gravações de seu 4º álbum de estúdio, ainda sem um título definido. O guitarrista Rodrigo Beckman já entrou no Volt Studio, dando início as gravações das partes de guitarra.

É justamente a respeito do novo single, a novidade anunciada pela banda. O baixista e fundador da Jukebox From Hell, Pê Ribeiro, encerrou nessa semana a gravação das linhas de baixo do novo single. “O Pregador e a Prostituta” entra agora na sua fase final de produção e em breve terá sua data de lançamento anunciada pela banda. Após o lançamento de seu ótimo e elogiado terceiro álbum de estúdio, A Saga do Terceiro Irmão, no ano passado, a Jukebox From Hell não quis saber de perder muito tempo e, para aproveitar o ótimo momento vivido, já anunciou estar em estúdio gravando seu próximo álbum.

Enquanto o novo single não é lançado, você pode ouvir o mais recente álbum da banda, A Saga do Terceiro Irmão, nas principais plataformas de streaming. Ouça no Spotify a partir do link. Em breve mais atualizações a respeito estarão sendo dadas aos fãs, que desde já esperam ansiosos por novidades a respeito desse novo trabalho, que promete ser o melhor da banda até o momento. Para saber de todas as novidades da Jukebox From Hell, acompanhe a banda em suas redes sociais.

Jukebox From Hell: Pê Ribeiro – Baixo e Voz; Rodrigo Beckman – Guitarra e Voz; Oscar Jaime – Bateria; Lucas Cezilio – Guitarra; João Chacon – Voz

Mais informações:

Facebook

YouTube

Instagram


Corporate Death: disponível nova linha de camisetas baby look femininas

Uma boa notícia para todas as amantes do Metal extremo do gênero feminino. A banda CORPORATE DEATH acaba de lançar a sua linha de camisetas baby look femininas, em 3 modelos novos e exclusivos, contando com um material de ótima qualidade e preços bastante acessíveis (R$ 50 a do novo álbum, R$ 35 as demais). Aos interessados em adquirir estes e/ou outros itens de merchandising, basta entrar em contato com o grupo por meio das redes sociais. Oriunda de Jundiaí, cidade do interior de São Paulo, a banda foi criada no longínquo ano de 2001 por Flávio Ribeiro (voz) e Damien Mendonça (baixo e guitarra), com o intuito de praticar o mais puro e agressivo Death Metal. Passadas as duas décadas de trabalho ininterrupto, o grupo lançou, no dia 18/03, o seu quarto álbum de estúdio – sucessor do aclamado Reborn, de 2017 – intitulado IV: Homines In Bestiales Formas.

A bolacha, mixada e masterizada por Henrique Fioravanti (From Hellcords Studios), é uma cortesia dos selos Rapture Records, Cianeto Discos, Misanthropic Records e Extreme Sound Records, e marca o retorno do vocalista original e membro fundador Flávio Ribeiro, além de contar com as participações especiais de Aline Lodi (Exhortation, ex-frontwoman do CORPORATE DEATH), Laudmar Bueno (War Eternal), Evandro Miranda (Corporal Sores, Vile Existence, Akinetopsia), André Bairral (Fim da Aurora) e José Mantovani (Ayin, Desecrated Sphere, Collapse NR).

Formação: Flávio Ribeiro – vocal e baixo; Damien Mendonça – guitarra; Rafael Cau – bateria

Acompanhe todas as novidades do CORPORATE DEATH:

Facebook
Instagram
Bandcamp
Spotify
YouTube


A Albatroz a Beira Mar acaba de lançar seu primeiro single da carreira intitulado “Do Cinza ao Azul”

Apesar do projeto ser muito novo, os integrantes, Carlos (Baterista e compositor) e Rodrigo (cantor, guitarrista e compositor) já trabalham com música desde muito cedo, e acabaram colocando toda essa experiência e muitas misturas inusitadas em seu primeiro trabalho juntos.

A produção do single ficou por conta de Vini Tupeti e Bridy, que contribuíram para a salada de fruta de ritmos que a banda apresenta em sua essência. Após o lançamento desse trabalho o DUO entra em estúdio para a produção de seu primeiro disco que está previsto para o segundo semestre de 2022. Link para ouvir nas plataformas.

Instagram


Tiago Sá lança álbum com remixes inéditos e canções de amor

Tiago Sá por Pedro Brandão

Quase um ano após lançar um EP de protesto político, Tiago Sá retorna com “Música Pra Te Aguçar” (Ouça aqui), um trabalho repleto de remixes inéditos e canções mais pops, dançantes e com temáticas mais suaves como amor e relacionamentos. Sobre essa escolha Tiago explica: “depois do EP de protesto político, este álbum novo vem pra aliviar um pouco nossa realidade que anda muito pesada. Como disse Nietzsche, ‘temos a arte para não morrer ou enlouquecer perante a verdade’. E o amor também é nossa militância, o amor, a alegria, o prazer e a liberdade, tudo é oposição ao falso moralismo, à hipocrisia, ao autoritarismo e à brutalidade da atual política brasileira”.

Das 08 faixas do disco 06 falam de amor, incluindo uma canção que o músico fez para sua filha Ágata e outra em memória de seus avós. Mas também não podia faltar uma faixa política: ‘Brother’ toca em temas como fake news e manipulação política e religiosa. E fechando o álbum, a faixa autobiográfica ‘Música pra te aguçar’ fala das batalhas do músico por paz, amor, arte e sabedoria referenciando o filósofo grego Hipócrates no trecho “a arte é longa, a vida é curta”.

