Tuba Risteri é o apresentador do canal TUBA METAL

Fala Headbangers do Brasil, alô Consultoria do Rock, Juliano Risteri ( TUBA ) por aqui, primeiramente um Feliz Ano Novo para todos com muita saúde e sucesso. Falar o que do ano de 2020? Um ano muito conturbado, triste, de muitas mudanças, novas experiências, sonhos destruídos, enfim, porém de muita esperança também, garra, força para passar por cima de tudo, e isso também afetou a música, turnês canceladas, mas muitas bandas lançaram álbuns, tornando 2020 não diferente de outros anos, ou seja, nos brindando com obras sensacionais. Para amantes da boa música, no meu caso, o Rock/Metal e suas vertentes 2020 está recheado de excelentes discos, poderia listar uns 50 que eu ouvi e curti muito, mas segue os 10 que mais me cativaram, espero que gostem.


Testament – Titans of Creation

Aqui é um caso de amor, pois essa banda é uma das minhas favoritas, principalmente falando em thrash. O novo álbum não deixa nada a desejar, dos últimos trabalhos lançados pela banda, apesar de difícil escolha, mas pode ser considerado o melhor. Mesmo que eu tenha achado o disco um pouco longo ele não soa enjoativo, a levada das músicas, a excelente produção e toda técnica que a banda tem torna Titans of Creation uma grande obra à levar a medalha de ouro das minhas escolhas, destaque para música “Dream Deceiver” que é um heavy metal à moda NWOBHM tocada por uma banda thrash.


Benediction – Scriptures

Os ingleses do death metal tem uma ótima discografia, e após 12 anos de seu último registro chega Scriptures, um dos melhores trabalhos da banda. O álbum está insano, riffs e solos matadores, vocal forte e agressivo, simplesmente digno de ser chamado de discaço, que obra meus caros, mais um capítulo da história dessa banda, valeu os 12 anos de espera, uma avalanche de death metal, cuidado com o pescoço.


Onslaught – Generation Antichrist

A banda mantém a sonoridade após anos 2000, forte, agressiva e um peso absurdo. Thrash inglês da melhor escola, é como juntar o melhor do thrash americano com o melhor do thrash alemão, seu sétimo álbum de estúdio vem na mesma linha de seu antecessor VI, não há descanso, é intenso e brutal, para quem gosta de thrash metal é um prato cheio, eu adoro, não há muito o que dizer, é simplesmente Onslaught.



Stallion – Slaves of Time

Banda alemã de heavy/speed metal que vem me chamando a atenção nos últimos 3 anos, formada em 2013, Slaves of Time é terceiro álbum da banda e para mim o melhor, por estar um heavy mais agressivo e visceral, riffs e solos insanos além do vocal mais gritado e rasgado, é um álbum que empolga do começo ao fim. Pode apertar o play de novo e bater cabeça.


Armored Saint – Punching the Sky

Sou fã, assim como o Annihilator, desde moleque ouvi e sempre achei demais. A discografia é excelente e o oitavo álbum não poderia ser diferente, músicas muito bem trabalhadas e executadas, bem produzido, e a sonoridade marcante da banda, John Bush cantando com excelência como sempre e a maravilhosa cozinha do baterista Gonzo Sandoval e o baixista Joey Vera, Punching the Sky é mais uma grande obra dos veteranos do US Metal.


Annihilator – Balistic, Sadistic

Essa banda conheço desde 1992 ainda moleque com meus 12 anos e me tornei um fã, apesar da longa discografia com mudanças de som e formações o líder e fundador Jeff Waters costuma fazer quase tudo, esse álbum é o terceiro que ele está novamente no vocal além da guitarra principal, seu vocal está mais maduro, rasgado e mais agressivo o que casou muito bem com a sonoridade desse disco, é uma paulada atrás da outra com muita técnica e um pouco do thrash mais “alegre” característico da banda, esse trabalho remete aos 2 primeiros e clássicos álbuns Alice in Hell e Never Neverland, um dos melhores discos da banda nos últimos anos.


Vader – Solitude in Madness

Death/thrash da Polônia chega em 2020 como um rolo compressor passando por cima de tudo. Saiam da frente! Com pouco menos de 30 minutos esse álbum soa direto e avassalador, me lembra o Reign in Blood do Slayer, curto porém intenso, com toda agressividade característica da banda. Não recomendado para ouvidos sensíveis.


AC/DC – Power Up

Ah ! O AC/DC, banda que dispensa comentários em relação ao mais puro rock n’ roll, 2020 concretizou os boatos de que estariam de volta e em estúdio após um foto incluindo e retorno do vocalista Brian Johnson afastado por problemas auditivos e o baterista Phil Rudd afastado por problemas pessoais, além do baixista Cliff Willians, o pequeno porém grande guitarrista Angus Young a maior figura da banda, e no lugar de Malcom Young, o grande cérebro da banda, mais uma vez seu sobrinho Steve Young, com Malcom agora falecido o novo álbum é uma homenagem a ele, mostrando que a banda pode encerrar as atividades em grande estilo. Power Up ainda traz inovações em certas partes, e algumas composições de Malcom, além disso me pareceu que o disco passeia por toda carreira da banda e tem uma vibe bem anos 80 em algumas músicas, simplesmente  sensacional.


Sodom – Genesis XIX

Não há muito o que falar quando o assunto é Sodom, lenda do thrash metal alemão e com uma discografia excepcional, apesar dos experimentos nunca fugiram do seu som característico. Com uma nova formação, agora um quarteto, incluindo o retorno de Frank Blackfire na guitarra, a banda lançou 2 EPs mas esse ano chegou o novo álbum, um som mais cru e com uma pitada de punk, já feito anteriormente pela banda, mas trazendo aquele thrash agressivo de sempre, mais uma bela obra do grandioso Sodom, obrigatório para fãs thrash metal, eu particularmente adorei.


Iron Angel – Esmerald Eyes

Banda alemã de heavy/speed/thrash metal formada em 1983 que tinha 2 álbuns lançados e depois de idas e vindas passaram-se 32 anos e eles lançaram um disco em 2018 chamado Hellbound e que figurou no meu top 3 daquele ano, e parece que esta volta deu muito certo, pois chegou esse ano mais um álbum excelente, riffs de muito heavy metal, solos sensacionais, levadas com uma pitada thrash com peso e agressividade fazem desse álbum digno de estar entre os melhores do ano. Longa vida ao Iron Angel.


Bom é isso, muito difícil escolher, mais está ai o top 10, ainda destaco abaixo alguns outros lançamentos

Menção Honrosa:

Sepultura – Quadra

Ambush – Infidel

Compilação:

Metal Church – From the Vault

EP:

The Troops of Doom – The Rise ogf Heresy

Carcass – Despiscable

 Live:

Iron Maiden – Nights of the Dead – Live México City

Underground:

Mortal Ways – Mortal Ways

( Death Metal – Rio Claro – SP )

Obrigado Consultoria do Rock, quem quiser sigam meu canal no youtube ( TUBA METAL ).

Metal na cabeça!!!

Valeu!!!

 

 

 

 

3 comentários

Deixar comentário para Tuba Cancelar resposta

Seu email NÃO será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.