A militância do amor, da liberdade e do prazer também está na capa do disco que traz uma imagem da flor Clitoria Ternatea cujo nome se deve à semelhança com o órgão sexual feminino. “Frequentemente percebo a música como uma entidade feminina que vibra delicadeza e vitalidade ao mesmo tempo. E o novo álbum tem muito essa vibe, quando vi a flor não tive dúvida em escolher para a capa”, comenta Tiago. A sonoridade do álbum continua a identidade musical de Tiago Sá em busca do inusitado, misturando elementos de diferentes gêneros como o rock, o rap, o dub, a música brasileira e a eletrônica. Resumindo a obra o músico diz: “Música pra te aguçar é música pra te estimular, pra te incentivar, te animar, te instigar, despertar, provocar e apurar os sentidos”. OUÇA O ÁLBUM NO SEU STREAM PREFERIDO CLICANDO AQUI.

Ficha técnica:

Voz, baixo, beats, guitarra e synths: Tiago Sá

Piano, synths e samples: Jorge Bittar

Sax alto e piano: Alex Raichenok

Letras, músicas e produção musical: Tiago Sá

Mixagem: Ricardo Ponte e Tiago Sá

Masterização: Ricardo Ponte

Capa: Eri Marhia

Lançamento: Hominis Canidae REC

Distribuição: Tratore

Acompanhe Tiago Sá no Instagram: https://www.instagram.com/tiagosamusic/


RICKY DE CAMARGO: guitarrista confirma sua entrada na banda Enorion

O guitarrista, RICKY DE CAMARGO confirmou sua adesão na banda de power metal, Enorion. O grupo é composto por diversos músicos formados no conservatório de Tatuí, São Paulo. O próximo show da Enorion já trará Ricky em sua formação e ocorrerá no dia 11 de junho no Manifesto Bar, em São Paulo, contando também com a participação especial do vocalista, Fábio Lione (Angra/Rhapsody Of Fire).

Em paralelo, o músico disponibilizou o videoclipe de “Wild“, segundo trabalho audiovisual pertencente ao seu terceiro álbum solo, Relentless, lançado recentemente nas plataformas de streaming. O videoclipe contou com a mixagem e masterização do estúdio, Silent Valley, sob a produção de Thales Statkevicius, com André Luckner na bateria e direção de vídeo de Rafael e Giovanni Guazzelli.

Links relacionados:

Instagram


Mostra Traços Curitibanos na Gibiteca valoriza artistas ligados ao Metal

A 4ª edição da Mostra Traços Curitibanos, com apoio da Fundação Cultural de Curitiba, está disponível nas dependências da Gibiteca até o dia 15 de junho, com entrada gratuita. A mostra é o principal evento voltado à produção local dos profissionais do desenho, apresentando um panorama das áreas de ilustração, quadrinhos, caricatura e animação. Aquecendo o mercado cultural da cidade, o evento abriga seis exposições em diferentes linguagens: Panorama atual dos Quadrinhos, Ilustração, Caricatura e Animação; Quadrinhos Edital de 2019; Quando a Terra parou; Dez anos da Bienal de Quadrinhos; Gibitiba, os 40 Anos da Gibiteca e Underground Ilustrado 3.

O evento também marcou o lançamento de HQs de artistas curitibanos e expõe obras de nomes ligados ao cenário Metal da cidade, como o artista Ulisses Rodrigues e o artista conceitual, autor e músico Andre Meister, cuja ilustração selecionada para integrar a mostra é uma arte do livro Semblant: Blood Chronicles, cujo Meister é co-autor e também ilustrador.

Blood Chronicles

A graphic novel Semblant: Blood Chronicles é uma obra elaborada para ressoar com as músicas da banda Semblant, que inspiraram a narrativa e o mundo fantasioso da HQ. O trabalho cativou o público do metal e do terror, se tornando um dos itens mais vendidos da editora Darkside Books.

A HQ Semblant: Blood Chronicles conta três histórias sanguinárias repletas de magia e ancestralidade, com universo e roteiro concebidos por André Meister e Sergio Mazul, vocalista da Semblant. O trabalho visionário apresentado em Blood Chronicles expande o conceito musical, se tornando um item essencial ao lado dos álbuns do grupo: “Em primeiro lugar, é importante entender que esse trabalho não é um mero merchandising. Queríamos fugir da ideia de representar os músicos da banda e forçar as letras a aparecerem. Preferimos pegar uma ideia que ressoasse com o material original, as letras da saga ‘Legacy of Blood’, e amarrar num universo interessante que as pessoas quisessem ler a respeito”, explica Meister.

O artista também comenta o processo de criação de desenvolvimento da obra: “Quando estávamos escrevendo o roteiro, falamos de trabalhar as cores e pinceladas em cima do ritmo da música. Era um exercício de composição muito intenso que dava ótimos resultados. A gente sempre recomenda que quem for ler o material, escute as músicas da Semblant em conjunto, para ter um senso de imersão”, finaliza.

Durante a carreira, Meister desenvolveu diversos trabalhos para capas de discos, incluindo bandas como Starforsaken, Inluzt e o gigante sueco do Metal Progressivo, o Pain of Salvation, no álbum Panther, no qual Meister criou não apenas a capa, mas todo o conceito artístico do encarte.

Serviço:

Mostra Traços Curitibanos 4 – 40 anos da Gibiteca de Curitiba
Local: Solar do Barão
Endereço: Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 533
Datas: até 15 de junho de 2022
Entrada gratuita

Deixar comentário

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.